Visitante Formiga

Como diversificar o investimento com 30000 Euros

13 publicações neste tópico

Boa tarde!Neste momento tenho 30000 Euros investidos num DP a 4 anos que faltam 2 anos para vencer e que são o "grosso" das minhas poupanças.Li na net em um artigo que devemos diversificar os investimentos em: 40% Depósitos a prazo, 25% Obrigações, 15% Acções e 20% Fundos.Não querendo levar isto á letra, pensando na conjuntura actual,e sendo que considero o meu perfil de investidor bastante conservador o que me aconselhavam a fazer caso a data de vencimento da aplicação fosse agora?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Recomendas investir uma percentagem deste capital, por exemplo 10%, em 4 fundos de indice para diferentes tipos de classes de activos (imobiliario, acções, obrigações e matérias primas) através de uma corretora nacional ou de um banco que negoceie os mesmos e anualmente fazer um rebalanciamento dos mesmos vendendo uma percentagem das unidades de participação nos ETS ganhadores e comprando dos que estão em baixa?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sim, é mais ou menos isso que ele recomenda, embora o rebalanceamento fosse mais eficiente se fosse através de reforço de capital em vez de tirar de um e por noutro (para fazer menor número de ordens = menores comissões).

Já agora, esse dinheiro que tem num DP. Tem penalizações por mobilizá-lo antecipadamente? Qual a taxa que lhe está a dar?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

o retorno deste depósito é de 3,5% TANB e 2,75% TANL

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O DP pode ser mobilizado a qualquer momento, total ou parcialmente , sem penalização se ocorrer nas datas de vencimento anual de juros.Os levantamento fora dessas datas são sujeitos a penalização total dos juros respeitantes ao capital mobilizado relativos ao periodo anual em curso.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Nesse caso, acho que é uma boa ideia levantar na próxima data de pagamento de juros. Parte do capital pode ser investido nos ETFs, se quiser, e o resto pode ir para um DP com melhor taxa, tipo o do Invest 6% ou outro de mais longo prazo que pague mais que 5%

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom dia! Estou mais ou menos na mesma situação do Formiga e falaram-me em investir em ouro, comprar ouro para garantir também que o dinheiro não perde valor, visto andar aí no ar a saída de Portugal do euro...

O que pensam disto?

Será um bom investimento?

Obrigada desde já.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Garantido é que não é.

É um activo que costuma ser procurado mundialmente em épocas de crise. Mas o seu preço sobe e desce como qualquer matéria prima. Às páginas tantas ainda pode perder mais dinheiro com uma desvalorização do ouro do que com uma desvalorização do escudo. Não é provável que se chegue a tanto, mas a ideia geral é que pode perder dinheiro. Tal como o preço do euro subiu imenso nos últimos tempos, também grandes descidas podem ocorrer.

Matérias-primas não são uma maneira segura de garantir dinheiro. São um activo para diversificação numa carteira de investimentos variada e equilibrada.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Recomendas investir uma percentagem deste capital, por exemplo 10%, em 4 fundos de indice para diferentes tipos de classes de activos (imobiliario, acções, obrigações e matérias primas) através de uma corretora nacional ou de um banco que negoceie os mesmos e anualmente fazer um rebalanciamento dos mesmos vendendo uma percentagem das unidades de participação nos ETS ganhadores e comprando dos que estão em baixa?

10% é pouco... alias tendo em conta o q escreveste no primeiro post não devia ser 10%.

Referiste 40% Depósitos a prazo, 25% Obrigações, 15% Acções e 20% Fundos.

Então deverias alocar 40% em depósitos a prazo e 60% nisto que referi. Vai dar as mesmas alocações.

Dá uma olhadela novamente no tópico. Acções terias à volta de 40%, o que sendo numa alocação de 60% do capital total que tinhas colocaria a rondar os 20-25% de acções.

Imobiliário, obrigações, metais precisosos e matérias primas, ficarias coberto em tudo. Depois tinhas os tais 40% em depósitos a prazo ou em obrigações de baixa duração como Bilhetes Tesouro ou T bills

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom dia! Estou mais ou menos na mesma situação do Formiga e falaram-me em investir em ouro, comprar ouro para garantir também que o dinheiro não perde valor, visto andar aí no ar a saída de Portugal do euro...

O que pensam disto?

Será um bom investimento?

Obrigada desde já.

Ouro não é investimento. É um activo de especulação, ao contrário do que a maioria pensa. Não dá qualquer tipo de rendimento. O capital que deténs dele é na expectativa da falácia do "Greater's Fool" ou seja alguém que pague mais do que o que tu pagaste.

Portanto não, a não ser que sejas trader ou investidor de especulação, ouro não é aconselhável.

No entanto, o ouro pode ter um papel importante na construção de um portfolio bem diversificado, fruto da sua pouca correlação com as restantes classes de activos.

Mais uma vez aconselho o tópico "Super PPR - Como enriquecer..." ... sei que pode parecer um pouco parcial da minha parte porque fui eu q o escrevi, mas acho que está lá muito boa informação.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

os 10% que referi tem mais a ver com o capital máximo que estou disposto a perder

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Então tu puseste uma alocação de 60% em fundos, acções e obrigações tudo junto ... se achas que essa é a alocação ideal para ti, o que eeu referi encaixa-se para ti. Simplesmente usas outros veículos e vais estar muito mais diversificado e em v´´arias classes de activos.

Quanto ao máximo que é suposto perder, é impossível aferir qual o máximo de um portfolio que ira ter de drawdown no futuro.

No entanto, posso dizer que esse portfolio que disse teve um drawdown máximo de 19% em 2008, sendo que já o recuperou todo. Ora com uma alocação de 40% depositos e 60% no outro portfolio diversificado daria um drawdown máximo a rondar os 9%, dentro dos teus parâmertos portanto.  ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor