colemauro

IRS2011 Dependente vs Independente

5 publicações neste tópico

Boas a todos,

Em 2011 tive uma situação peculiar, na medida em que estive como independente (recibos verdes) até Janeiro, e deste então como dependente.

O valor que auferi como independente, segundo o simulador de 2010 das finanças, não tenho que pagar o quer que seja de IRS à SS. Com dependente, fiz as retenções usuais.

1 - Que é melhor para mim? Apresentar o IRS com tudo junto (dependente e independente)? Ou em separado?

2 - Nunca preenchi como dependente, estou a usar o simulador que PedrooBlog disponibiliza, e assustei-me pois diz que tenho que pagar uma quantia elevada. Vivo com meus pais, e como despesas, só tenho algumas médicas de baixo valor (ao que sei créditos com carros, ou outros não contam para nada).

Será que alguém me pode disponibilizar uma simulação 2011 já preenchida? Já com a questão da sobretaxa de Dezembro incluída.

A ver se assim consigo ir lá.

Cmpts

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Só podes meter uma declaração de IRS, não várias. Nessa declaração devem constar todos os rendimentos, seja de trabalho dependente, seja independente, seja de outros tipos (por exemplo, rendas de prédios que estejas a arrendar a terceiros).

Ou seja, relativamente à primeira questão só tens uma hipótese - declarar tudo junto.

O que tens a pagar ou a receber depende em grande parte daquilo que foi sendo retido ao longo do ano e, como já me parece que percebeste, das eventuais despesas que se consigam deduzir no IRS. É habitual, mesmo no caso do trabalho dependente, se não tiveres nada a deduzir, teres ainda alguma coisa a pagar pois as taxas de retenção na fonte são calculadas assumindo algumas deduções...

Além disso o trabalho independente faz-te aumentar os rendimentos e talvez até subir de escalão. Se ainda por cima não tiveres feito retenção na fonte, é certo que pagarás o imposto em falta.

Certo é que se prevês vir a ter que pagar um valor grande, mais vale começares já a poupar nesse sentido - apesar de ser só para pagar depois do Verão...

Não conheço o simulador que está disponibilizado no blog por isso não me vou pronunciar sobre o preenchimento. Mas para confirmar as contas não custa tentar em mais do que um ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Muito obrigado pela resposta Paulo.

A situação que levou a isto foi deveras esquisita, pois a possibilidade de passar para um contrato como dependente apareceu do nada e já depois de ter passado 2 recibos verdes em Janeiro.

Na altura, acordei receber 2 salários em Janeiro, para não ultrapassar o tecto dos 10.000€ em 2010. Com tal acordo acabei por conseguir um ligeiro aumento, pelo que nem hesitei.

Na altura da troca de dependente para independente, perguntei a uma colega de contabilidade como seria a questão da declaração de IRS, e a resposta foi para as fazer em separado. Confiei no que disse sem duvidar, para agora ver que me deu uma informação totalmente errada.

No entanto, os valores dados na simulação suscitaram-me uma duvida que gostaria se possível que me esclarecessem.

Imaginem que a recibos verdes ganhava 1100€, e que em Janeiro recebi (o equivalente a 2 salários) 2200€ portanto.

Agora imaginem que depois como dependente passei a ganhar 1000€.

Ora, com um SB de 1000€, teria que reter mensalmente 1000 * 9% = 90€ para o IRS certo?

Seguindo esta lógica, se pegar naqueles 2200€ que recebi e nos quais não fiz qualquer retenção, teria que ser (1100 * 10%) x 2 = 220€, ou seja, teria que pagar 220€ de IRS.

Ora, pela simulação que fiz (ajustando a este exemplo), vou ter que pagar perto de 400€. E mais, se fizer a simulação sem o que recebi como independente, o simulador diz que até iria receber algum, pelo que na prática iria pagar não 400€ mas sim ainda mais, o que a meu ver não faz sentido nenhum.

Imagino que as coisas não sejam tão lineares assim, mas gostava de perceber pelo menos.

E já agora que efeito tem no IRS 2011, aquela sobretaxa de 50% cobrada no subsidio de natal?

PS: De notar que até posso ter feito mal a simulação, mas sinceramente não creio.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Estás a confundir duas coisa diferentes:

* a retenção na fonte

* o imposto efetivamente a pagar

Quando te pagam o salário normalmente é feita retenção na fonte por conta do IRS. Por exemplo, no caso de rendimentos da categoria B julgo que normalmente é 21,5% (e não 10%); no caso da categoria A é preciso ir ver a umas tabelas qual a taxa a aplicar em função do rendimento, do estado civil, da morada e do agregado familiar (imagino que os 9% estejam certos não fui confirmar).

Esta retenção na fonte funciona como adiantamento do imposto a pagar. Mas o montante exato só se sabe no ano seguinte quando se mete a declaração de IRS. Quando se mete a declaração é que é calculado o imposto a pagar e é feito o acerto de contas - se foi retido mais na fonte do que o imposto que havia a pagar então é reembolsado o excesso; se foi retido menos então há que pagar o que falta. Com a retenção na fonte evita-se que os contribuintes tenham de pagar milhares de euros de imposto de uma vez, mas implica este "pequeno" acerto...

Agora, em altura nenhuma os valores calculados para retenção na fonte são indicativos de qual o imposto a pagar. Por um lado, porque só têm em atenção os rendimentos da própria categoria - a taxa de imposto é calculada tendo em conta todos os rendimentos; por outro porque não tem mesmo nada a ver. Por exemplo, no caso da categoria B a taxa de retenção na fonte é um valor fixo (ao contrário da taxa final de imposto, que depende do escalão em que se fica, ou seja, é tanto maior quanto maiores os rendimentos); ou, no caso das tabelas da categoria A, são calculados com base em valores médios - o valor final depende ainda das deduções que a pessoa declara, por exemplo; estas taxas de retenção na fonte pressupõem que a pessoa vai meter deduções suficientes para reaver parte do dinheiro e, por isso, são um pouco mais baixas do que poderiam ser. Desta forma as pessoas ficam mais próximas do valor final do imposto, não há tanto dinheiro que entregam ao Estado com antecedência nem tantos reembolsos. No entanto também quer dizer que algumas pessoas ainda terão que pagar um pouco mais do que lhes foi sendo retido (pois como foram calculados com base em valores médios, se há quem receba, também há quem ainda tenha a pagar).

Quanto à sobretaxa extraordinária, é mais ou menos o equivalente a ser-te somada uma taxa de 3,5% à tua taxa de imposto final. Por exemplo, quando meteres a declaração ela vai ser aplicada também aos teus rendimentos de categoria B. Sobre os rendimentos da categoria A já fizeste a retenção na fonte (os tais 50% do subsídio de Natal) mas sobre os rendimentos da categoria B ainda não, logo há mais um pedaço a pagar por esta via também...

O simulador deve-te ter dito a taxa que corresponde ao teu escalão de IRS, certo? Se aplicares essa taxa a 70% dos 2200€ de rendimento da categoria B (se estás no regime simplificado o fisco considera 30% como deduções específicas) e somares a sobretaxa extraordinária és capaz de encontrar a justificação para os tais mais de 400€ de diferença. Se mudares de escalão pela inclusão desses rendimentos, então tens de fazer a conta com a taxa antiga relativamente ao montante que te faz atingir o limite do escalão; e com a taxa nova relativamente ao que sobra...

Já agora, na demonstração do cálculo do imposto a pagar, pelo menos no formulário das finanças, aparece a fórmula de cálculo - podes facilmente perceber de onde vem a diferença nos valores ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas,

Os 9% e 10% eu fui buscar a tabela dos dependentes não casados, visto que é para incluir rendimentos do tipo A e B no mesmo “pacote”.

Vou verificar a demonstração do cálculo do imposto a pagar, para ver se percebo melhor o porquê do valor a pagar ser tão algo, antes de comentar algo mais.

Muito obrigado mais uma vez pelas respostas.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead