Su77

Bebés

13 publicações neste tópico

Vou ser tia  ;D ;D ;D

Este poderá não ser o local mais indicado para fazer estas perguntas mas aqui vai na mesma?

Como é que, (do vosso ponto de vista e da vossa experiencia) um casal se organiza economicamente para receber um filho tendo parcos rendimentos? Como é que se prepara um enxoval neste ponto de vista e quais os locais mais baratos etc...

Agradeço toda a vossa ajuda  :)

Su

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Uma loja onde se compra roupa em conta é na Zippy.

Chicco, Pré-natal, Bebeconfort, Petit Patapon, Cenoura, já exige mais um bocadao de guito.

Vou pedir auxilio à minha esposa e depois dou-te mais algumas informações

Ah... parabéns por esse estado de graça.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

As coisas de bebé têm um grande inconveniente - só servem durante alguns meses ou pouco mais de 1 ano. Mas, se os pais forem adeptos da reciclagem, podem sempre reutilizar coisas que foram usadas pelos bebés dos irmãos, primos, etc. Nesse aspecto ter uma família grande dá muito jeito ;)

Mas mesmo sem uma família grande há alguns sites na net que se dedicam a este tipo de tarefas (trocas). Neste momento vem-me à mente o freecycle, mas há seguramente outros. Sites e fóruns sobre bebés podem também ser bons pontos de contacto para esse tipo de transacções.

Acho que a melhor forma de eles se organizarem é mesmo perguntando a quem já tenha passado por isso e tentando perceber qual vai ser o impacto no orçamento familiar. Eu não tenho filhos mas uma das coisas que mais ouço é que uma boa parte do dinheiro nos primeiros tempos vai para fraldas. Analisar a opção das fraldas de pano, mesmo que em conjunto com as descartáveis (por exemplo, descartáveis à noite ou quando o bebé está menos vigiado e de pano durante o resto do tempo), pode sair bem mais barato. Afinal de contas, quase todos os que têm mais de 25 ou 30 anos foram criados com fraldas de pano e chegaram a adultos! :P

Outra coisa incontornável é a comida. Amamentar o bebé durante bastante tempo não só sai mais barato como é mais saudável. Quando começar com sólidos, receitas simples como fruta esmagada ou papas são bem mais económicas que aqueles boiões de comida para bebé.

E finalmente a roupa - tentar reaproveitar a roupa dos bebés dos outros enquanto possível. Estando numa família / grupo de amigos numeroso, é relativamente fácil haver alguém que tenha sido pai/mãe há pouco tempo e que possa ir emprestando/oferecendo algumas coisas. A procurar roupa para comprar (porque vai ser preciso, convenhamos), começa por procurar em feiras ou nas lojas de rua que tipicamente são mais em conta.

Acho que já se falou aqui no fórum de algumas destas coisas, podes fazer uma pesquisa também - volta à página principal (que é para procurar em todas as mensagens) e escreve coisas como "bebés" ou "filhos" na caixa de pesquisa do canto superior direito da página.

Ah, e começar desde já a ir juntando algum dinheiro numa conta poupança ou depósito a prazo - as surpresas vão ser cada vez maiores (idas ao médico, o "susto" do preço dos livros e do material escolar, a roupa rasgada nas quedas ao chão durante as correrias, o dinheiro para a mesada, a universidade... :)). Desta forma, quando essas despesas chegarem, há onde ir buscar o dinheiro...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Antes de mais nada parabéns! Tb fui tia recentemente...

Acho que o mais importante de tudo é começar a colocar algum de parte assim que se pensa em ter um bebe. Enquanto se vai tentando :-) coloca-se um dinheirinho de parte para fazer face às inumeras despesas...

Depois como já foi referido aqui, cadeirinha, berços, e roupas sempre pode ir passando caso queiram de uns para os outros... são coisas que são utilizadas no maximo 2 anos e a menos q se pense ter outro filho não vale a pena guardar...

E claro vale sempre a pena pesquisar preços.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Muito obrigada hsfarao, pauloaguia e luana  :D

Todas as dicas são muito importantes para os pais planearem um bom futuro para os filhos. Mas eu como tia estou muito satisfeita e vou ajudar em tudo o que puder. ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Então é assim, depois de pedir ajuda à minha esposa, vou publicar na integra, o texto que fez e me enviou pelo messenger.

"Vou responder-te, olhando para a lista que fiz, antes do meu mais velho nascer:

Roupas:

Pois realmente as roupas de bebé passam depressa. Da parte que me toca, não me importo de vestir os miúdos com roupas dos primos ou dos filhos das minhas amigas. É um dinheirão que se mete ao bolso. Quando tenho que fazer compras, regra geral vou à Zippy ou à C&A, embora prefira a primeira. Tem preços muito acessíveis e as peças são de boa qualidade. Para começar, é bom ter-se um bom stock de bodys (camisolas interiores) e calcinhas (independentemente de se estar no Inverno - a roupa demora mais a secar; ou no Verão: os xixis e companhia podem abundar ) e na Zippy (ou mesmo no Continente, que vende roupas desta marca) tem conjuntos muito bons e a um excelente preço! Muitas babetes e algumas fraldas de pano.

Falando de fraldas: as de pano podem ser (que são) muito mais baratas que as de descartáveis, mas e depois a limpeza? Tirar os cocós, pôr de molho, etc e tal. Nos primeiros meses, todas as ajudas são bem vindas e acredita, as descartáveis são para isso mesmo. Toalhetes descartáveis, apenas quando se sai em passeio ou vai ao médico. Em casa, um paninho molhado em água morna é o melhor.

Produtos de limpeza para o bebé: pode pedir amostras nas farmácias, o álcool, o termómetro e aquelas coisinhas todas pode comprar de marca branca (cá em casa é tudo do Continente). Como a pele dos bebés é sensível, nem vale a pena pensar em comprar desta ou daquela marca e antes usar um sabonete de glicerina.

O material pesado: carrinhos, banheira, se tiver quem empreste, nunca se diz que não. A alcofa é, na minha opinião, uma compra desnecessária. Se se falar que é por causa do bebé ficar mais aconchegado enquanto dorme, embrulha-se o bebé, bem embrulhadinho, num cobertor quentinho e ele não tem frio nenhum (é isso que faço com a minha bebé, que tem 5 meses).

Amamentar é, sem dúvida, o melhor. Mas atenção, é preciso muito apoio nos primeiros dias, nesta questão. A tua irmã ou cunhada (não sei quem vai ser mãe ) não pode desistir à primeira, porque amamentar não é fácil. Conselhos da mãe ou da sogra, sinceramente, não são os mais aconselháveis: há a pressão do peso do bebé. Mas ela que não desista e aí, sim, vai poupar muito dinheiro e dar ao bebé o melhor alimento que existe. Depois, sopinha, fruta e as farinhas. Também sou da opinião que os boiões de comida servem só para um desenrasque, uma viagem, não o dia-a-dia.

Vacinas: nós fazemos todas as que o pediatra aconselha. São caras, é certo, mas é investir na saúde deles. E por falar no pediatra, é verdade que nem todas as pessoas podem ir a um médico particular e que há bons médicos de família.

Sou, também, da opinião que se deve abrir uma conta poupança para ir guardando algum dinheiro, como o que vem do abono, o das prendas…"

Recomendou uma visita a: http://anossagravidez.blogspot.com

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Vou ser tia  ;D ;D ;D

Este poderá não ser o local mais indicado para fazer estas perguntas mas aqui vai na mesma?

Como é que, (do vosso ponto de vista e da vossa experiencia) um casal se organiza economicamente para receber um filho tendo parcos rendimentos? Como é que se prepara um enxoval neste ponto de vista e quais os locais mais baratos etc...

Agradeço toda a vossa ajuda  :)

Su

Parabéns titia  :D

Sou mãe e sem desprimor para o que já foi dito e bem, a minha sabedoria advém-me da minha experiência.

Já foi há uns anos mas lembro-me bem, de tudo claro, mas de não ter grandes recursos para fazer um enxoval para a minha filha.Então como fiz? Tinha e tenho muitos amigos, felizmente, que me ajudaram imenso. Tinham filhos, sobrinhos..... e como disse o Pauloaguia a roupa deixa de servir logo. Obtive muita roupa boa por essa via.

No entanto toda a mãe quer comprar a 1ª roupa para o seu filhote e eu não fugi à regra.  Fugi das lojas de marca, e fui comprar às tais lojas de fábrica tão faladas neste fórum.

No meu caso a família babada e os amigos também queriam dar alguma coisa nova. Sempre que me perguntavam eu dizia o que me fazia falta.

Há, no entanto, muitas coisas que temos de suportar com os nossos rendimentos. Aí, como já foi dito, é preciso começar a poupar. As fraldas são caríssimas, biberons, leites........

Ah, quase que me esquecia, as minhas tias velhotinhas tinham jeito para o tricot. Eu escolhia o fio (lã, fibras, algodão.....) e elas faziam camisolinhas giras. E não é que tinham jeito?

Fiz questão de comprar a 1ª roupa, que ainda hoje guardo e o 1º brinquedo. :D

Tudo requer planificação. Começar por uma lista, acho que é um bom começo ;D

Votos de boa saúde para o(a) felizardo(a).

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu não tenho filhos mas uma das coisas que mais ouço é que uma boa parte do dinheiro nos primeiros tempos vai para fraldas. Analisar a opção das fraldas de pano, mesmo que em conjunto com as descartáveis (por exemplo, descartáveis à noite ou quando o bebé está menos vigiado e de pano durante o resto do tempo), pode sair bem mais barato. Afinal de contas, quase todos os que têm mais de 25 ou 30 anos foram criados com fraldas de pano e chegaram a adultos! :P

Ai PauloAguia ;)

Desculpa-me antecipadamente o que vou dizer. Vê-se bem que nunca lavaste fraldas de bebé  :D(não vou entrar em pormenores, deixo para a tua imaginação). Sei que o que disseste foi com a melhor das intenções e porque foi dito que a família tem parcos recursos. Claro que se não houver outra hipótese........

E o facto de termos usado fraldas de pano eu desejo aos novos papás que o melhor é não passarem por isso. Aliás, há países em que os pequenotes nem fraldas usam e ......sobrevivem!!!

Há fraldas de várias qualidades e preços, será preciso procurar e amealhar.

Sorry

m.elis

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ai PauloAguia ;)

Desculpa-me antecipadamente o que vou dizer. Vê-se bem que nunca lavaste fraldas de bebé  :D(não vou entrar em pormenores, deixo para a tua imaginação). Sei que o que disseste foi com a melhor das intenções e porque foi dito que a família tem parcos recursos. Claro que se não houver outra hipótese........

E o facto de termos usado fraldas de pano eu desejo aos novos papás que o melhor é não passarem por isso. Aliás, há países em que os pequenotes nem fraldas usam e ......sobrevivem!!!

Há fraldas de várias qualidades e preços, será preciso procurar e amealhar.

O meu irmão mais novo faz 9 anos de diferença de mim. Não lavava as fraldas mas passei-as a ferro muitas vezes... e como eu detesto passar a ferro ;)

Mencionei as fraldas de pano justamente numa prespectiva económica, não por ser mais prático, longe disso...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O meu irmão mais novo faz 9 anos de diferença de mim. Não lavava as fraldas mas passei-as a ferro muitas vezes... e como eu detesto passar a ferro ;)

Mencionei as fraldas de pano justamente numa prespectiva económica, não por ser mais prático, longe disso...

Acredita, se passar não é bom, lavar fraldas é muito mau! Claro que tens razão, numa perspectiva económica. :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Como tb estou a pensar no assunto foi-me aconselhado o site www.naturalmentegravida.com

Na pesquisa por esse site cheguei ao guia Ikids directorio infantil (www.guiaikids.com) que contém imensas informações relacionadas com o tema.

De salientar que no separador Moda e Vestuário existem vários links para lojas de roupas de bebé e pré-mama mas também links para lojas de roupas em segunda mão. Só aqui na zona do grande Porto já existem 3 lojas que compram e vendem roupas usadas e tb outros materiais e acredito que se encontrem produtos em muito bom estado, pois como já foi dito, as roupas de criança passam depressa.

Pode tb ser interessante para os papás que queiram/necessitem vender artigos que já não terão utilidade aos seus filhos e assim ganharem algum dinheirinho com isso...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Mais uma vez obrigada a todos ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

viva

bem já que este tópico toqua a bebés (a melhor coisa do mundo), agradecia que me ajudassem no que toca a preços relativamente a fraldas e leite em pó para a minha bebé de 4meses, pois cada vez que vou ao hipermecado assusto-me com o aumento do leite!

costumo comprar no Jumbo fraldas da Dodot e leite em pó com a seguinte marca NAN HA 2 PREMIUM (nestlé).

Alguem conhece outros hipermecados ou compras online em que tenham preços mais baixos?

obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead