Sorcha

Depositar as poupanças que estavam "debaixo do colchão"

9 publicações neste tópico

Olá a todos  :)

A situação é a seguinte: um casal (casados), em que um dos elementos trabalha (A), dá todos os meses ao outro elemento (B) uma determinada quantia de dinheiro para todas as despesas mensais. No entanto, desse dinheiro que A dá a B, ainda sobra algum e B faz uma poupança "debaixo do colchão".

B decide abrir uma conta no banco em seu nome e depositar o dinheiro que amealhou durante vários anos. Existe algum problema? Existe a possibilidade de se pensar que foram rendimentos não declarados?

Desde já agradeço as respostas,

Sorcha

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Depende um pouco de quanto b amealhou .

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Cerca de 13000 euros.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Alguém que saiba responder às minhas questões?

Muito obrigada,

Sorcha

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

quando se faz um deposito a partir de um determinado valor tem que se preencher um papel para o banco entregar ao banco de Portugal a indicar a proveniência desse dinheiro. qual o valor não sei, mas certamente que no banco lhe indicam. Se mesmo assim tem receio, faça vários depósitos de valores mais baixos espaçados no tempo.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

penso qeu a "campainha" que começa logo a tocar é se for um deposito acima de 12500 euros.

Por isso o Sujeito "B" pode depositar ao longo de 2 meses, quantias tipo 400 euros, 800 euros, levantar uns trocos, depositar outros 800 euros.. fazer um misto de operacoes

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Por acaso tb tenho esta dúvida..há um familiar que teve a casa assaltada (mas não encontraram o dinheiro "debaixo do colchão" e agora quer depositar uma parte significativa... mas tem receio de que exista algumas complicações...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

tb não é preciso fazer muitas complicações, se o banco vos dizer que para esse valor tem que declarar a proveniência do dinheiro, digam a verdade, que andavam a fazer umas poupanças em casa. Se não andarem a depositar regularmente quantias elevadas não terão ninguém à perna.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Realmente faz todo o sentido. Vou lhe dizer para fazer isso mesmo!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead