Visitante Iuri Monteiro

Acto Unico - enquadramento em IVA

39 publicações neste tópico

Boas,

Não iniciei actividade nem qualquer coisa do género.

Fiz um trabalho gráfico para uma empresa e quero emitir um acto isolado só que não sei o que preencher no "Regime de Iva" nem na "retenção na fonte de IRS".

Do lado da empresa eles dizem que estou isento mas eu não sei que artigo meter, tive a ler o CIVA e parece me o 9 mas não sei bem.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Os actos únicos estão sujeitos a IVA, desde que o serviço prestado não tenha de facto isenção de IVA (o que indicas parece estar sujeito a IVA).

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Caso o tipo de serviço não se enquadre no artigo 9º do civa, o acto isolado está sujeito a IVA.

A mim também me parece que esse serviço não se enquadra no artigo 9º, logo está sujeito a IVA.

Em relação à retenção na fonte, caso o acto isolado não ultrapasse 10000 €, está dispensado de retenção (nº 1 do artigo 9º do decreto lei 42/91)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Muito obrigado pela ajuda.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Fiz um acto único em 2011 num valor inferior a €10000 pelo que estou isenta de IRS sobre o valor que recebi.

Contudo na altura que passei o acto único, pedi retenção na fonte de IRS. Assim sendo tenho direito ao reembolso desse valor quando declarar o IRS?

Foi a minha única fonte de rendimento tributável (as outras ou estão isentas de IRS ou são depósitos a prazo com juros muito pequenos).

Obrigada.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Isso depende... depende do valor do acto único, depende da situação do agregado familiar (solteiro/casado/dependentes), depende das despesas de irs (saúde/educação/..) ..

Ao preencher o anexo B, preenche lá o campo com a retenção que lhe fizeram.

Depois tanto pode receber tudo, como só receber uma parte,...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Fiz um acto único em 2011 num valor inferior a €10000 pelo que estou isenta de IRS sobre o valor que recebi.

Estar dispensado de fazer retenção de IRS na fonte não é a mesma coisa que estar isento de IRS.

A diferença é que pode optar por não ser retido imposto quando recebe. Mas o rendimento em si não está isento - quando se mete a declaração de IRS é que é calculado o imposto. Não tendo havido retenção na fonte é quase certo que haverá que pagar alguma coisa; se tiver havido retenção na fonte pode ter que se pagar o resto ou o fisco devolver o que foi retido a mais.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Mas os meus rendimentos de 2011 são inferiores a 10000, na realidade são pouco mais de 1000 euros logo estou isenta de IRS.

Portanto se fiz retenção na fonte (que fiz por ignorância na altura) tenho agora direito ao reembolso desse valor retido pois estou isenta de pagar impostos. Entretanto consegui confirmar isto com um simulador de IRS.

Faltou também referir que sou solteira logo sou o único sujeito passivo na declaração de IRS.

Agradeço as vossas respostas Ra e pauloaguia, este fórum é deveras muito útil e as pessoas que nele participam ajudam a tornar mais claras estas questões sobre impostos :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Só para exclarecer...

Para efeitos de IRS não se pode falar em isenção.

O Código do IRS inclui na categoria B os rendimentos obtidos provenientes da prática de atos isolados que decorrem do exercício por conta própria, de qualquer atividade de prestação de serviço.

Há lugar a retenção na fonte para os rendimentos provenientes de atos isolados que resultem de uma atividade de prestações de serviços, podendo (por opção) beneficiar da dispensa de retenção prevista no n.º 1 do art.º 9 do DL 42/91, de 22/01, aplicável a valores inferiores a €10.000,00.

Não é taxativo beneficiar da dispensa de retenção por o valor ser inferior a €10.000,00. De caso para caso, pode ser mais ou menos vantajoso fazer retenção.

O mesmo se aplica a Sujeitos passivos com actividade aberta, cujo volume de negóco do ano anterior seja inferior a €10.000,00 (isentos de IVA ao abrigo do art.º 53.º do CIVA).

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa noite,

Tive uma entrevista de emprego em que me falaram de fazer um ato unico durante 2 meses de experiencia, no qual juntaria as duas remunerações, e desta forma nao perderia o direito ao estágio profissional.

No entanto eu já pesquisei mas nao consigo perceber ao certo em que consiste.

Podem explicar-me?

Obrigada

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde

Efectuei um acto isolado de uma consultoria no montante de 4000€.

Sou obrigada a fazer retenção da fonte? A que taxa?

Tenho de pagar cobrar em cima deste montante?

Obrigado pela ajuda que me poderem dar

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa noite,

Tive uma entrevista de emprego em que me falaram de fazer um ato unico durante 2 meses de experiencia, no qual juntaria as duas remunerações, e desta forma nao perderia o direito ao estágio profissional.

No entanto eu já pesquisei mas nao consigo perceber ao certo em que consiste.

Podem explicar-me?

Obrigada

3 - Para efeitos do disposto nas alíneas h) e i) do número anterior, consideram-se rendimentos provenientes de actos isolados os que não resultem de uma prática previsível ou reiterada.

Em termos práticos, respeitando os requisitos acima, as finanças dispensa o praticante do acto isolado (até 25000 euros) de abrir actividade.

A pessoa pratica o acto isolado, no final passa o recibo. Nesse recibo deve constar o valor  do acto, o iva (excepto nos serviços enquadrados no artigo 9º do civa), e a retenção na fonte (dispensado até 10000 euros). O praticante do acto tem de entregar ao estado até ao final do mês seguinte.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde

Efectuei um acto isolado de uma consultoria no montante de 4000€.

Sou obrigada a fazer retenção da fonte? A que taxa?

Tenho de pagar cobrar em cima deste montante?

Obrigado pela ajuda que me poderem dar

Quem faz a retenção é quem paga, ou seja, a empresa que a contratou.

Até 10000 euros está dispensado de retenção na fonte (art. 9º, nº 1 do DL 42/91).

Caso opte pela dispensa da retenção na fonte o recibo fica tipo assim:

Valor do acto = 4000

Valor do iva = 4000 x 23% = 920

Valor da retenção = Sem retenção artigo 9º, nº 1 do DL 42/91

Valor recebido = 4000 + 920 = 4920

Se o iva estiver incluído nos 4000:

Valor do acto = 3252,03

Valor do iva = 3252,03 x 23% = 747,97

Valor da retenção = Sem retenção artigo 9º, nº 1 do DL 42/91

Valor recebido = 3252,03 + 747,97 = 4000

Caso não opte pela dispensa da retenção no campo do valor da retenção é 21,5% do valor do acto, que é subtraído ao valor recebido.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Em termos práticos, respeitando os requisitos acima, as finanças dispensa o praticante do acto isolado (até 25000 euros) de abrir actividade.

A pessoa pratica o acto isolado, no final passa o recibo. Nesse recibo deve constar o valor  do acto, o iva (excepto nos serviços enquadrados no artigo 9º do civa), e a retenção na fonte (dispensado até 10000 euros). O praticante do acto tem de entregar o iva ao estado até ao final do mês seguinte.

Correcção: Faltava "o iva"

:)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom dia, estive a trabalhar durante 2 meses, como médica (Isenta?) num hospital em 2009, não me pagaram, agora emitiram 2 facturas e pagaram-me as horas que fiz, referindo nas mesmas que são reçativas a Setº e Outº de 2009. Como vou emitir o recibo, segundo dizem como "acto unico", em 2012? Obrigada pela ajuda que possam dar.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Quem faz a retenção é quem paga, ou seja, a empresa que a contratou.

Até 10000 euros está dispensado de retenção na fonte (art. 9º, nº 1 do DL 42/91).

Caso opte pela dispensa da retenção na fonte o recibo fica tipo assim:

Valor do acto = 4000

Valor do iva = 4000 x 23% = 920

Valor da retenção = Sem retenção artigo 9º, nº 1 do DL 42/91

Valor recebido = 4000 + 920 = 4920

Se o iva estiver incluído nos 4000:

Valor do acto = 3252,03

Valor do iva = 3252,03 x 23% = 747,97

Valor da retenção = Sem retenção artigo 9º, nº 1 do DL 42/91

Valor recebido = 3252,03 + 747,97 = 4000

Caso não opte pela dispensa da retenção no campo do valor da retenção é 21,5% do valor do acto, que é subtraído ao valor recebido.

E no primeiro Caso qual o valo que coloco no quadro 4 do anexo B? Os 4000€ ou os 4920€???

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa Tarde!vou desempenhar uma actividade de fim de semana para a qual me vão fazer um acto único. A remuneração será apenas de 80 euros. Tudo o que tenho que pagar são os 23% de IVA às finanças? Já agora qual a diferença entre recibos verdes e acto isolado, é que realmente não consigo perceber muito bem.

Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sim, tem de entregar o iva ao estado... e tem de declarar o valor do acto isolado na declaração de irs (anexo B).

A diferença é que ...

Nos recibos verdes há uma actividade independente aberta nas finanças e por consequência um enquadramento no regime dos trabalhadores independentes na segurança social. É uma actividade continuada...

No acto isolado, respeitando os requisitos, o contribuinte fica dispensado de abrir actividade e do tal enquadramento. É um trabalho que surgiu, imprevisivel e não repetivel.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde! A minha situação é a seguinte: Prestei um serviço, onde a entidade me pagou através de ato unico.

Além do IVA que vou pagar referente à esse valor, terei que pagar mais alguma coisa, quando declarar o valor do mesmo na declaração de IRS?

Obrigada

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde! A minha situação é a seguinte: Prestei um serviço, onde a entidade me pagou através de ato unico.

Além do IVA que vou pagar referente à esse valor, terei que pagar mais alguma coisa, quando declarar o valor do mesmo na declaração de IRS?

Obrigada

Isso depende do agregado e dependendes, do total de rendimentos do agregado, das despesas,...

É tudo englobado no mesmo bolo e daí é que sai o valor a pagar, receber, ou nulo, da liquidação... referente a todos os rendimentos declarados.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

BOA TARDE!TENHO INICIO DE ATIVIDADE DESDE MARÇO DE 2012,E ESTOU ISENTA DE IVA E QUERIA SABER SI TENHO QUE COMPRAR UMA NOVA REGITRADORA,POIS TRABALHO SOZINHA E O MEU MOVIMENTO E MUITO POUCO,OBRIGADO!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A 31 Dezembro 2012 passei pela 1ª vez um ato isolado, gostaria de saber em que altura devo apresentar a declaração de IRS de 2012?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde,

Vou passar um ato único no valor de 140 euros. Pago o IVA a 23% e a retenção na fonte não estou isenta? No site não dá a opção de estar isenta e não sei que percentagem devo colocar! Podem ajudar-me, por favor? Obrigada.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A 31 Dezembro 2012 passei pela 1ª vez um ato isolado, gostaria de saber em que altura devo apresentar a declaração de IRS de 2012?

Em papel, durante Abril.

Pela internet, durante Maio.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde,

Vou passar um ato único no valor de 140 euros. Pago o IVA a 23% e a retenção na fonte não estou isenta? No site não dá a opção de estar isenta e não sei que percentagem devo colocar! Podem ajudar-me, por favor? Obrigada.

No campo da sujeição a irs, escolhe a opção "Sem retenção - artigo 9º, nº1 dl 42/91)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead