Visitante nuno moreira

Entrega em conjunto de IRS

15 publicações neste tópico

Boa tarde,

eu e a minha companheira vivemos juntos desde Jan de 2010, fizemos a mudança da morada fiscal nesse mesmo mês, podemos entregar a declaração em conjunto? ou só no proximo ano?

Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá Nuno,

podem, mas atenção que pode não compensar para mais com as reduções aos benefícios fiscais e deduções que entrou em vigor.

Cumps,

Celso

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu tenho ideia que é só no próximo ano, uma vez que em 31 Dez 2011 ainda não tinham completado os 2 anos. É a essa data que se refere a entrega de declaração de rendimentos...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Nuno, em 2011 tivemos também limites no âmbito dos Estatutos dos Benefícios Fiscais. Estes limites foram agravados para 2012, para além do limite máximo de reembolso.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

tenho de simular para ver o que compensa mais, as unicas deduções são com os encargos do crédito a habitação, mas como a diferença de salarios é muito grande penso que compensa entregar em conjunto

A minha companheira descontou para IRS cerca de 70€ e eu mais 3000€ por isso acho que pode compensar, a minha duvida era mesmo se ja podiamos entregar em conjunto ou não, a de 2009 e de 2010 entregamos em separado mas já com a mesma morada fiscal, penso que a partir de 10 de Janeiro já podemos considerar que vivemos em união de facto pois ja temos mais de 2 anos na mesma morada fiscal, logo segundo o meu raciocinio na altura de entrega da declaração de IRS já podiamos entregar em conjunto

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá Nuno,

duas notas: a união de facto é um estatuto legal que não depende de entregarem a declaração com a mesma morada durante dois anos mas sim de, comprovadamente, partilharem casa, mesa e leito (podes confirmar no código civil). A segunda nota refere-se a ser essa a situação em que compensa declarar união de facto, quando existe uma grande diferença de rendimentos.

Cumps,

Celso

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

nós mudamos a morada fiscal a vivemos mesmo junto desde essa data, quer dizer, até vivemos juntos à mais tempo, só que só quando adquirimos casa própria é que mudamos a morada fiscal, que foi em Janeiro de 2010, só mais uma duvida, se eu casar em Janeiro deste ano tenho de entregar a declaração em conjunto correcto? mesmo que em 31 de dezembro de 2011 não estivesse casado, certo?

já mandei um mail às finanças e a resposta que tive foi uma cópia do artigo 14º, enfim...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O comprovativo podem ser testemunhos de outras pessoas :-) Mas pronto, estão com a mesma morada fiscal e isso já é bom. Se casares em Janeiro só são obrigados a entregar declaração em conjunto em 2013. Para a que vão entregar daqui por uns meses, ou entregam em união de facto ou como solteiros.

Espero que tenha ajudado de alguma forma.

Cumps,

Celso

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tenho uma questão relacionada.

Casei no decorrer do ano de 2011. Já tínhamos morada fiscal anteriormente, mas entregue IRS separados. Este ano já somos obrigados a entregar em conjunto?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá Jonsi, sim. Têm de entregar a declaração em conjunto.

Cumps,

Celso

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado pela informação.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa noite,

Só poderá entregar o IRS em conjunto com a sua namorada quando tiver 2 anos efetivos de morada fiscal. Se vivem juntos desde Jan/2010, então só poderá entregar o IRS em conjunto em 2013 (respeitante ao ano de 2012). Este ano a entrega será do IRS de 2011, logo não poderá fazê-lo. As Finanças contam 2 anos desde o dia/mês/ano em que têm morada fiscal em conjunto.

Espero ter ajudado, é que a mim aconteceu-me a mesma situação.

Cumprimentos,

CM

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde.

Obrigado pela informação.

De facto já temos 2 anos efetivos de morada fiscal (out 2009), logo teremos que entregar o IRS juntos.

Aproveito para colocar outra questão. Nos últimos anos tenho entregue IRS na última fase (Rendimento dependente + independente). A minha esposa costuma entregar na 1.ª fase pois é rendimento dependente. Como vamos entregar o IRS juntos, teremos que entregar na 2.ª fase, correto?

Obrigado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

De facto já temos 2 anos efetivos de morada fiscal (out 2009), logo teremos que entregar o IRS juntos.

Mesmo que nem sequer tivessem a mesma morada fiscal - estando casados é obrigatório entregar a declaração conjunta (a menos que estivessem numa situação de separação de facto - espero que não ao fim de tão pouco tempo ;)).

Aproveito para colocar outra questão. Nos últimos anos tenho entregue IRS na última fase (Rendimento dependente + independente). A minha esposa costuma entregar na 1.ª fase pois é rendimento dependente. Como vamos entregar o IRS juntos, teremos que entregar na 2.ª fase, correto?

Correto

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sou casado há 7 anos em regime de separação de bens, e temos feito a declaração de IRS de forma conjunta. A minha pergunta é a seguinte:

Podemos fazer a próxima declaração (2012) em separado?

Isto por vários factores, um deles é os benefícios fiscais, o outro está relacionado com o facto de estarmos em escalões diferentes e para um casal que faz as suas contas separadas é algo confuso...

Julgo que estarmos casados com regime de separação devia implicar essa possibilidade, porque duas pessoas decidem casar com as suas finanças separadas e o governo obriga a declarar em conjunto? Não faz muito sentido.

Já no empréstimo para a compra da casa permitem fazer tudo por separado, como é odvio, até poupamos dinheiro no seguro de vida (só um) e outros encargos.

Pode alguém esclarecer este assunto? Será que podemos entregar a declaração de IRS por separado?

Obrigado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead