cere

Obrigações Montepio Taxa Fixa 20102014-2Série

5 publicações neste tópico

Boa Tarde,

Em 2010 adquiri obrigações Montepio Taxa Fixa 20102014-2Série.

É uma aplicação a 4 anos em que o pagamento dos juros é feito anualmente.

Segundo entendo (ver doc informativo em anexo) o cálculo dos juros deveria ser como numa conta a prazo.

Ou seja: valor investido*taxa*nºdias/360

No documento informativo diz que a Base de Cálculo de Juros é  30/360

No entanto, o cálculo dos juros nestes 2 anos que já passaram, têm sido calculados da seguinte forma:

valor investido*taxa*nºdias

A diferença não é muita, mas é sempre menos um bocado e se multiplicarmos por todos os investidores, dá muito dinheiro.

Já tentei esclarecer com o Banco e eles confirmaram-me que a fórmula que estão a aplicar nao tem em conta os 360 dias, mas o funcionário também não me parecia muito entendido no assunto.

Sei que nao é muito, mas não gosto de me sentir roubado (espero mesmo não estar a ser).

Por acaso sabem-me dizer se estou a ver mal a coisa?

Cumprimentos,

Tissm

391_e3c4d663dcb5791b02a59bae6bd18df1394f3581.pdf

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

isso ainda é pior que um deposito a praso da caixa g. depositso

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

obrigações eu não me meto mesmo, nem com a troika presente  Portugal está a aguentar...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa Tarde,

Em 2010 adquiri obrigações Montepio Taxa Fixa 20102014-2Série.

É uma aplicação a 4 anos em que o pagamento dos juros é feito anualmente.

Segundo entendo (ver doc informativo em anexo) o cálculo dos juros deveria ser como numa conta a prazo.

Ou seja: valor investido*taxa*nºdias/360

No documento informativo diz que a Base de Cálculo de Juros é  30/360

No entanto, o cálculo dos juros nestes 2 anos que já passaram, têm sido calculados da seguinte forma:

valor investido*taxa*nºdias

A diferença não é muita, mas é sempre menos um bocado e se multiplicarmos por todos os investidores, dá muito dinheiro.

Já tentei esclarecer com o Banco e eles confirmaram-me que a fórmula que estão a aplicar nao tem em conta os 360 dias, mas o funcionário também não me parecia muito entendido no assunto.

Sei que nao é muito, mas não gosto de me sentir roubado (espero mesmo não estar a ser).

Por acaso sabem-me dizer se estou a ver mal a coisa?

Cumprimentos,

Tissm

Boas

As convenções de mercado utilizadas para a capitalização das obrigações são normalmente de 3 tipos:

a) Actual/Actual: nº de dias a dividir por 365 ou 366 (ano bissexto)

B) Actual/365: nº de dias a dividir por 365

c) Actual/360:

d) 30/360: o ano divide-se em 12 meses de 30 dias

Estamos a 19/04/2012, desde o início do ano temos:

Actual/Actual: 110dias/366 = 0.300546 anos

Actual/365: 110dias/365 = 0.301370 anos

Actual/360: 110dias/360 = 0.305556 anos

30/360: 109/360 = 0.302778 anos

Como podes ver, podem existir algumas diferenças

Espero ter sido útil

Cumprimentos

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor