Entrar para seguir isto  
Seguidores 0
Visitante TaniaSilva

Bolsas de Estudo para Mestrados

4 publicações neste tópico

Boa tarde,

Queria candidatar-me a uma bolsa de estudo para mestrado numa universidade publica.

O rendimento mensal do meu agregado familiar são de 1000 euros, as proprinas anuais do meu mestrado são 3000 euros, o valor da propina maxima 1037,20€). Agora não sei como calcular isto para saber se o rendimento per capita cá de casa fica 14 vezes inferior ao IAS.

Alguem me poderia ajudar a calcular ou dizer como se calcula isto?

Pelo Regulamento:

"Tenha um rendimento per capita do agregado familiar em que

está integrado, calculado nos termos do artigo 45.º, igual ou inferior a

14 vezes o indexante dos apoios sociais em vigor no início do ano letivo,

acrescido do valor da propina máxima anualmente fixada para o 1.º ciclo"

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Dei uma vista de olhos no regulamento e se bem entendi...

Primeiro tem de determinar o rendimento do agregado familiar em 2011, que é conforme o seguinte (não é só somar os salários):

Artigo 34.º

Rendimentos a considerar

1 — O rendimento do agregado familiar é o valor resultante da soma

dos seguintes valores auferidos pelo requerente e pelos demais elementos

do agregado familiar:

a) Rendimentos de trabalho dependente;

B) Rendimentos empresariais e profissionais;

c) Rendimentos de capitais;

d) Rendimentos prediais;

e) Pensões;

f) Prestações sociais;

g) Apoios à habitação com caráter de regularidade;

h) Bolsas de formação.

2 — Ao valor calculado nos termos do número anterior acresce o valor

do património mobiliário calculado nos termos do artigo 43.º

3 — Os rendimentos referidos no presente artigo reportam -se ao ano

civil anterior ao do início do ano letivo a que se refere o requerimento de

bolsa de estudo, desde que os meios de prova se encontrem disponíveis,

e, quando tal se não verifique, reportam -se ao ano civil imediatamente

anterior àquele.

Artigo 43.º

Património mobiliário

1 — Consideram -se património mobiliário todos os valores depositados

em contas bancárias, planos poupança reforma, certificados do

Tesouro, certificados de aforro, ações, obrigações, unidades de participação

em fundos de investimento e outros valores mobiliários e

instrumentos financeiros.

2 — Para efeitos da contabilização do valor do património mobiliário

para o cálculo do rendimento consideram -se os seguintes escalões e

respetivas taxas:

a) Até 24 × IAS: 5 %;

B) De mais de 24 × IAS a 96 × IAS: 10 %;

c) Superior a 96 × IAS: 20 %.

3 — O património mobiliário é contabilizado para efeitos de cálculo

do rendimento nos seguintes termos:

a) Quando situado no intervalo entre mais de 24 × IAS e 96 × IAS, é

dividido em duas partes:

i) Até 24 × IAS, à qual é aplicada uma taxa de 5 %;

ii) De mais de 24 × IAS a 96 × IAS, à qual é aplicada uma taxa de 10 %;

B) Quando superior a 96 × IAS, é dividido em três partes:

i) Até 24 × IAS, à qual é aplicada uma taxa de 5 %;

ii) De mais de 24 × IAS a 96 × IAS, à qual é aplicada uma taxa de 10 %;

iii) De mais de 96 × IAS, à qual é aplicada uma taxa de 20 %.

Depois como se calcula:

Artigo 45.º

Rendimento per capita do agregado familiar

O rendimento per capita do agregado familiar é o valor resultante

da divisão do rendimento do agregado familiar, calculado nos termos

fixados pelo artigo 34.º, pelo número de pessoas que o constituem, nos

termos do artigo 4.º

Ou seja, a soma dos rendimentos (do ano de 2011) a dividir pelo numero de pessoas que constituem o agregado.

O IAS é 419,22.

Depois de obter o rendimento per capita ( rendimentos a dividir pelo nr pessoas) tem de dar menor que ... 14 x 419,22 = 5869,08 + 1037,20 = 6906,28

Deve ser assim, acho.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Muito obrigada pela ajuda, realmente faz sentido desta forma =)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Para o ano 2013/2014 os valores mobiliários e instrumentos financeiros do agregado familiar, poderá ir até aos 100.00€ para obter bolsa universitária? 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

Entrar para seguir isto  
Seguidores 0