Entrar para seguir isto  
Seguidores 0
Pena

Uma duvida sobre a taxa fixa no credito habitação???

15 publicações neste tópico

Vou fazer um credito habitação e resolvi optar por uma taxa fixa, não sei se será a melhor opção mas isso o tempo vai encarregar-se de me dar a resposta.

A minha duvida é a seguinte: tal como nas taxas euribor existe uma taxa fixada pelo BCE o mesmo se passa com as taxas fixas?

Ou seja qual é a base de suporte para as taxas fixas?E a diferença que existe entre a taxa euribor fixada pelo BCE e a praticada pelos bancos com a taxa fixa tambem se passa o mesmo?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Pelo que sei, a taxa fixa varia de banco para banco.

Pois cada um tem a tendência para gerir essa taxa da maneira que mais lhe convém.

A titulo de exemplo, hoje o BPI apresentava uma TAEG associada ao credito com taxa fixa mais baixo que a sua congénere indexada à EURIBOR.

Neste momento, compensa aderir a uma taxa fixa.

E creio que no próximo ano o cenário se manterá.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Neste momento, compensa aderir a uma taxa fixa.

E creio que no próximo ano o cenário se manterá.

E qual o melhor prazo?

2 ou 5 anos?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

ola boa noite a todos,

Ja agora aproveitando o tema de conversa, também estou a ponderar fixar a minha taxa.

Tenho euribor a 6 meses e o empréstimo vai ser resvisto a 7 de dezembro, ja vou sentir uma grande descida na prestação, contudo e teoricamente o facto da euribor continuar a descer não me vai trazer mais beneficios dado que a proxima revisão é so em junho de 2009.

Gostaria de saber se continuando a euribor a descer podera provocar subidas na taxa fixa? e nesse caso qual a melhor atitude? esperar e quando estiver no minimo, fixá-la? ja agora também gostaria de saber qual o melhor prazo, 2,3 ou 5 anos?

Também pensei que sendo possivel, alterar para euribor a 3 meses e depois fixar a taxa se começasse a subir a variável, mas fazendo uma alteração contratual geralmente qual o prazo para fazer outra, tratando-se de taxas variáveis??

Obrigado. Cumprimentos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu diria que pelo menos "aguentar" durante o prazo da taxa é o mínimo que se pode exigir... mas acho que não há nenhuma regra que a isso obrigue.

A evolução das taxas ditas fixas tende a acompanhar a evolução do mercado, embora esse impacto se desvaneça conforme o prazo vai aumentando. Aliás, o termo taxa fixa só faz sentido na medida em que a taxa, uma vez aplicada a um empréstimo, não se altera durante mais de um ano. Porque em termos de funcionamento é igual a Euribor a 3 meses, 1 ano ou fixar a taxa durante 5 anos - os períodos de revisão da taxa é que são diferentes (e, normalmente, com taxa fixa ao fim do período os bancos dão a opção de passar para taxa variável).

Quanto ao prazo:

A maior parte dos analista considera que no próximo ano as taxas vão continuar a descer, pelo menos no primeiro semestre. No segundo devem manter-se baixas. E depois se verá. Tendo em consideração que as taxas ditas fixas estão um bocado acima da Euribor actualmente, fixar agora a taxa durante 2 anos não ia permitir tirar grande partido desta descida das taxas. Mas claro, se daqui a um ano a Euribor disparasse novamente para os 5%, por exemplo, talvez ao fim de 2 anos se chegasse à conclusão que tinha sido a melhor opção.

Quanto maior o prazo mais difícil se torna fazer esta análise. Maior é também a probabilidade de, nesse período, a Euribor voltar a subir e descer várias vezes, quem sabe ultrapassando os limites históricos agora fixados? A meu ver a taxa fixa deve ser encarada sobretudo como uma forma de escapar a este iô-iô das taxas... e se puder ser fixada enquanto as taxas estiverem por baixo, tanto melhor. E, se a taxa valer a pena, porque não considerar um prazo de 10 ou mesmo 30 anos?

Por isso talvez valha a pena esperar mais uns meses antes de decidir avançar. Aproveitem para ir sondando os bancos no sentido de saber o que é preciso para fazer a mudança ou quanto tempo leva a obter uma decisão do banco e quais as condições. Até porque, por exemplo, se pretendem amortizar o empréstimo frequentemente para o despachar em 10 anos em vez de 30, podem acabar por ter que pagar muito mais (a penalização por amortização antecipada pode ir até 2% do valor amortizado em vez dos 0,5% aplicados nos casos da taxa variável) - também pode valer a pena aproveitar a segurança de uma prestação fixa para esticar um pouco mais a corda diminuindo ao prazo e ficar a pagar uma prestação maior, por exemplo. Tudo coisas a esclarecer e decidir em conjunto com o gerente de conta.

Devem é ir ficando desde já atentos à evolução das taxas para tentar apanhar o melhor momento, quando elas baterem no fundo. Claro que saber quando é o momento ideal é algo que só se descobre muito depois dele já ter passado ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá Paulo, disseste aí umas coisas que se deve reter, pis são mais valias que num futuro nos vão fazer jeito.

Falas e muito bem, na possibilidade de fixar a taxa por periodos longos.

O que concordo, pois se aproveitarmos o facto de se espectar taxas em níveis baixos podemos tirar partido delas para quem sabe manter uma boa taxa durante todo o empréstimo.

No entanto, creio que todos temos de ser bastante realistas e as taxas cairão até níveis que dificilmente se voltarão a repetir. Ou seja, nestas alturas devemos optar por fixar a taxa por longos períodos.

Mencionaste o facto de os bancos cobrarem comissões sobre amortizações antecipadas.

Queria dizer que o BPI cobra 2% (tx fixa) em caso de transferência do credito ou em caso de amortização superior a 33% do capital em divida no inicio do ano. Ou seja, se cada amortização ficar aquém desse limite, não há lugar à cobrança de comissão.

Quanto à volatilidade do mercado, adianta dizer que as taxas fixas variam de dia para dia, à semelhança da Euribor.

Embora as variações não sejam bruscas, note-se que aqui também é necessário alguma felicidade no timming escolhido.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Embora as variações não sejam bruscas, note-se que aqui também é necessário alguma felicidade no timming escolhido.

Bem, a SWAP rate a n30 anos tem caído a pique nos últimos dias: http://www.swap-rates.com/EUROSwap_extended.html

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

boa noite,

obrigado pela vossa preciosa ajuda. Vou esperar, ja que o meu emprestimo vai ser resvisto agora e como ja tinha dito o facto da euribor continuar a descer não me altera mais nada, espero pelo momento certo, é dificil, mas eu tenho esperança de acertar nesse momento, e se compessar muito, vou fixá-la por um bom periodo, pois embora a euribor neste momento esteja muito baixa, para mim uma taxa de 3,5% já é ouro sobre azul, permite-me poupar de acordo com as minhas simulações cerca de 180€ todos os meses e isto para mim é muito dinheirinho.

Já agora, contratando uma taxa fixa, se a pessoa precisar vender a casa, pode vendê-la durante esse periodo??

cumprimentos. Tania.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Já agora, contratando uma taxa fixa, se a pessoa precisar vender a casa, pode vendê-la durante esse periodo??

Naturalmente que sim. O único senão é que tens que pagar o crédito e o banco vai querer ser compensado pelo reembolso antecipado. Em caso de taxa fixa, essa comissão pode ir até aos 2% do capital ainda em dívida.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

obrigado,

pois eu ja tinha pensado que seria qualquer coisa do genero, ao vender a casa antes do fim do tempo contratado teria um agravamento, é como no bonificado... essa situação ja me aconteceu, deduzi que fosse semelhante...

assim talvez pondere um tempo mais reduzido, talvez 3 ou 5 anos sera uma decisão mais segura.

Cumprimentos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Neste momento ja não tenho grandes hipoteses de escolha uma vez que ja tenho credito aprovado com taxa fixa a 2 anos e estou só a espera da marcação da escritura que se não for esta semana será para a próxima.

Se ainda pudesse alterar certamente que alterava para 5 ou mesmo para os 10 anos.

Uma das grandes desvantagens é a penalização por amortização, mas como tudo tem que ter o seu inconveniente.

Obrigado a todos pela ajuda.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Neste momento estou cheio de dúvidas.

Optei por taxa fixa a 30 anos. Na sexta-feira passada a swapp estava a 3.88 e a CGD lançou a taxa fixa nesse dia para esta semana no valor de 4.30.

Tendo em conta que a CGD aumenta à taxa swapp um valor a rondar os 0.5 e que hoje a taxa swaap está já nos 4.04, creio que será melhor seguir o conselho do gestor de conta que na sexta-feira ligou a dizer para passar para a Euribor.

Eu sei que a taxa fixa permite segurança, sei que provavelmente iria pagar mais tendo taxa fixa, mas de momento ela começa a estar muito alta e tudo indica que ela em duas semanitas chegará quase aos 5.

Há duas semanas estava nos 4.05.

Há uma semana estava nos 4.10.

Esta semana nos 4.30.

Que acham? Melhor indexar à Euribor?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Neste momento estou cheio de dúvidas.

Optei por taxa fixa a 30 anos. Na sexta-feira passada a swapp estava a 3.88 e a CGD lançou a taxa fixa nesse dia para esta semana no valor de 4.30.

Tendo em conta que a CGD aumenta à taxa swapp um valor a rondar os 0.5 e que hoje a taxa swaap está já nos 4.04, creio que será melhor seguir o conselho do gestor de conta que na sexta-feira ligou a dizer para passar para a Euribor.

Eu sei que a taxa fixa permite segurança, sei que provavelmente iria pagar mais tendo taxa fixa, mas de momento ela começa a estar muito alta e tudo indica que ela em duas semanitas chegará quase aos 5.

Há duas semanas estava nos 4.05.

Há uma semana estava nos 4.10.

Esta semana nos 4.30.

Que acham? Melhor indexar à Euribor?

Não percebi - mas já contrataste o empréstimo ou ainda vais contratar?

No primeiro caso, qual foi a taxa com que ficaste?

No segundo caso, para já, talvez seguisse a sugestão do teu gestor de conta...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Estou à espera da aprovação...

Que sabe Deus qd será! Já seguiram os papéis quase há 3 semanas e ainda não mandaram o engenheiro fazer a avaliação...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Estou à espera da aprovação...

Que sabe Deus qd será! Já seguiram os papéis quase há 3 semanas e ainda não mandaram o engenheiro fazer a avaliação...

Bem-vindo à sala de espera.

É como disse à 2 dias atrás, a banca não está a conceder créditos à habitação, quando digo isto, refiro-me à extrema dificuldade que nós famílias temos em os conseguir obter quando comparado à 4 meses atrás.

Mas melhores dias virão.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

Entrar para seguir isto  
Seguidores 0