Ana Ricardo

Conta CR

18 publicações neste tópico

Bons Dias

Sou cliente do BES e tenho alguma liquidez disponivel (cerca de 10.000 euros) e estou indecisa entre abater ao meu crédito habitação ou investir nesta aplicação, CR-Cristiano Ronaldo.

Que fariam?

Obrigada

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Peco desculpa a pergunta a quanto esta o teu Spread?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Matematicamente a resposta é simples: se a taxa líquida da poupança for superior à TAN do empréstimo (euribor + spread) então compensa mais investir; senão compensa mais amortizar.

Na prática a resposta depende de outros fatores, incluindo alguns psicológicos (para algumas pessoas livrar-se da dívida rapidamente tem muito mais valor do que ganhar dinheiro, por exemplo).

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Matematicamente a resposta é simples: se a taxa líquida da poupança for superior à TAN do empréstimo (euribor + spread) então compensa mais investir; senão compensa mais amortizar.

Na prática a resposta depende de outros fatores, incluindo alguns psicológicos (para algumas pessoas livrar-se da dívida rapidamente tem muito mais valor do que ganhar dinheiro, por exemplo).

Tiraste-me as letras do teclado  :) :)

Eis a solucao que eu faria se tive-se no teu caso

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Trocando isso por miudos, pelo c.h. pago euribor a 3 meses (1.204) + 0.7 de spread = 1.904

Acho que a aplicação CR é por 3 anos com 4.0 TANB, juros pagos semestralmente.

Liquidos não sei quanto dará ....

Estará correcto o meu raciocinio?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Acho que a aplicação CR é por 3 anos com 4.0 TANB, juros pagos semestralmente.

Iliquidos não sei quanto dará ....

Ilíquidos são 4% :)  TANB = Taxa Anual Nominal Bruta (ou ilíquida).

Líquidos é depois de descontar 25% para IRS, ou seja, dá TANL=3%

(não fui confirmar os valores, estou a confiar no que indicaste - já agora, há produtos melhores por aí, não sei se especificamente no BES).

Ou seja, a rentabilidade da poupança, ao dia de hoje, é bem maior que a taxa do crédito. Portanto compensa mais investir o dinheiro (nota que se o investimento for, por exemplo, a 5 anos, muita coisa pode acontecer às taxas de juro do empréstimo nesse espaço de tempo e a situação pode inverter-se. Mas aí já estamos a entrar na futurologia, e nisso o meu palpite provavelmente é tão bom como o teu ;)).

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigada mesmo!

Acho que vou arriscar e investir qualquer coisinha.

Tenho acompanhado pouco a evolução da euribor a 3 meses mas hoje fui ver que estao a descer tendencialmente. Hoje. Amanha não sabemos. Tenho essa noção.

Mais uma vez obrigada.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Só uma última questão: ao negociar com o banco, acha que posso "pedir" que me baixem o spread na troca do meu investimento?

Que posso pedir em troca?

Obrigada

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Esse spread já é bastante baixo quando comparado com o que os bancos andam a praticar hoje em dia... duvido que estejam dispostos a renegociar...

Além disso, em troca do investimento eles já estão a oferecer os tais 4% de juros...

Mas gosto dessa tua atitude ;)

Pedir não custa e o não é garantido à partida, por isso pior também não se fica ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

lol

Exatamente!

Obrigada!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Só uma última questão: ao negociar com o banco, acha que posso "pedir" que me baixem o spread na troca do meu investimento?

Que posso pedir em troca?

Obrigada

Pedir não custa, mas provavelmente terá de investir no que eles querem para lhe baixarem qualquer coisinha!...

Pode, optar por duas soluções:

1. Abater no empréstimo como forma de pagar menos juros e baixar o seguro de vida;

2. Investir numa conta a prazo, porque a taxa é superior ao que está a pagar no crédito atualmente. Nesta hipótese, tem essa conta que referiu ou pode ir para outras contas fora do banco com taxas um pouco mais apelativas (http://economiafinancas.com/taxas-de-juro-depositos-a-prazo/). Convém é que se mova rapidamente pois os bancos estão a descer estas taxas!...  ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ana, como já ouvi várias vezes o dinheiro que se pede para um emprestimo a uma casa costuma ser o mais barato  que se consegue.

Como já referiram abater o emprestimo à casa não compensa.

Podes diversificar. Esse depósito CR são a 3 anos. Podes por uma parte (maior) a 3 anos, que podes desmobilizar a qualquer altura, e outra parte em certificados do tesouro a mais longo prazo ( pelo menos 5 anos ). Sugeria tipo 20/ 80 ou 25/75.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom Dia

.... pois já verifiquei que os bancos estao a descer essas taxas! o "meu" banco já o fez!

Quanto a certificados de tesouro, o prazo aí é looooongo demais, não tenho interesse num tão longo prazo.

Obrgd a todos pela ajuda

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Então olhe para as obrigações do tesouro, que têm prazos mais curtos com rentabilidades superiores às dos certificados do tesouro.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Rui

Onde se subscrevem as OT's? São capital garantido?

Obrgd

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

OT's subscrevem-se em bancos como o BEST (mais caro), Big, Invest, ou GoBulling.

Mantendo-as até à maturidade têm capital garantido, pelo menos tanto como os certificados de tesouro (garantia do Estado).

Resgatando-as antes do prazo é que pode haver perda de capital, se a cotação estiver em baixo.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Penso que quando se presta informações devemos ser claros.

As OT's não têm capital garantido.

O principalmente risco das OT's é o incumprimento por parte da entidade emitente, neste caso o estado português. A reestruturação da dívida portuguesa, à semelhança daquilo que está a acontecer na Grécia, também poderá levar a perdas por parte do investidor.

Enquanto que os DP's tem o FGD  como garantia última do investimento até 100.000€, as OT's apenas têm a garantia do emitente e da sua capacidade de pagar a dívida. Se o emitente não tem capacidade de pagar ou reestrutura a dívida, a situação tornasse complicada e o investidor incorre em perdas.

Atualmente, surgem com cada vez mais frequência noticias que mencionam a necessidade da reestruturação da dívida portuguesa.

Resumindo: mesmo mantendo até à maturidade o investidor pode incorrer em perdas caso o emitente não tenha capacidade para pagar a divida. Por outro lado, durante o investimento, a divida pode ser reestruturada e aí o investidor terá de assumir igualmente perdas.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigada a todos

Fiquei total/ esclarecida!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead