D@vid

Compra de um Bar

20 publicações neste tópico

Vou colocar este post aqui na secção de Investimento porque pode ser um Investimento, ou não  :P

Convidaram-me a mim e a mais uma pessoa para comprar um bar, esse bar pode se dizer que está bem localizado, na rua principal da cidade onde existe 90% dos bares, tem uma clientela "fidelizada".

O valor global é de 40k, embora o negócio seria de 10k de 6 em 6 meses até perfazer os 40k.

Falando por alto com o actual dono, e que vai gerir um negócio de familia ( restaurante), falou-me em despesas fixas a rondar os 3k/mês, a facturação claro que é variável mas um dos piores meses do bar facturou cerca de 6k.

Embora tenha trabalhado em contabilidade, a verdade é que não estou bem dentro do negócio BAR, não sei se me faço entender, não sei com o que posso contar a nivel de despesas etc, embora vá ter os balancetes na mão mas sabemos que nem sempre tudo na contabilidade está explicito...

Alguem por aqui tem ou teve um bar? que cuidados se deve ter? e o valor? acham de mais de menos...

Obrigado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Algumas ideias soltas mas que podem servir para analisares o negócio:

-Falas em custos fixos, mas que margem típica é praticada? Algo que deves analisar é, dada a margem bruta, o volume de "produtos" que tens de vender para cobrir os custos fixos. Isto dá uma ideia do risco e realidade da coisa.

-Há o risco da clientela fidelizada estar muito ligada ao actual gerente do estabelecimento

-Quanto a custos do negócio em si, não sei grande detalhe. Mas algumas coisas que me vêm à cabeça: seguros, custos de licenciamento, salários, limpeza, electricidade, água, gás, higiene e limpeza, renovação dos equipamentos.

-Se nem tu nem o teu sócio têm experiência na área pode ser muito importante contratarem alguém que tenha, o que pode ser um gasto acrescido.

-Tipicamente os negócios de venda directa ao consumidor são de controlo mais complexo, nomeadamente a roubos de stock, caixa, subfacturação, etc

-É importante conhecer os moldes de transição do negócio. Se houver transmissão de uma empresa podem haver contingências fiscais e comerciais não conhecidas que convém acautelar.

Quanto a ser um bom ou mau negócio, é muito pouca informação. Mas pode não ser fácil rentabilizar o espaço da forma que tenham pensado. Mesmo que sobrasse 3K/mês (o que não parece, uma vez que só falas de custos fixos), isso é eventualmente com o dono como gerente a tempo inteiro, o que quer dizer que se tivessem de contratar mais alguém rapidamente a coisa perderia interesse.

Se quiseres adiantar mais detalhes, terei o maior gosto em pronunciar-me.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado Pedro pelas tuas ideias...

tentando falar mais um pouco....

A clientela "fidelizada" sem duvida que se encontra muito ligada ao Gerente, mas não só, também aos atuais funcionários e esses seriam para manter, nomeadamente uma pessoa de alta confiança, não só do actual gerente, mas também da minha parte e que seria sem dúvida a pessoa que iria gerir de uma forma mais activa o bar.

Quanto a custos, os tais 3k, incluem o gás, água, luz, renda, tvcabo e salários, estes têm sido para 3 pessoas "fixas" mas que têm ganho por assim dizer á noite, ou seja nem sempre vão todos ao mesmo tempo nem todos os dias, mais o fotógrafo que costuma estar ao fim de semana, mais DJ também ao fim de semana e segurança também ao fim de semana.

Outros custos e falando  a nivel de limpeza, actualmente são os funcionários que o têm feito, também  poderei a vir a contar com algumas multas, embora se tenha que evitar ao máximo, mas sei que actualmente o bar já teve algumas nomeadamente por se manter aberto depois das 2h  ;D , acredito que seja complicado mandar a malta toda embora a essa hora, e os fornecedores,  que também neste momento não sei valores concretos a nivel de compras.

Ha ideias para tentar rentabilizar um pouco mais o bar, não numa espectativa de lucro mas de pelo menos dar para  pagar algumas despesas, implementando as tostas, pão com chouriço, que costuma ter muita saida nomeadamente quando saem do bar e vão a sitios que os comercializam.

Só um aparte, o objectivo seria tentar apenas gastar do bolso os 1ºs 10k, eu com 5k e o meu sócio com outros 5k, e ao fim de 6 meses dar-mos a 2ª e restantes tranches dos 10k já com lucros do bar será um utopia?  ;D

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ainda não... na restauração costuma ser acima de 75%...penso eu.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ainda não... na restauração costuma ser acima de 75%...penso eu.

Então é melhor saberes :) Isso é um factor chave.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tentarei saber sim, por acaso estava-me a escapar essa questão  ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Considero as questoes pertinentes e os esclarecimentos do Pedro válidos. Alerto para o facto das licenças com a SPA e com a PASSMUSICA serem elevadas.

Curiosamente estou tb com um amigo a analisar a compra de um bar!

Será q é o mesmo? :)  o q estou a analisar fica em Setúbal! Será? era uma grande coincidencia!!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ainda não... na restauração costuma ser acima de 75%...penso eu.

Estão a falar da margem sobre os produtos? ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Estão a falar da margem sobre os produtos? ;)

Sim, à partida é a maior fonte de receitas. Imagino que prestação de serviços, a existir, representará uma fatia pequena.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não esquecer impostos, como a derrama, irc, segurança social, etc.

E ainda, o IVA que na restauração que passou para a taxa normal.

Ou seja, o $ que entregas ao estado de 3 em 3 meses passou para o dobro! Se esta medida não for alterada, o número de insolvências será cada vez maior.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Correcto Filipe, embora haja uma dúvida, o inicio de actividade do gerente como empresario em nome individual, tem o art 53 como isenção de IVA...mas já disse ainda não vi a contabilidade, mas esse art deixa de se aplicar quando o volume de negócios ultrapassa os 10k, ora obvio que um bar passa disso, até num mês passa...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

E arrendamento do mesmo, não há essa possibilidade?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá David

Pensa não duas mas um milhão de vezes no tipo de  negócio em que te vais meter e mesmo sem saber localização ou volume de negócio a minha opinião é: tá quietinho e guarda o dinheiro para outro tipo de negocio...atenção isto é apenas a minha opinião!

Um abraço

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá David!

Como diz o velho ditado, quem não arrisca, não petisca!

Contudo, se o único sócio gerente desse bar tem uma pessoa de confiança, porque é que não lhe incumbe a gestão (e não gerência) do bar?

Quando a minha anterior entidade patronal começou a dar dinheiro, o patrão (de 28 anos) que até então dedicava-se a 100% (atenção que nunca tirou férias na vida) à gerência da empresa, foi tirar um mestrado em horário laboral, dedicou-se à boa vida e só aparecia lá para receber o ordenado, reúniões e autorizar pagamentos...

Da mesma forma que o patrão da minha esposa era proprietário da cadeia de restaurantes "Chiado", dono de uma empresa de fabrico de mobiliário para espaços comerciais e de mais um ou outro negócio, e enquanto aquilo deu dinheiro passava por lá para saber do andamento das coisas, receber o seu dinheirinho e autorizar pagamentos. A gestão dos negócios estava tudo entregue a pessoas da sua resposabilidade.

No entanto após a crise de 2008 que abrandou o nosso crescimento ecómico e que retraiu o investimento particular, foi obrigado a fechar a empresa por falta de encomendas e acabou por vender igualmente os restaurantes enquanto havia interessados nos mesmos, porque a restauração não está de boa saúde!

Se esse bar dá dinheiro, não estou a ver razão para o vender...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado por todas as vossas respostas...se dá dinheiro ou não isso é o que vou estudar mais em pormenor, como disse os dados que tenho são por "alto", como sou um apologista de corte de custos, passaria também por ai, porque como se sabe nem sempre é o que se recebe mas sim o que se gasta que pesa em qualquer orçamento, e sabemos que poderá haver coisas desnecessárias (tv cabo com tantos canais etc etc), poderá se tentar renogociar com o senhorio a renda...

Vamos ver  ;)  eu depois convido todos para lá darem um saltinho hahah.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Agrada-me  :D

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Negócio da noite não é para qualquer um. Trabalho num negócio relacionado com a noite e não é tudo cor de rosa, há mafia, as pessoas descontrolam-se, os empregados furtam, oferecem copos aos amigos, fogem sem pagar, etc etc. O custo dos canais de TV são uma gota e sou apologista que, dependendo do tipo de bar, se tenham bons canais, principalmente Sportv e de musica. Para teres isso tudo controlado tens que saber impor respeito, não é por questões meramente estéticas verem-se empresários da noite a passar o dia nos ginásios. Não te quero assustar mas pesa bem os prós e os contras.

Os custos de 3000€ mês foram-te provavelmente dados por baixo.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Negócio da noite não é para qualquer um. Trabalho num negócio relacionado com a noite e não é tudo cor de rosa, há mafia, as pessoas descontrolam-se, os empregados furtam, oferecem copos aos amigos, fogem sem pagar, etc etc. O custo dos canais de TV são uma gota e sou apologista que, dependendo do tipo de bar, se tenham bons canais, principalmente Sportv e de musica. Para teres isso tudo controlado tens que saber impor respeito, não é por questões meramente estéticas verem-se empresários da noite a passar o dia nos ginásios. Não te quero assustar mas pesa bem os prós e os contras.

Os custos de 3000€ mês foram-te provavelmente dados por baixo.

Também concordo contigo...deverá ficar em águas de bacalhau :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead