Roger

Recibos verdes - retenção na fonte

18 publicações neste tópico

Boa noite sou trabalhador dependente no entanto tive uma proposta para actividade indepedente que me irá render cerca de 250 euros extra mensais como está actualmente a percentagem de retenção na fonte.

Alguém me pode esclarecer?

Onde encontro infromação fidedigna e clara.

Precisava de saber se a taxação de impostos é viável para aceitar esta proposta porque estar a trablhar para depois no final do ano e ir tudo embora em impostos mais vale estar como estou infelizmente é a tristeza do país que temos... mas a é a verdade...

Cumprimentos

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obviamente a resposta a essa pergunta vai depender do nível atual de rendimentos. O mais prático é fazer uma simulação para esse caso concreto (há já alguns simuladores por aí para o IRS do próximo ano) e ver o resultado.

Sendo certo desde já uma coisa: Nunca vai tudo em impostos. O que por vezes acontece é que as pessoas sobem de escalão; e/ou até nem fazem retenção na fonte; e quando chega o ano seguinte, estavam habituadas a ter reembolso e afinal ainda têm de pagar mais. Mas a verdade é que o que pagam a mais de imposto nunca é igual (nem nada que se pareça) àquilo que ganharam...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Refiro-me a um rendimento cerca de 1100 a 1200 euros o extra seria cerca de 250 euros...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Onde posso fazer uma simulação dos descontos e escalões agora em vigor? precisava de um simulador mas não pelo portal das finanças que não tenho agora a pass...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa noite sou trabalhador dependente no entanto tive uma proposta para actividade indepedente que me irá render cerca de 250 euros extra mensais como está actualmente a percentagem de retenção na fonte.

Alguém me pode esclarecer?

Onde encontro infromação fidedigna e clara.

Precisava de saber se a taxação de impostos é viável para aceitar esta proposta porque estar a trablhar para depois no final do ano e ir tudo embora em impostos mais vale estar como estou infelizmente é a tristeza do país que temos... mas a é a verdade...

Cumprimentos

Olá! Só precisa fazer retenção na fonte se tiver rendimentos como independente superiores a 10.000 euros anuais.

Cumprimentos

                       Lascasas

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá! Só precisa fazer retenção na fonte se tiver rendimentos como independente superiores a 10.000 euros anuais.

Cumprimentos

                        Lascasas

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Mesmo sendo trabalhador dependente com os rendimentos que menciono? E não fazendo a retenção logo na altura compensa mais fazer depois o acerto em irs ou ir fazendo a retenção na fonte mensalmente...?

O limite dos 10.000€ é calculado apenas sobre os rendimentos da atividade independente. Não interessa os outros rendimentos que tenhas, mesmo que passem os 10.000€. Como disse o FORR€TA podes optar por fazer ou não.

Quanto a saber se compensa é indiferente - a retenção na fonte é um adiantamente por conta de imposto. Ele só é efetivamente calculado no ano seguinte, quando é entregue a declaração de rendimentos. Nessa altura o que foi sendo retido na fonte ao longo do ano é subtraído ao imposto apurado - se se tiver retido a mais, o Estado devolve; se se tiver retido a menos o contribuinte tem de pagar o que falta.

Se não fizeres retenção na fonte, ficas com o dinheiro temporariamente do teu lado (podes pô-lo a render, podes gastá-lo, etc). Mas também é quase certo que terás de o pagar depois no ano seguinte - e aí, em vez de pagar o bocadinho que falta, arriscas-te a ter de pagar algumas centenas ou milhares de euros.

Mas no fim das contas, o valor entregue ao estado fazendo ou não retenção na fonte é exatamente o mesmo...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sendo enfermeiro o valor de retenção na fonte é de 21,5%.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas!

Ora muito bem. Posto isto como inicio actividade no portal das finanças. Sempre

é a retenção na fonte de 21,5%? E é em acto isolado? Basta emitir recibo ou tenho algum item para inicio de actividade?

A isenção é pelo art. 9? Onde posso ter mais informação sem ter que ir às finanças pessoalmente?

grato

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Alguém me sabe dizer: o que é uma avença, contrato de prestação de serviço, regime em ato isolado.

Existe alguma possibilidade de ter vinculo a uma instituição mesmo sendo trabalhador independente.

Já agora podem postar link sobre tabela de escalões de IRS actualizada com % de tributação

Fico grato

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Estou aqui com uma tabela de escalões e estou deveras assustado ora bem o trabalho dependente serão 3000 iliquidos (colectáveis) euros anuais como funciona em termos de tabela de escalões. É que é o seguinte será que vou subir cerca de 10% de taxa de tributação neste caso de 24,5% para 35,5% se alguém me puder esclarecer como funciona os trabalhadores dependentes e independentes... ficaria muito grato

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Esclarecimentos pedem-se... :/ se puderem contribuir agradeço

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Vou tentar ajudar fazendo as contas para determinar o escalão, pois parece-me que quer saber isso.

Com os dados que disponibilizou:

1200/mês de trabalho dependente = 16800/ano

250/mês de trabalho independente = 3000/ano

Supondo que é solteiro...

Matéria colectável do trabalho dependente = 16800 - 4104 (dedução especifica) = 12696

Matéria colectável do trabalho independente = 3000 x 0,7 (coeficiente dos serviços) = 2100

Total = 12696 + 2100 = 14796

Colecta total = (4898 x 11,5%) + (2512 x 14%) + (7386 x 24,5%) = 2724,52

Colecta só com trabalho dependente = 2210,02

Diferença (colecta da parte do trabalho independente) =  514,50

Agora à colecta total tem de abater as retenções na fonte e as deduções (dedução do sujeito passivo, despesas saúde, crédito habitação, benefícios fiscais,...), ficando a diferença como imposto a pagar ou receber.

Se tiver muitas despesas pode diminuir significativamente a colecta. Com uma previsão de despesas pode-se completar o calculo para ter um valor mais aproximado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Esqueci-me de acrescentar que... com ou sem o trabalho independente o escalão de rendimentos é o mesmo. Enquadram-se no 3º escalão (De mais de 7 410 até 18 375).

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Vou tentar ajudar fazendo as contas para determinar o escalão, pois parece-me que quer saber isso.

Com os dados que disponibilizou:

1200/mês de trabalho dependente = 16800/ano

250/mês de trabalho independente = 3000/ano

Supondo que é solteiro...

Matéria colectável do trabalho dependente = 16800 - 4104 (dedução especifica) = 12696

Matéria colectável do trabalho independente = 3000 x 0,7 (coeficiente dos serviços) = 2100

este coeficiente de serviços? onde está a explicar a sua aplicação é que tenho aqui um impresso da autoridade tributária IRS 2011 com os escalões e els não explicam lá nada...

Total = 12696 + 2100 = 14796 ou seja estes valores são os quais incidem a tributação certo? o valor colectável?

Colecta total = (4898 de onde vem este valor? x 11,5%) + (2512 e este? x 14%) + (7386 e este? x 24,5%) = 2724,52

Colecta só com trabalho dependente = 2210,02

Diferença (colecta da parte do trabalho independente) =  514,50

Agora à colecta total tem de abater as retenções na fonte e as deduções (dedução do sujeito passivo, despesas saúde, crédito habitação, benefícios fiscais,...), ficando a diferença como imposto a pagar ou receber.

Se tiver muitas despesas pode diminuir significativamente a colecta. Com uma previsão de despesas pode-se completar o calculo para ter um valor mais aproximado.

Não percebi como se chegou às ultimas parcelas da colecta?

Peço desculpa...

Já agora na declaração fiscal do irs 2011 o que vem é o seguinte:

rendimento do ano (trabalho dependente):

rendimento bruto 20096.55 euros

total do imposto retido 2785.00 euros

com taxa de irs 14% logo aqui o valor não bate certo...

sobretaxa extraordinária 212 euros

contribuições para a segurança social 2210.64 euros

tive uma actividade em 2011 de regime independente de cerca de 650 euros ilíquido (mas logo que possa posto valor exacto).

Sou solteiro.

Não estou muito dentro do assunto da tributação. Espero que seja aqui no fórum bem elucidado.

Apelo à vossa paciência. Perdoem a ignorância.

Obrigado a todos. Agradeço ao Sr Ra e pedia também uma resposta.

Cumprimentos

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

As contas que eu fiz, são as contas da liquidação do irs, ou seja, as contas definitivas para você saber que impacto terá a actividade independente nos seus impostos.

Primeiro, já vi que o seu rendimento mensal dependente não é 1100/1200, mas sim pelo menos 1400/mês.

Primeiro vamos separar o que é retenção na fonte, que é feita todos os meses, como que se um pagamento por conta para a liquidação do irs no final do ano.

A retenção na fonte mensal do trabalho dependente é feita com base nas tabelas que encontra em http://info.portaldasfinancas.gov.pt/pt/apoio_contribuinte/tabela_ret_doclib/

A retenção na fonte do trabalho independente é feita à taxa 21,5% mas como no seu caso não passa 10000 (de trabalho independente) é opcional.

Estes valores funcionam então como pagamento por conta (adiantamentos) que serão abatidos à liquidação do irs.

Agora pelo que percebi você queria saber o impacto que terá a actividade independente nos seus impostos.

Vamos lá a contas:

Trabalho dependente= 20096 (valor aproximado)

Trabalho independente = 3000

Determinar a matéria colectável (valor sobre o qual incide a tributação/taxas gerais artigo 68º do cirs):

Matéria colectável do trabalho dependente = 20096 - 4104 (dedução especifica) = 15992

Matéria colectável do trabalho independente = 3000 x 0,7 (coeficiente dos serviços - artigo 31º cirs, nº2) = 2100

Total = 15992 + 2100 = 18092 (valor sobre o qual incide a taxa)

Agora determinar a colecta (valor resultante da aplicação das taxas gerais artigo 68º cirs):

O IRS é um imposto progressivo, ou seja, as taxas de cada escalão incidem só sobre a parte dos rendimentos que cabem nela. Se pegar numa tabela das taxas gerais (68º cirs) verá que:

Até 4898 de matéria colectável aplica-se a taxa 11,5%

De 4898 até 7410 aplica-se a taxa de 14%

De 7410 até 18375 aplica-se a taxa de 24,5%

Para si é:

4898 x 11,5 % = 563,27

(7410-4898) x 14% = 351,68

(18092 - 7410) x 24,5% =  2617,09

Total da colecta = 3532,04

A colecta só do trabalho dependente:

4898 x 11,5% = 563,27

(7410 - 4898 ) x 14% = 351,68

(15992 - 7410 ) x 24,5% = 2102,59

Total da colecta trabalho dependente = 3017,54

Total da colecta trabalho independente = 3532,04 - 3017,54 = 514,5

Ou seja, o trabalho independente numa base anual terá um impacto de cerca de 514,50 de colecta.

Depois à colecta total são abatidas as deduções à colecta (despesas saúde, credito habitação, benefícios fiscais, ...) e as retenções na fonte (os tais adiantamentos mensais). 

De forma directa, o trabalho independente terá um imposto/impacto máximo de 514,50.

3000 - 514,50 = 2485,50

Vale a pena exercer a actividade independente?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A actividade será uma hora por dia; cinco horas por semana...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead