afer

uma forma de ganhar dinheiro facil até o fisco se aperceber

19 publicações neste tópico

IMPORTANTE

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

ORA VEJAM :vou dar um exemplo para todos perceberem................. e escolhi esta obrigação que é propicia como podia ser outra encontrada da lista. Vou comprar esta...[table]  [tr][td]BCPPL FLOAT 02/13 [/td][td]8,0%[/td][td]50.000,00[/td][td]95,69%[/td][td]1,577%[/td][td]2013-02    e porquê quando foi emitida como podem ver paga uma taxa pequenissima de 1,577% de juro mas na pratica como é claro nos proximos 7 meses oferece 8% em termos praticos.Bem até aqui nada de novo a diferença é esta : Custa 50000 euros cada em termos praticos compra-se agora no big por 47500 . Resultado temos um ganho de 2500 euros (diferença dos 50000 e os 47500) e ainda o tradicional juro baixissimo de 1,577% x50000 igual a 785 euros. E agora vem a novidade para muitos,  como toda a gente sabe paga-se 25% de IRS nos 785 euros mas o que escalhar vocês não sabiam é que os 2500 euros atrás referidos saem limpinhos de qualquer imposto até o fisco se aperceber. Portanto aproveitem enquanto a coisa dá porque é isso que se esta a passar e hoje mesmo, alguem se gabou dessa proesa noutro forom.[/td][/tr]  [/table]

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

claro que isto só é rentavel se se pode chamar quando o juro da  obrigação a pagar é baixissimo que neste caso era de 1,577%

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

e nao tens de declarar a mais valia entre os 47500 e os 50000?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A resposta está aqui com um felizardo a cantar de galo:

                                                   

Bom dia!

O Estado português já pagou a emissão e juros da OT de 2012, já tenho os € na conta.

Não tive qualquer retenção na fonte referente à diferença entre o valor de aquisição e o valor de amortização.

Paguei a comissão de amortização de 0,2% + IVA conforme previsto (anteriormente tinha referido imposto do selo, mas enganei-me, é IVA.)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Só havia mais valia se as vendessem um ou dois dias antes da maturidade e tinham assim o mesmo tratamento das ações

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

há umas semanas (três no máximo) fui ás finanças perguntar acerca deste assunto de mais valias de obrigações quando são levadas até à maturidade quando compradas por um valor inferior. O que me informaram foi que a diferença, neste caso os tais 2500€ do exemplo, terão de ser declarados no IRS no anexo g, pois é um incremento patrimonial

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Exactamente, os 20% sobre as mais valias não são retidos, mas sim declarados e pagos no ano seguinte.

Obviamente, quem quizer correr o risco de não declarar é com ele/a. Mas provavelmente os bancos declaram tudo isto às finanças, portanto não deve ir longe...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

no meu banco big não retêm e mais ,disseram por escrito e segundo a lei que me enviaram só havia mais valias se vendesse uns dias antes da maturidade e portanto o mesmo tratamento das ações

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

e mais pelo facto de não considerarem não haver mais valia não passam declaração de irs no caso de crer declarar os tais 20% ao fisco.

Portanto alguem está errado vamos ver é para quem sobra

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Independentemente da retenção, são rendimentos sujeitos a IRS. Se não forem tributados na fonte nem declarados pode ser considerado fraude fiscal.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu não arriscava  :police:

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Mas afinal quem é que pode declarar estas supostas mais valias ao fisco se o banco em causa não passa declaração ou documento, eu proprio já os questionei e a resposta é sempre a mesma , só há mais valias se comprar e vender antes da maturidade ,segundo a sua interpretação da lei . O que me falta confirmar é se eles comunicam esta situação ás finanças , porque se não o fizerem passa tudo ao lado do fisco

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

uma opinião deste jo Impostos

Proteja os seus ganhos em bolsa das mãos do Fisco Económico

16/12/11 08:30rnal:

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O que parece ter ficado de fora das "mandíbulas" do Fisco foram os ganhos gerados com as obrigações que são levadas até à maturidade. Como esta operação não pressupõe a venda da obrigação mas antes ao seu reembolso, também não há lugar à realização de qualquer mais-valia. Assim, o ganho gerado com os títulos de dívida levados até ao seu vencimento continuam livres de qualquer tributação fiscal. O mesmo não se poderá dizer no que toca à tributação sobre as mais-valias e às condições de resgate fora das condições previstas na lei dos planos poupança-reforma (PPR).

Esta é a opinião do jornal  economico

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Meus amigos isso não é assim temos sempre que declarar existe uma lei que fala em mais valias na venda das obrigações logo temos sempre que declarar, não me lembro do artigo  mas ele existe, porque eu também andei a procura da resposta dessa questão à uns tempos atrás. Logo é para pagar claro.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Quando há mais valias tem de ser declaradas. E se eu voltar a reinvestir esse dinheiro?(Já sei que vão dizer que nesse caso o pessoal andava sempre a reinvestir).

A questão que eu coloco é:

1) Invisto 5.000€ em obrigações. O que irão considerar mais valia se eu as detiver até à maturidade? O que ganho líquido no final do prazo (Exemplo: 3 anos -> 500,00€)

2) Invisto imediatamente os 5.500€ e se acontecer falência dessa entidade? O que acontece à suposta mais-valia que tive de declarar, o fisco devolve?

:)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

se ganhas 500 logo aplica 25% de imposto, quer seja antes ou na maturidade tudo o que é lucro tem imposto, e no cupão é igual também, seja ou não reinvestido.

Quanto à falência depende do tipo de obrigação, mas se isso acontecesse era coisa para durar anos, de certeza

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

os 25% do imposto o banco efectua-o imediatamente. Se o ganho líquido for de 500,00€ tenho de declarar o quê?por exemplo...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead