Confusa

credito automóvel e divorcio amigavel

2 publicações neste tópico

Boa noite a todos...

Estou cheia de insónias porque sinto-me muito perdida e sem saber como actuar. Separei-me do meu marido há 2 meses, adquirimos durante o casamento uma viatura no valor de 24 mil euros, o meu marido queria ficar com a mesma, no entanto após termos feito o pedido na financiadora disseram que ele teria de ter fiadores e como ele não os consegue entregou-me o carro, uma vez que o registo está em meu nome e o credito no nome dos dois.

Tentei vender o carro, mas como me dão tão pouco por ele cerca de 10 mil euros começo a ponderar ficar com ele. Então como devemos ainda 21 mil falei com o meu futuro ex marido e pedi-lhe 7 mil euros, isto porque:

- quando comprei o carro herdei 3 mil euros do carro de solteiro do meu marido, que ainda estava por pagar, portanto estes 3 mil são da responsabilidade dele;

- depois partindo do principio que a divida conjunta é de 18 mil e que me dão 10 mil pelo carro, a divida entre os 2 é de 8 mil, que dá 4 mil para cada um.

- deste modo, ele teria de me dar 7 mil euros e eu retiraria o nome dele do credito e depois decidiria ou não se vendo ou fico com ele.

Gostaria da vossa opinião se acham que estou a pensar bem e a propor o correcto.

Agora o meu marido está-me a pressionar para me divorciar já porque necessita de fazer um credito automovel para poder adquirir uma viatura e eu confrontei-o como iria depois ele fazer o credito pa me pagar a mim, ele diz sempre k não há problema, mas isto preocupa-me imenso. Tenho medo de lhe dar o divorcio e depois ele não me pagar!

Neste sentido pergunto-vos como me posso salvaguardar? Como posso ter garantias de que ele me vai pagar e que paga o montante acordado?

Ele insiste que no momento do divorcio não declaremos nd para não complicar, que entre nós acordamos td!

Posso pedir-lhe para ele me pagar antes de assinar o divorcio sem ser implicada no credito?

Agradecia a vossa opinião, ajuda e conselhos. Sou nova tenho 29 anos e estou assustada porque apesar de ter sido ele a querer o divorcio anda a ter comportamentos que desconhecia que ele pudesse ter, como o de me passar a perna. Sei que não posso confiar nele por isso agradecia os vossos conselhos.

Obrigada.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom dia, antes de mais quero deixar bem claro, que é apenas a minha opinião.

Então é assim, existe uma divida de 21.000,00 de um bem movel, neste caso um carro, de duas uma, ou um de voçes fica com esse bem e assume a respetiva divida ou na falta de acordo entregam o carro ou vendem, com forme a melhor situação, do restatnte que ficar em divida cada um assume metade e assunto resolvido.

Não assines o divorcio sem este assunto estar resolvido por completo, acho que cada um deve ser responsável pelos seus atos e deixar de empurrar os problemas para os outros.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor