davide1

Empréstimos e activos

19 publicações neste tópico

Bom dia, gostaria de saber a vossa opinião á seguinte questão, de tanto ouvir falar em crise que tambem eu fiquei com duvidas, um exemplo, se tivermos empréstimos e depósitos em bancos diferentes ou seja os empréstimos num banco e os depositos num outro, será uma boa solução, ou será precisamente o contrário, obrigado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Uma boa solução para que problema?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas, o que eu queria saber é se é boa ideia ter todas as dividas num banco e as poupanças num outro, ou o melhor é ter tudo no mesmo.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Na altura de contrair dívidas ou de as renegociar, ter poupanças no banco em questão costuma ter vantagens, já que há tendência para os spreads serem mais baixos.

Alguns bancos exigem que se mantenha alguma aplicação dentro deles para continuar a beneficiar desse juro, mas se não houver indicação nesse sentido, não há necessariamente uma vantagem em ter poupanças nesse banco noutras alturas.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas, se calhar expressei-me mal, o que queria saber é se no caso de os bancos forem á falencia, se num tiver depositos e noutro tiver empréstimos, se não era melhor ter tudo no mesmo banco, peço desculpa, se nao me fiz entender.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Relativamente aos créditos é irrelevante - se o banco onde tens o crédito for à falência, algum dos credores desse banco ficará com esse crédito e passarás a pagar à nova entidade.

Quanto aos depósitos, só depende se os tens no banco que vai à falência ou não Se sim, era melhor tê-los noutro banco, senão não interessa :D

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Quanto aos depósitos, só depende se os tens no banco que vai à falência ou não Se sim, era melhor tê-los noutro banco

;D ;D ;D

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas, pelo que percebi, mais vale ter empréstismos e depósitos tudo no mesmo banco, assim em caso de falencia se tiver que pagar as dividas a algum credor, tambem alguem tem que me pagar os depósitos a mim, cérto. obrigado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Boas, pelo que percebi, mais vale ter empréstismos e depósitos tudo no mesmo banco, assim em caso de falencia se tiver que pagar as dividas a algum credor, tambem alguem tem que me pagar os depósitos a mim, cérto. obrigado.

Mas não será esse credor - o Funde de Garantia de depósitos é que o paga (até 100.000€ por banco e por titular) e isso tanto o faz se tinhas crédito na instituição ou não.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas, então quer dizer que em caso de falencia os credores só cobram as nossas dividas e não pagam os nosso depositos? Neste caso quem paga é o FGD, ou seja temos de ter a sorte do banco onde temos os depósitos não ir á falencia porque senão estamos sujeitos a ficar sem a nossa massa, mas se tivermos que pagar já não é problema? curioso pelo que percebi as nossas dividas estão garantidas os nossos depósitos tem algum risco, é isso certo? Obrigado a todos pela explicação, é uma questão de escolher um banco bom, mas neste caso não estou a ver nenhum, todos estão sujeitos á falencia. obrigado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas, então quer dizer que em caso de falencia os credores só cobram as nossas dividas e não pagam os nosso depositos?

Acho que ainda não pensaste muito bem no que envolve uma falência de uma empresa...

Esquece o facto de se tratar de um banco. Pensa numa fábrica, por exemplo. Se a fábrica for à falência, todos os bens da fábrica são vendidos para tentar pagar as dívidas - vende-se o edifício, vende-se as máquinas e os materiais que estivessem em stock. E acrescenta-se o dinheiro que eventualmente tivessem no banco.

Esse dinheiro, juntamente com o resultado das vendas, vai para pagar os salários que eventualmente estejam em falta, as dívidas ao fisco e à segurança social e ainda para pagar aquele empréstimo ao banco que faltava amortizar.

O mais provável é que o dinheiro não chegue para tudo e estes credores, em maior ou menor grau, perderão uma parte do dinheiro que a fábrica lhes devia...

O mesmo acontece com um banco, com a diferença que a maior parte dos bens não são físicos. Ou seja, um crédito é dinheiro que entrava no banco e que pode ser usado para continuar a pagar aos credores - é demasiado valioso para simplesmente se deixar escapar a oportunidade de recuperar mais algum do dinheiro que o banco deve.

O dinheiro que estava depositado no banco é dinheiro que o cliente emprestou ao banco e agora vai ser usado para pagar as dívidas (naturalmente o cliente que tinha lá dinheiro depositado é um dos credores do banco).

Mais uma vez, este dinheiro provavelmente não chegará para pagar tudo (ou o banco não teria ido à falência). Para proteger os pequenos credores particulares, que depositam o dinheiro no banco mas não têm como controlar a forma como ele é gerido, foi criado o FGD que os indemniza (dentro de certos limites), independentemente dos capitais do banco chegarem ou não para pagar estas pequenas dívidas...

Tal como no caso da fábrica, não são os credores que vão pagar os salários em falta, também no caso do banco não lhes compete a eles pagar o dinheiro dos depósitos - eles já vão perder dinheiro, mesmo...

Obrigado a todos pela explicação, é uma questão de escolher um banco bom, mas neste caso não estou a ver nenhum, todos estão sujeitos á falencia.

Não há nenhum banco no mundo que não esteja sujeito à falência, nunca houve. Um dos motivos desta crise foi justamente as pessoas terem-se esquecido disso...

Agora, não quer dizer que devas perder o sono demasiado preocupado com isso, há bons bancos em Portugal... ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado, já entendi, estive a pensar e se calhar é melhor pegar no dinheiro do depósito, isto é quando se vencer o prazo e amortecer o máximo das dividas, assim teremos a certeza que não ficarão com nenhum dinheiro nosso. O unico senão é que ficamos tesos sem um pé de meia.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado, já entendi, estive a pensar e se calhar é melhor pegar no dinheiro do depósito, isto é quando se vencer o prazo e amortecer o máximo das dividas, assim teremos a certeza que não ficarão com nenhum dinheiro nosso.

Matematicamente falando continuo a dizer que se deve optar por essa opção desde que não se consiga uma taxa de investimento superior à do empréstimo. Mas, como também costumo dizer, há outros fatores, não tão facilmente quantificáveis, que podem contribuir para decidir de forma oposta - isso é um bom argumento para se optar pela amortização do empréstimo em vez do investimento...

O unico senão é que ficamos tesos sem um pé de meia.

Também não convém exagerar - a probabilidade de aparecer uma despesa imprevista para a qual precisemos de dinheiro é bem superior à de um banco ir à falência...

Dizem os entendidos que se deve manter sempre pelo menos 3 ou 4 salários de reserva, facilmente movimentáveis, para atender a alguma eventualidade...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado, já entendi, estive a pensar e se calhar é melhor pegar no dinheiro do depósito, isto é quando se vencer o prazo e amortecer o máximo das dividas, assim teremos a certeza que não ficarão com nenhum dinheiro nosso. O unico senão é que ficamos tesos sem um pé de meia.

Em geral, será a solução mais simples e mais vantajosa, no contexto actual, mas tudo depende das condições dos empréstimos e dos depósitos.

Actualmente, segundo dizem as estatísticas, aumentou o número de aquisição de bens de elevado valor (imóveis, carros) a pronto pagamento, precisamente porque, devido ao agravamento dos spreads praticados pelos bancos, dificilmente se torna compensador pedir empréstimos por um lado e fazer investimentos noutro, além de que os bancos também apertaram com os financiamentos...

De qualquer maneira, sem me querer intrometer demasiado nas tuas finanças, estás a falar de créditos de que tipo? habitação, consumo ou pessoais?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Estou a falar de Créditos pessoais e Créditos habitação e de depósitos com capitais garantidos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Estou a falar de Créditos pessoais e Créditos habitação e de depósitos com capitais garantidos.

Os créditos pessoais quase de certeza que compensa amortizar. O crédito habitação já dependerá da taxa. A regra simples costuma ser: se o rendimento líquido que se consegue obter para o dinheiro for superior à taxa do empréstimo, mais vale investir... senão compensa mais amortizar ;)
0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Mudando de assunto:

Será que alguem bem informado me poderá dizer se a aquisição de obrigações EDP (até 2012/2014) será um bom investimento?

Será que  o juro publicitado corresponde á verdade para aqule espaço de tempo? E posteriormente tem que se proceder à venda?

As obrigações vencem mesmo em 2014? Durante esses dois anos os juros são pagos semestralmente?

Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Já temos mais de um tópico sobre esse assunto.

Aqui está o principal: http://www.forumfinancas.com/index.php?topic=5582.0

Resumindo, as respostas às perguntas que fez serão, por ordem.:

- Não é mau, mas há melhores, mesmo dentro da EDP.

- Sim, menos as comissões dos bancos

- Não

- Sim

- Sim

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor