Entrar para seguir isto  
Seguidores 0
mehrlicht

dúvida de sobreposição em união de facto

9 publicações neste tópico

Bom dia.

Agradecia que se alguém souber que esclarecesse a minha dúvida.

Comprei casa este ano com a minha namorada. Logo vamos declarar para IRS o empréstimo e o mesmo vai ser deduzido.

Não é necessário identificarmo-nos como união de facto embora compense mais, certo?

As despesas com a informática (para estudantes com uso pessoal) podem ser deduzidas apenas uma vez durante os anos de 2006 a 2008.

A minha dúvida é:

Eu já declarei despesas com informática em 2006. Se nos identificarmos como união de facto pode-se apresentar despesas com informática dela? Ou será considerada uma segunda despesa do agregado no período 2006-2008?

Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não tenho certeza do que vou dizer mas aqui vai:

Julgo que para se identificarem como união de facto têm que ter a mesma morada fiscal durante dois anos consecutivos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não tenho certeza do que vou dizer mas aqui vai:

Julgo que para se identificarem como união de facto têm que ter a mesma morada fiscal durante dois anos consecutivos.

Sim, está correcta essa observação.

Bom dia.

Agradecia que se alguém souber que esclarecesse a minha dúvida.

Comprei casa este ano com a minha namorada. Logo vamos declarar para IRS o empréstimo e o mesmo vai ser deduzido.

Não é necessário identificarmo-nos como união de facto embora compense mais, certo?

As despesas com a informática (para estudantes com uso pessoal) podem ser deduzidas apenas uma vez durante os anos de 2006 a 2008.

A minha dúvida é:

Eu já declarei despesas com informática em 2006. Se nos identificarmos como união de facto pode-se apresentar despesas com informática dela? Ou será considerada uma segunda despesa do agregado no período 2006-2008?

Obrigado

Consulta http://www.millenniumbcp.pt/site/conteudos/60/6099/609945/article.jhtml?articleID=171749

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom dia.

Agradecia que se alguém souber que esclarecesse a minha dúvida.

Comprei casa este ano com a minha namorada. Logo vamos declarar para IRS o empréstimo e o mesmo vai ser deduzido.

Não é necessário identificarmo-nos como união de facto embora compense mais, certo?

As despesas com a informática (para estudantes com uso pessoal) podem ser deduzidas apenas uma vez durante os anos de 2006 a 2008.

A minha dúvida é:

Eu já declarei despesas com informática em 2006. Se nos identificarmos como união de facto pode-se apresentar despesas com informática dela? Ou será considerada uma segunda despesa do agregado no período 2006-2008?

Obrigado

Quando se entra no fórum, tens um artigo de Pedro Pais, sobre questões relacionadas e que em caso de dúvida, remete para esclarecimentos junto de uma empresa de consultadoria fiscal! Podes, tal como eu, questionar essa consultadoria. Tens em breve, aresposta, por e-mail!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sim, está correcta essa observação.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A mesma morada fiscal mesmo? É que já li que bastava provar a mesma morada... com contas da luz, água, etc...

É que já vivemos juntos há quase 8 anos, em sítios diferentes (com contas num ou noutro nome mas na mesma morada). Como estávamos sempre a mudar de casa se fosse a estar sempre a mudar a morada fiscal...

E depois de se invocar a união de facto há obrigações para os anos seguintes? Ou pode-se estar sempre a invocar ou a fazer em separado conforme nos der mais jeito?

Mas as diferentes respostas tiraram-me o resto das dúvidas, obrigado.

Como se vai poder deduzir despesas informáticas no próximo triénio, se for preciso, espera-se dois mesitos... até porque é dito que até agora era só um computador no triénio por elemento do agregado.

Fiquei foi com mais umas dúvidas...

É dito que vai ser possível no próximo triénio deduzir um computador por membro do agregado familiar. Um computador? Não é material informático? É que eu não compro "computadores"... Compro os componentes em separado... Mas se o estado me quiser dar mais dinheiro só porque gastei mais a comprar um "computador" em vez de componentes separados...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá

Sim, só no ano em que tiverem a mesma morada fiscal é que podem apresentar o IRS como união de facto, e é sempre algo facultativo para os anos seguintes.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas, o meu "problema" é pior acho!! Ou digam-me !! Vivemos juntos há 2 anos, ate 30/11/2009 numa morada (casa minha so) e agora casa no nome dos dois, mas so ha 2 meses a mesma morada fiscal ok ? Portanto esta aí uma separação há porta, tenho direito a ?? se é k tenho.... na outra casa minha, eu pagava sozinha as prestações, ele entrou com mobilias e tb generos , o carro era dele´e ainda esta a paga-lo. Estas situações....... Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa noite,

Vivemos há mais de dois anos mas, com moradas fiscais e de residência diferentes.Temos filho em comum menor,e há enteados também.

Queremos legalizar a nossa situação para União de Facto. Já percebi que é só ir à Junta de Freguesia com os devidos documentos.E depois?Beneficios?Consequências?

Grata,

Marisa

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

Entrar para seguir isto  
Seguidores 0