Visitante pittare

Poupar no seguro de vida para crédito habitação

14 publicações neste tópico

Carissimos,

Gostava de saber as vossas opiniões sobre a subscrição de seguros de vida alocado ao crédito habitação fora do banco onde se faz o crédito. Vi este video e fiquei intrigado pois se no meu caso também poupar 300 e tal euros por ano, já ajuda bastante.

Aguardo notícias

Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A ideia base é boa, aliás já muito discutida aqui pelo forum.

Além dessa seguradora pode ver também os preços da http://www.april-portugal.pt/ e ficar supreso.

Depois existem soluções que poupa mais, como pagamento anual em lugar de fracionado (-4%) ou ajustar sempre o valor do seguro à parcela em divida, em caso de amortização antecipada.

Os seguros de multiriscos e recheio também podem ser mudados para fora do banco.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá

Penso que deves ter atenção ao seguinte:

EGURO DE VIDA E SUAS COBERTURAS:

ITP – A incapacidade, resultante de acidente ou doença, com um grau de desvalorização superior a 66%, de acordo com a Tabela nacional de Incapacidades, que impeça a pessoa de exercer uma actividade remunerada de forma total e definitiva, ou seja, esta opção engloba não só a cobertura que garante de Invalidez Total e Permanente como também a cobertura de Invalidez Absoluta e Definitiva.

IAD – A incapacidade, resultante de acidente ou doença, que tenha carácter definitivo e que impossibilite a pessoa segura de exercer qualquer ocupação remunerada, exigindo o recurso à assistência de uma terceira pessoa para a satisfação das suas necessidades vitais, tais como locomover-se, vestir-se, lavar-se e alimentar-se (o que vulgarmente é designado de “estado vegetativo)

ESTE TIPO DE COBERTURA É A QUE SE UTILIZA NA MAIORIA DOS CRÉDITOS HABITAÇÃO.

NADA O IMPEDE DE MUDAR DE SEGURADORA VISTO NÃO SER OBRIGATÓRIO A SEGURAR COM O BANCO ONDE TEM O CRÉDITO HABITAÇÃO, O QUE É OBRIGATÓRIO É UM SEGURO QUE TENHA AS COBERTURAS EXIGIDAS PELO BANCO NA ALTURA DA CONTRATAÇÃO DO CRÉDITO HABITAÇÃO.

Na realidade os seguros de vida dos Bancos são caros, para mudares de Seguro de Vida terás que fazer as contas com o aumento se spread que muitos bancos o exigem quando se retira o Seguro de Vida da Seguradora do Banco.

Se precisares de ajuda e alternativas podes contactar.

Ricardo Bessa

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

já à algum tempo tenho vindo a pensar nisto, penso que o seguro de vida que tenho no banco, associado ao CH, é um roubo.

Se as seguradoras fazem desconto nos seguros dos automóveis, a meu ver também podem fazer nestes casos.

Tenho um spread de 1% no meu CH na CGD, e a minha gestora de conta diz que, se mudar o seguro de vida para outra companhia, o spread será revisto (ou seja aumentado). não há forma de contornar isto? Posso "exigir" um desconto no seguro? ...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Tenho um spread de 1% no meu CH na CGD, e a minha gestora de conta diz que, se mudar o seguro de vida para outra companhia, o spread será revisto (ou seja aumentado). não há forma de contornar isto?

O que diz no contrato? Se tu concordaste que o spread fosse mais baixo por causa de teres esse seguro, não podes agora querer vir mudar as condições e esperar que não haja consequências... Se não assinaste nenhuma cláusula nesse sentido, podes mudar à vontade.

Mesmo que te subam o spread, pode compensar mudar de seguro, é uma questão de fazeres as contas...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Certo,

tenho 99% de certeza que está no contrato.

O argumento que a gestora de conta usa é que o aumento do spread pode ser significativo, mas nunca disse QUANTO. se calhar devo mesmo pedir para ela verificar quanto ficaria o meu spread de forma a eu fazer as contas. ainda assim, a época parece-me má para fazer estas jogadas. vamos ver

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Em 90% dos casos compensa mudar! Verifica na escritura se diz qual a penalização por retirar o seguro vida, em alguns casos pode estar por numero de produtos subscritos!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O argumento que a gestora de conta usa é que o aumento do spread pode ser significativo, mas nunca disse QUANTO.

Talvez também diga no contrato ;)

Como disse o CFinanceiro, por vezes não refere nenhum produto em particular mas apenas o número de produtos. Nesse caso podes trocar o seguro por um outro produto que o banco ache acietável... (é preciso ter em atenção os cutos desse produto)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

já à algum tempo tenho vindo a pensar nisto, penso que o seguro de vida que tenho no banco, associado ao CH, é um roubo.

Se as seguradoras fazem desconto nos seguros dos automóveis, a meu ver também podem fazer nestes casos.

Tenho um spread de 1% no meu CH na CGD, e a minha gestora de conta diz que, se mudar o seguro de vida para outra companhia, o spread será revisto (ou seja aumentado). não há forma de contornar isto? Posso "exigir" um desconto no seguro? ...

Não sei se vou dizer alguma novidade, mas a penalização quanto muito rondará os 0,3-0,4% sobre o spread. Se o seu seguro de vida diminuir 40 ou 50%, compensará mudar de seguro de vida. Entretanto, pode procurar com a gestora outro produto que permita compensar esse, isto na eventualidade de mudar de seguro!...  ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O meu contrato refere apenas a obrigatoriedade de ter um seguro de vida e um seguro MR, não especificando que tem de ser na seguradora X e, no entanto, recentemente, quando comuniquei ao banco que ia alterar para uma seguradora que me garantia melhores condições (incluindo fenómenos sísmicos, cobertura não contemplada até agora) por um preço bem inferior, a resposta foi que não autorizavam. Pode isto ser?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

acrescento que entretanto obtive confirmação que o aumento do spread caso decida retirar o seguro de vida do banco e fazê-lo noutra seguradora fica em 0.2%

fazendo contas, a partir dos 37 anos compensa MUITO mudar o seguro de vida, mesmo com o aumento de spread.

no final do prazo sao cerca de 28000€ a menos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O meu contrato refere apenas a obrigatoriedade de ter um seguro de vida e um seguro MR, não especificando que tem de ser na seguradora X e, no entanto, recentemente, quando comuniquei ao banco que ia alterar para uma seguradora que me garantia melhores condições (incluindo fenómenos sísmicos, cobertura não contemplada até agora) por um preço bem inferior, a resposta foi que não autorizavam. Pode isto ser?

Claro que pode! Qual foi o argumento que lhe deram no banco para o não fazer?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

acrescento que entretanto obtive confirmação que o aumento do spread caso decida retirar o seguro de vida do banco e fazê-lo noutra seguradora fica em 0.2%

fazendo contas, a partir dos 37 anos compensa MUITO mudar o seguro de vida, mesmo com o aumento de spread.

no final do prazo sao cerca de 28000€ a menos.

Normalmente as poupanças são significativas!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor