Visitante Manuel Jero

Ajuda crédito para estudos fora do país.

4 publicações neste tópico

Boas,

Eu e a minha esposa pretendemos sair do país, eu pretendo ir estudar para fora e ela trabalhar, já temos o nosso pé de meia, mas dado que para o país que vamos precisamos de visto para estudar e trabalhar, é necessário um investimento adicional porque as propinas para estudantes internacionais são muito mais caras. A vantagem é que com o curso que vou tirar, consigo facilmente arranjar emprego no país em questão, até porque já está incluido no curso um estágio remunerado. O problema é que nós apesar de já termos 5.000€ vamos precisar de aprox. 30.000€ para conseguirmos manter-nos por lá por 2 anos sem preocupações. Actualmente estamos os 2 empregados com salário combinado na ordem dos 1500€x14 meses, mas não estamos efectivos, logo isso é uma agravante, o cetelem já nos recusou crédito por causa disso. Agradeço conselhos por favor.

Obrigado pela atenção.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Peço desculpa, mas esqueçi-me de incluir no post anterior que actualmente não possuímos qualquer crédito, e a casa em que estamos é de familiares.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

mais valia terem dito que o crédito era para outras coisas, tipo obras, passeios, etc.

se vão sair do pais, que garantias tem eles depois de que vão receber o dinheiro

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

mais valia terem dito que o crédito era para outras coisas, tipo obras, passeios, etc.

se vão sair do pais, que garantias tem eles depois de que vão receber o dinheiro

Não mencionámos que era para sair do país obviamente. Isso é erro fatal, o motivo é sempre crédito pessoal quando se escolhe a opção. Bem, entretanto arranjei fiador em situação de emprego publico estável com uma taxa de esforço de 0,20, eu já percebi que só o facto de escolhermos a opção "privado-contrato a termo" complicar tudo. Claro está que os efectivos também não se livram de ser despedidos e estar no IEFP no dia seguinte, mas enfim, são as normas. Agora vou tentar num banco pelas taxas de juro mais baixas, mas do outro lado quando fiz uma simulação, avisaram-me que mesmo com fiador efectivo, pode ser negado, não me disseram o motivo, mas penso que esta conjuntura toda fechou por completo créditos pessoais.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor