ana.portugal

Uma ideia repentina

4 publicações neste tópico

Antes de partilhar a ideia, peço aos Moderadores para moverem o tópico se aqui não for a secção adequada.

Ontem tive uma ideia. Assim por alto, tem a ver com a hipótese de criar uma loja online para venda de um determinado tipo de produtos (não interessa quais pois podem ser vários).

Terei de alugar uma plataforma ou, numa fase inicial, utilizar um servidor gratuito de alojamento de sites. Algo que, a justificar-se, pudesse vir a aumentar a capacidade e a tornar-se definitivo (mesmo que tal implicasse um pagamento mensal). Em relação a sistemas de pagamento e construção do site, consigo desenrascar-me.

Quanto a impostos, e porque gosto de agir na legalidade (muito já me prejudiquei por isso), sendo trabalhadora independente, registada numa actividade que nada tem a ver com o possível projecto futuro (desculpem mas não uso o A.O), como poderia proceder? Seria possível pedir ajudas financeiras junto do IEFP?

Ainda terei de pensar muito nisto. Não sei como se encontram fornecedores para os produtos em causa (alguém sabe?)... Enfim, ainda terei de pensar muito no assunto.

Aceito sugestões e opiniões. Quais os melhores negócios para estabelecer online? Negócios legais, obviamente.

Obrigada.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

eu sou, normalmente, optimista mas a tua ideia parece-me um pouco lunática, desculpa lá !

não sabes quais os produtos que queres vender

não sabes quais os fornecedores que hás-de contactar

não sabes se podes ou não solicitar qualquer ajuda junto do IEFP

resumindo, queres montar um negócio do qual não sabes rigorosamente nada.

o meu conselho é que desistas já porque assim não vais a lado nenhum:

para se montar um negócio tem que se perceber minimamente daquilo que vamos negociar: eu não posso ser negociante de flores porque não percebo nada delas, nem as sei distinguir pelo nome. Se resolver negociar Arte também estou condenado ao fracasso porque gosto de a apreciar mas não sei distinguir um artista com potencial de um que não tenha esse potencial e não saberia dar um valor monetário às obras. Se resolver abrir um restaurante não dura 6 meses porque só cozinho bifes e ovos estrelados !

Tu poderias vender TUDO na net, desde perfumes a alfinetes, desde sapos a elefantes - mas terás que perceber qualquer coisa do que queres vender. Tu poderás encontrar no Mundo Virtual virtualmente fornecedores de tudo, desde automóveis a aviões - mas só depois de saberes o que queres os poderás procurar !

Portanto minha cara amiga, desculpa lá mas na minha modesta opinião tu vagueias completamente na estratosfera naquilo que diz respeito a negócios - e negócios é coisa que requer os dois pés bem assentes na terra !

Aconselho-te em primeiro lugar a frequentar um qualquer curso para Empreendedores onde te satisfarão as tuas dúvidas e te aclararão as tuas ideias relativamente ao que pode fazer e empreender.

Até lá não faças nada - este é o meu conselho !

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tem calma pois eu sei o que pretendo comercializar. Não quero é divulgar. :)

Já andei a fazer uma espécie de estudo de mercado para ver, dentro do segmento, quais os produtos mais procurados.

Já sei que terei, se avançar, começar por muito pouco, com os pés bem assentes na terra e não numa qualquer estratosfera. Se quero vender um restaurante, além dos bifes e ovos, terei de ter alternativas mais caras e mais baratas. Se não vendo caviar não vou comprar para armazenar. Se compro 10 bifes e vendo 9, no dia seguinte posso comprar 15 e ver o que dá. Se não os vender posso fazer almondegas para prato do dia seguinte.

Eu sei o que quero, não posso é dizer, como deves entender, certo ;) ? Tem calma que posso parecer despistada mas na verdade só tenho no currículo um despiste real (aconteceu).

Em relação a impostos, essa é a minha grande dúvida. Quanto ao IEFP, posso pesquisar mas antes disso, terei de saber outras coisas. Por exemplo, onde posso alojar um site? Capacidade? Mensalidade futura caso a capacidade seja ultrapassada? Software informático para processamento de facturas e licenças do mesmo? Contratos com transportadoras? Quanto? Margem de lucro?

Como vês, ainda é caso para estar na lua pois ainda é uma ideia repentina (surgiu há menos de 24h).

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Se sabes o que queres para quê perguntar então quais os melhores negócios ou como se encontram fornecedores? Até porque, para responder a essas perguntas, é preciso saber o que vai ser comercializado, algo que não queres contar ;)

Por exemplo, para escolheres as transportadoras é preciso saber se os volumes vão ser grandes ou pequenos. Senão que mal há em utilizar os correios? Se queres respostas que te ajudem, tens de fazer perguntas concretas...

Quanto aos impostos também é um bocado assim - depende do negócio. Vais importar e exportar? Vendes produtos feitos por ti ou apenas serves de intermediária? Há impostos que podem ser aplicados de forma diferente ou nem sequer fazer sentido em algumas circunstâncias.

Que não queiras dar detalhes em público, tudo bem, estás no teu direito. Mas nesse caso sugiro que contactes as finanças diretamente e exponhas o caso concreto. Porque senão corres o risco de obteres respostas erradas para o teu caso...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead