Junaid

Declaração IRS

12 publicações neste tópico

Olá,

O meu pai é trabalhador independente ( ou seja, tem rendimentos da categoria B ) e entrega todos os papéis tanto para o IVA ( de 3 em 3 meses ) quanto para o IRS ao contabilista... Ele é do regime simplificado... O problema é que eu tive que pedir uma cópia da última declaração de IRS ( ou seja, de 2011 ) ao contabilista dele e reparei que a senhora contabilista preencheu mal um campo! Ela colocou 2 pessoas ( eu e a minha irmã ) no campo "Dependentes com idade inferior ou igual a 3 anos" sendo que eu e a minha irmã temos muito mais que 3 anos de idade! Ela deveria ter colocado 2 pessoas ( eu e a minha irmã ) no campo "Dependentes com idade superior a 3 anos", não é?!

O meu pai terá que pagar coima mesmo sendo um erro por parte da contabilista?!

Obrigado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Deixe estar isso, avise a contabilista e no próximo ano já preenche bem, tem pouca relevância essa questão.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Pois... Eu também estou com receio da coima... O problema é que preciso desta declaração de IRS para tratar da bolsa e do desconto no passe ( para estudantes )... Se tiver que tratar do problema, é o meu pai que vai ter que pagar a coima pelo erro da contabilista?!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ah! pois agora é que reparei na sua principal preocupação, de facto podem nem reparar, mas se repararem podem levantar problemas no facto de voçê ser estudante mas constar na declaração com menos de 3 anos...é de fácil explicação, e ficaria na boa-fé dos serviços, mas se porventura ter de fazer uma declaração nova ai claro que a responsabilidade é da contabilista, assim como concerteza a mesma iria assumir essa responsabilidade quando chegar a coima a casa de seu pai.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Mas legalmente ela tem responsabilidade de o pagar? É que se legalmente o meu pai tiver que pagar mesmo sendo um erro da contabilista acho que ela não vai pagar nada... Vai sobrar para o meu pai, infelizmente...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ela é a contabilista dele, ele paga-lhe concerteza uma mensalidade, porque me disse que ele entrega o IVA etc, porventura o IRS nem foi entregue através de número de TOC, mas não invalida, nem desresponsabiliza a contabilista desse facto.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tive a ver uma coisa... No IRS entregue este ano correspondente ao ano passado, podíamos deduzir 30% das despesas de educação com limite de €760... E reparei noutro dado... Supondo que a declaração estava bem preenchida ( ou seja, 2 dependentes com idades superior a 3 anos )... Por cada dependente maior de 3 anos o limite das deduções à colecta é de €190! Ou seja, nem os €760 poderíamos deduzir com as despesas de educação, porque somos 2 dependentes maiores de 3 anos... Ou seja, daria €190 x 2 = €380... Ou seja, supondo que pusemos na declaração de IRS 2 dependentes com idades superiores a 3 anos, isto significa que cada um só pode descontar €190 em despesas de educação no máximo e não os €760 gerais ( para os 2 )?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não sei até que ponto as finanças detectarão esse facto, mas é sempre possível... pois como sabem, agora todos os dependentes têm de ser declarados com o nif, e no cadastro desse nif tem a data de nascimento, logo... num sistema bem preparado detectará esse erro... mas até pode nunca o detectar, não sei.

Quanto à relevência em imposto, com isso o estado pode ter sido prejudicado até 334 euros, o que numa declaração de substituição com acerto de imposto, pode haver, além da coima de substituição, a coima do imposto pago fora de prazo e juros.

Agora fica ao seu critério arriscar por não a substituir e apurar as responsabilidades.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tive a ver uma coisa... No IRS entregue este ano correspondente ao ano passado, podíamos deduzir 30% das despesas de educação com limite de €760... E reparei noutro dado... Supondo que a declaração estava bem preenchida ( ou seja, 2 dependentes com idades superior a 3 anos )... Por cada dependente maior de 3 anos o limite das deduções à colecta é de €190! Ou seja, nem os €760 poderíamos deduzir com as despesas de educação, porque somos 2 dependentes maiores de 3 anos... Ou seja, daria €190 x 2 = €380... Ou seja, supondo que pusemos na declaração de IRS 2 dependentes com idades superiores a 3 anos, isto significa que cada um só pode descontar €190 em despesas de educação no máximo e não os €760 gerais ( para os 2 )?

Está a fazer confusão...

É 30%, com limite dos 760.

Mas o limite (760) tem uma majoração (um acrescimo) de 30% de 475€ (142,50) por cada dependente com despesas de educação, quando o nr de dependentes com despesas de educação é 3 ou mais.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Então o que é isto?

Deduções à colecta

- Por sujeito passivo € 261,25.

- Por dependente com mais de 3 anos

de idade € 190,00.

- Por dependente com 3 ou menos

anos de idade € 380,00.

- Por cada ascendente € 261,25.

Sendo apenas um € 403,75.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Isso é a dedução das próprias pessoas. Ou seja por cada dependente maior de 3 anos é abatido à colecta 190 €, se for menor que 3 anos abate 380€.

E a esta dedução vai ser somada as deduções das despesas (saúde, educação,...).

Era a esta dedução que me referia quando lhe disse,

Não sei até que ponto as finanças detectarão esse facto, mas é sempre possível... pois como sabem, agora todos os dependentes têm de ser declarados com o nif, e no cadastro desse nif tem a data de nascimento, logo... num sistema bem preparado detectará esse erro... mas até pode nunca o detectar, não sei.

Quanto à relevência em imposto, com isso o estado pode ter sido prejudicado até 334 euros, o que numa declaração de substituição com acerto de imposto, pode haver, além da coima de substituição, a coima do imposto pago fora de prazo e juros.

Agora fica ao seu critério arriscar por não a substituir e apurar as responsabilidades.

Vendo bem... não são 334, mas sim 380.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ah então esses valores são sempre deduzidos à colecta por cada pessoa, não é? Pensei que fossem os limites para cada tipo de pessoa... Do género que um dependente de idade superior a 3 anos só podia deduzir à colecta ( em despesas de educação, saúde, etc ) um máximo de €190...

Muito obrigado pela rectificação!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor