diabo11982

Credito Habitação - valor a declarar no IRS

14 publicações neste tópico

Boa Tarde

Recebi a declaração do banco com os montantes pagos de amortizações + juros relativamente ao crédito habitação, para efeitos de IRS de 2011.

Como o empréstimo foi feito com a minha namorada, ela também recebeu a mesma declaração com os mesmos valores.

Nós vamos preencher o IRS em separado.

Que valor temos que por no anexo dos beneficios fiscais? Dividimos o valor por dois e cada um declara metade, ou podemos declarar ambos o valor total que está na declaração?

Eu sei que se fossemos casados aquele valor seria a dividir pelos dois, mas no nosso caso, não sei como funciona.

Obrigado pela ajuda.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde,

Sendo a casa dos dois, o emprestimo dos dois, penso que devem declarar metade cada um.

As declarações já não vêm com o valor repartido pelos dois?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde,

Sendo a casa dos dois, o emprestimo dos dois, penso que devem declarar metade cada um.

As declarações já não vêm com o valor repartido pelos dois?

Não. Veio uma carta para cada um com o valor total amortizado.

Não sei se devemos dividir o valor pelos dois ou podemos por o valor total cada um, de acordo com as cartas recebidas.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Cada um põe o que está na carta, por isso é que vem a mesma carta para os dois, se fizerem a declaração em conjunto soma-se o montante das duas cartas e encontra-se o montante pago em amortizações e juros.

Cordialmente

Reituga

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Se nas duas declarações consta o valor total pago de juros + amortizações do ano inteiro, julgo que deve dividir o valor pelos dois.

Caso declarem os dois o valor total, estarão a duplicar os valores efectivamente pagos.

Mas confirme bem se as declarações trazem o valor total ou se já vem dividido pelos dois.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Se nas duas declarações consta o valor total pago de juros + amortizações do ano inteiro, julgo que deve dividir o valor pelos dois.

Caso declarem os dois o valor total, estarão a duplicar os valores efectivamente pagos.

Mas confirme bem se as declarações trazem o valor total ou se já vem dividido pelos dois.

A carta vem exactamente com o valor pago durante o ano.

Vamos imaginar que pago 500 euros/mês.

As cartas vêm com o valor de 6000 €uros cada uma.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sou da opinião que deve dividir o valor.

Nesse exemplo, declara 3000 euros cada um.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Se o valor que aparece em cada carta é o valor exatamente pago durante o ano, parece-me óbvio que terão de dividir esse valor por 2. Aqui em casa, as cartas do banco referentes ao crédito habitação também não dividem o valor por 2, nós depois é que fazemos esta divisão para efeitos de dedução no IRS.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O banco tb me enviou essas cartas com valor igual para mim e para a minha esposa mas só somando os dois valores chego ao total pago ao longo do ano.

Cordialmente

Reituga

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O banco tb me enviou essas cartas com valor igual para mim e para a minha esposa mas só somando os dois valores chego ao total pago ao longo do ano.

Cordialmente

Reituga

Pois..mas eu se somar o valor das duas cartas dá-me o dobro do que paguei.

A questão aqui que se põe é o facto de não sermos casados e podermos fazer o IRS separados. Que valor podemos declarar: se todo ou apenas metade?

Caso fossemos casados  esta questão não se punha.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Pois não reparei na parte de não casados ::)

Nesse caso devem dividir por dois.

Cordialmente

Reituga

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

confirme bem se as declarações trazem o valor total ou se já vem dividido pelos dois.

Se for total tem que dividir por 2, caso contrario cada um entrega o seu valor.

Para não ter esse problema tem que indicar no seu banco que quer a declaracao dividida por 2 porque ainda nao estao casados.

Se entregar o irs pela internet esse valor já vai estar preenchido..

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde,

Tenho uma dúvida, será que alguém me consegue ajudar? Tenho caso ainda a meias com o meu ex-marido, logo o documento que recebi do banco com o valor de juros e amortizações vem em nome dos dois. A pré-declaração do IRS só tem metade atribuído ao meu NIF mas a verdade é que sou eu quem paga a totalidade, pelo que alterei o valor que lá vinha para a totalidade. Ao declarar isso, haverá algum problema?

Obrigada

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Tenho uma dúvida, será que alguém me consegue ajudar? Tenho caso ainda a meias com o meu ex-marido, logo o documento que recebi do banco com o valor de juros e amortizações vem em nome dos dois. A pré-declaração do IRS só tem metade atribuído ao meu NIF mas a verdade é que sou eu quem paga a totalidade, pelo que alterei o valor que lá vinha para a totalidade. Ao declarar isso, haverá algum problema?

Estás a declarar deduções sem ter os devidos comprovativos... Sim, eu diria que pode haver problema, no caso de te chamarem para alguma fiscalização...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead