peixe

2753 Empresas faliram em Portugal em apenas 3 Meses, quais os motivos?

3 publicações neste tópico

Como referi houve 2753 empresas que faliram em Portugal, o que corresponde a 17 empresas por dia e uma subida exponencial 1297%, gostava de discutir um pouco dos principais motivos para essas falências. Será que o único motivo tem a ver com as dificuldades de Crédito?

Na minha opinião (que sou uma pessoa que pouco percebe disto) acho que o principal motivo (como é obvio) têm a ver com a crise que atravessamos, mais impostos, menos poder de compra para as pessoas, que se traduz em menos clientes para as empresas, ou seja menos lucros.

Mas o grande problema também não será das empresas? Que não se conseguem adaptar ao mercado atual? Pelo que eu vejo, as estratégias das empresas passa por:

- Manter os custos e não fazer nada para aumentar as vendas.

- Cortar os custos de forma cega, (mais ou menos como o governo) principalmente nos custos com o pessoal.

- Tentar obter um maior crédito para fazer face aos custos.

Será esta as melhores estratégias?

Agora falando um pouco mais das estratégias do governo para esta situação, acho que passa pelo empreendedorismo que atualmente está muito na moda. Um facto- Portugal é um dos Países que cria mais empresas na europa por dia, mas também é um dos países onde mais empresas encerram. Até agora, não parece que esta situação resolva.

Porque não criar menos empresas, mas dar mais apoio e incentivos para que as empresas tenham sucesso. Também acho que há uma grande deficiência na gestão e no conhecimento/competências das pessoas que criam empresas. Há muitos empreendedores com pouco conhecimentos sobre o ramo de atividade, no conhecimento das necessidades do público-alvo etc…

Mas o que eu queria era ler os vossos comentários, que são pessoas mais conhecedoras do que eu, sobre possíveis soluções.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Diria que há tantos conjuntos de motivos quanto o número de empresas que faliu. Apesar de cada caso ser um caso, penso que haverá alguns pontos relativamente comuns, como é o caso da excessiva dependência da banca, gestão pouco profissional, baixa orientação para o cliente e, claro, situação económico do país.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado por responder,

Gostava de obter mais respostas, acho que os problemas estão indentificados, agora falta é discutir as suloções.

Como é que uma empresa que não tem acesso ao crédito e que passa por dificuldades pode inovar e tentar atrair novos mercados?

Uma das soluções passa por tirar partido dos recursos internos como os RH, fazer uma boa gestão de custos ( se não se pode disponibilizar um carro top de gama aos funcionário, um clio tb serve) e na minha opinião o mais importante, tentar fazer novas parcerias e negociar com os fornecedores, que em tempo de crise torna-se mais fácil.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Para deixar um comentário é necessário estar registado

Criar uma conta

Registe uma conta nova na nossa comunidade. É fácil!


Registar uma conta nova

Entrar

Já está registado? Entre aqui.


Entrar agora