Visitante Pedrocas

Notificações electrónicas vão ser obrigatórias

17 publicações neste tópico

Recebi um mail das financas para aderir às notificações electrónicas. Diz o mail que é obrigatório esta adesão.

Quer dizer que vão deixar de enviar as citações e notificações por carta?

E quem não tem mail nem computador?

Vou ter de ir todos os dias à caixa das finanças para ver se tenho lá alguma notificação para poder reclamar dentro do prazo?

Isto é constitucional?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O que diz exatamente o mail? Se há uma obrigatoriedade há uma referência à legislação que o obriga...

E, já agora, o mail será mesmo das Finanças ou um ataque de SPAM / Phishing?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Recebi um mail das financas para aderir às notificações electrónicas. Diz o mail que é obrigatório esta adesão.

Quer dizer que vão deixar de enviar as citações e notificações por carta?

E quem não tem mail nem computador?

Vou ter de ir todos os dias à caixa das finanças para ver se tenho lá alguma notificação para poder reclamar dentro do prazo?

Isto é constitucional?

Cuidado isso deve ser marosca!!

O mail tem o NIF e nome?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tb recebi o mail e aderi. Recebi depois uma confirmação por carta das Finanças em como aderi ao serviço.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Já agora, eis o texto do e-mail recebido:

Desde dia 1 de Janeiro, que a Autoridade Tributária Aduaneira (AT) passou a notificar os contribuintes por via electrónica.

A notificação electrónica passa a ser obrigatória para todos os contribuintes que sejam sujeitos passivos do IRC e do IVA.

As notificações electrónicas são efectuadas para a Caixa Postal Electrónica, conhecida por Via CTT.

Nos termos da Lei, todos os sujeitos passivos anteriormente referidos devem criar a sua Caixa Postal Electrónica no serviço Via CTT. A abertura e o funcionamento desta Caixa Postal Electrónica são completamente gratuitos.

Assim sendo, tendo em consideração que V. Exas. se encontram abrangidas pelo regime de obrigatoriedade referido, vimos por este meio, recomendar-vos que precedam, caso ainda não tenham aderido ao serviço de Notificações Electrónicas, logo que possível, à abertura da Caixa Postal Electrónica. Essa abertura é extremamente simples, bastando para o efeito entrar no Portal das Finanças com a sua senha de acesso (https://www.portaldasfinancas.gov.pt), e seleccionar o botão “Notificações Electrónicas”.

O procedimento de abertura demora apenas cerca de 2 minutos. Caso pretenda obter esclarecimentos adicionais, no campo superior esquerdo do Portal das Finanças, seleccione a opção “AT no Youtube” e visualize os vídeos de ajuda.

O sistema Via CTT, integra-se no âmbito do serviço público postal e garante a integridade e a confidencialidade dos documentos, utilizando certificados digitais de autenticação, em obediência ao disposto no Decreto-Lei n.º 290-D/99. Esta garantia consta expressamente da legislação que regula a Caixa Postal Electrónica e que assegura que só os CTT nela depositam as notificações, citações e outras comunicações enviadas pela AT.

Com a criação deste sistema, a AT, para além de oferecer o seu contributo para uma economia mais sustentável, dá também um passo decisivo no caminho da sociedade da informação e do futuro, assumindo-se como um parceiro dos cidadãos e das empresas na luta pelo incremento da produtividade e pela redução dos custos de contexto.

Esperamos pois que este novo serviço contribua para facilitar a sua interacção com a Autoridade Tributária e Aduaneira, tornando mais simples, mais eficiente e menos oneroso o cumprimento das suas obrigações fiscais.

Com os melhores cumprimentos.

O Director-Geral

XXX

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

tb recebi isso e como pago IVA, lá tive que aderir.

se é constitucional ou não, não sei, não tenho dinheiro para pagar a um advogado para me dizer isso e caso não seja para levar o caso para os tribuinais

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom dia, acho que tambem recebi um mail, mas pensei que não era obrigatorio, ja agora eu não pago iva ou irc, estarei obrigado na mesma, obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom dia, acho que tambem recebi um mail, mas pensei que não era obrigatorio, ja agora eu não pago iva ou irc, estarei obrigado na mesma, obrigado

o mail dizia que só era obrigado para entidades que paguem IRC ou IVA.

se não paga IVA, logo não deverá ser obrigatório.

Eu recebi um primeiro mail, que ignorei e depois recebi um segundo mail a avisar que ainda não tinha aderido às notificações electrónica e lá tive que tratar do assunto.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
o mail dizia que só era obrigado para entidades que paguem IRC ou IVA.

Salvo erro essas entidades já estão obrigadas à declaração eletrónica, certo? Pelo que a questão de terem ou não acesso a um computador perde um bocado a validade...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Salvo erro essas entidades já estão obrigadas à declaração eletrónica, certo? Pelo que a questão de terem ou não acesso a um computador perde um bocado a validade...

Exatamente!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu também tive de aderir ao serviço de notificações electrónicas. Uns dias depois chegou uma carta das finanças a confirmar a adesão. Eis um excerto:

Em resultado da conclusão com sucesso da sua adesão a este serviço, a partir de agora a AT vai começar a enviar-lhe comunicações por via electrónica.

As notificações serão enviadas simultaneamente em papel e por via electrónica. A data válida para efeitos de contagem de prazo para exercício dos seus direitos e garantias é a da notificação em papel.

Se a adesão a este serviço é obrigatório, então porque carga d'agua vão continuar a enviar notificações em papel?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde,

Somos obrigados, caso tenhamos IVA ou IRC, a aderir a este serviço.

A questão é: quanto teremos de pagar?

Ou é gratuito?

As multas a pagar por quem não aderir até 31 de Março, serão entre 150€ e 3500 (+/-)€

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

É gratuito

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

É gratuito

Menos mal. ;)

Obrigada.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Directamente é gratuito, mas quanto é que o estado português - e portanto todos nós um bocadinho - vamos pagar aos CTT por alojar este serviço?????

Sim, porque se receberam o mail quer dizer que já haviam aderido ao sistema de notificações electónicas num mail qualquer, provavelmente um mail que vêem com regularidade.

Agora pergunto eu porque é que tem que ser numa caixa postal dos CTT - quem fez este fantástico negócio????

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Os CTT já têm este serviço há anos - há anos que recebo a conta da luz e de telemóvel por via eletrónica e só tenho pena que não haja mais serviços a aderir.

Portanto, não é nada que não estivesse já a ser pago (eventualmente haverá um pequeno acréscimo de custo face à necessidade de aumentar a capacidade de armazenamento de informação mas deve ser negligenciável).

Quem paga o serviço são sobretudo as entidades que enviam a correspondência através do mesmo - em vez de pagarem a taxa de distribuição do correio físico, pagam uma taxa (suponho eu mais barata) pela distribuição do correio eletrónico.

Além disso julgo que estamos a falar de coisas diferentes:

* Há as notificações eletrónicas e alertas das finanças, que são mensagens de mail ou SMS enviadas para os contribuintes a avisá-los de que está um determinado prazo a chegar ao fim ou de que determinada operação foi começada ou de que há uma nova obrigação legal a cumprir (foi assim que muita gente recebeu esta mensagem que foi transcrita acima).

* A ViaCTT o que processa é correspondência. Ou seja, o que tradicionalmente era enviado por carta, passa a ser enviado pela ViaCTT. O fisco poupa (julgo eu) no processamento e nas taxas de envio de correspondência...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Somos obrigados, caso tenhamos IVA ou IRC, a aderir a este serviço.

Todas as empresas são obrigadas a aderir a este serviço.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor