Gaelic

Renting como alternativa ao leasing e ao ALD?

5 publicações neste tópico

Ao que li, o renting, tem ainda pouca expressão entre particulares. Também chamado aluguer operacional de veículos.

O problema é que as locadoras não dão informação sobre os seus produtos de renting, nem a taxa de juro nominal.

O renting é o aluguer de um automóvel por um período limitado e mediante uma quilometragem combinada no início do contrato. Destina-se a quem não quer ser proprietário do automóvel. Escolhido o carro, a locadora, com a sua capacidade negocial junto do mercado, vai tentar comprá-lo ao menor preço. Depois, disponibiliza-o, mediante uma renda.Há um pacote de serviços base definidos pela locadora (manutenção, por ex.). No fim do contrato, o objectivo é entregar o carro à locadora e assinar novo contrato sobre novo carro.

Do que li sobre o assunto, o renting, é vantajoso em relação às outras formas já conhecidas, porque deixa de haver preocupações com a manutenção, bem como o facto de a locadora conseguir comprar o carro mais barato, logo a renda será mais baixa!

Mas por que é que as locadoras escondem a informação?

Alguém pode falar sobre o assunto?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Por diversos motivos:

(1) o renting é o equivalente automobilístico do arrendamento de uma casa. Portanto estás a pagar por uma coisa que nunca há-de ser tua, logo nunca podes recuperar parte do valor do veículo na retoma.

(2) o renting tem o tempo máximo de 48 meses (pelo menos no BCP) pelo que não convém à maior parte das pessoas.

(4) o renting é mais adequado a frotas e a empresas, que precisam de renovar os veículos frequentemente, pelo que não tem tanta expressão entre os particulares.

(5) a maior parte das pessoas prefere ter o veículo, principalmente as pessoas que preferem manter os carros por cerca de 10 anos. Logo, para essas pessoas - que são a esmagadora maioria - o renting não tem significado.

(4) se formos a ver o valor da renda, vais pagar mais pelo veículo do que se fizeres um leasing.   

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Por diversos motivos:

(1) o renting é o equivalente automobilístico do arrendamento de uma casa. Portanto estás a pagar por uma coisa que nunca há-de ser tua, logo nunca podes recuperar parte do valor do veículo na retoma.

(2) o renting tem o tempo máximo de 48 meses (pelo menos no BCP) pelo que não convém à maior parte das pessoas.

(4) o renting é mais adequado a frotas e a empresas, que precisam de renovar os veículos frequentemente, pelo que não tem tanta expressão entre os particulares.

(5) a maior parte das pessoas prefere ter o veículo, principalmente as pessoas que preferem manter os carros por cerca de 10 anos. Logo, para essas pessoas - que são a esmagadora maioria - o renting não tem significado.

(4) se formos a ver o valor da renda, vais pagar mais pelo veículo do que se fizeres um leasing.     

Tive hoje acesso a uma simulação feita pela Deco e de facto, entre o leasing e o renting, há para o mesmo carro uma diferença de quase 3 200 Euros - 14 850 Euros(leasing) e 18 050Euros (renting), ou seja uma renda de mais 50 Euros mensais!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tive hoje acesso a uma simulação feita pela Deco e de facto, entre o leasing e o renting, há para o mesmo carro uma diferença de quase 3 200 Euros - 14 850 Euros(leasing) e 18 050Euros (renting), ou seja uma renda de mais 50 Euros mensais!

Possivelmente o contrato de renting incluía algumas coisas a mais que o leasing, não? Seguros, manutenção, pneus, etc...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Possivelmente o contrato de renting incluía algumas coisas a mais que o leasing, não? Seguros, manutenção, pneus, etc...

As grandes diferenças, residem naquilo que se conhece no renting: a locadora assegura a manutenção (inclui a manutenção preventiva e a correctiva - revisões periódicas e substituição de peças necessárias). Seguros, Imposto Único de Circulação, viatura de substituição, entre outras, são extras. Sendo que as comissões de abertura, são sensivelmente iguais, penso que é também nos juros nominais, que residirá alguma diferença.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead