diogojcr

Poupanças (Capital inicial baixo)

17 publicações neste tópico

Boas,

Sou um leigo em assuntos financeiros venho por isso pedir a vossa ajuda!

Pretendo no ínicio do mês de Janeiro de 2012 abrir uma conta poupança (ou outro tipo de produto) com cerca de 750/800€ de capital inicial, tendo em conta 4 aspectos:

- Pretendo fazer reforços mensais na casa dos 50€ (após os primeiros 6 meses esses reforços poderão passar a cerca de 150€ mensais)

- Pretendo também, durante o 1º ano, fazer um reforço maior de 2500€ de uma só vez

- Seria óptimo ter a possibilidade de mobilizar o capital antecipadamente, não é essencial mas seria uma mais valia

- Visto que o capital é tão baixo seria essencial ter poucos ou nenhuns custos de manutenção e afins

O objectivo é criar um fundo a meias com a namorada para, de futuro, nos ajudar a começar uma vida a 2 com alguma segurança (num prazo de 4-5 anos) e venho perguntar quais as melhores opções para estas condições.

Cumprimentos,

Diogo

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Uma ideia seria o poupança protecção do Santander, que é uma conta poupança que paga 4% e permite reforços e mobilizações a qualquer altura. O senão é que precisa de um património de 3500€ para isentar despesas de manutenção.

Há também uma outra opção, que é o depósito pé-de-meia do PrivatBank. É um depósito a prazo (6 meses ou 1 ano), que permite reforços (mínimo de 20€), que paga 5.25% a 1 ano. No PrivatBank não se pagam custos de manutenção, apenas as transferências interbancárias (1.5€), sendo uma boa opção quando o objectivo é ir apenas amealhando.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O objectivo é criar um fundo a meias com a namorada para, de futuro, nos ajudar a começar uma vida a 2 com alguma segurança (num prazo de 4-5 anos) e venho perguntar quais as melhores opções para estas condições.

Eu não quero ser arauto da desgraça e muito menos desmancha prazeres, mas como diz o ditado: meias só nos pés.

Se no fim de casamento as partilhas já dão chatices, se o teu namoro acaba (espero que isso não aconteça) podes vir a ter aí um belo berbicacho para resolver, com a partilha do dinheiro da conta conjunta.

Por isso, o que te aconselho vivamente é que cada um de vós abra uma conta poupança individualmente.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Por acaso do que vejo de hoje em dia, concordo com o diogojcr.

Porque nao criar uma conta conjunto para despesas da casa e afins se calhar com um valor para isentar de comissoes a conta e mantendo o ordenado individualmente.

Isto porque ha sempre aquela coisa do : " ah mas gastaste ali e acolá e eu nao gasto etc " . Pode nao ser agora ... mas depois...

( sem ofensa ).

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Por acaso do que vejo de hoje em dia, concordo com o diogojcr.

Porque nao criar uma conta conjunto para despesas da casa e afins se calhar com um valor para isentar de comissoes a conta e mantendo o ordenado individualmente.

Isto porque ha sempre aquela coisa do : " ah mas gastaste ali e acolá e eu nao gasto etc " . Pode nao ser agora ... mas depois...

( sem ofensa ).

E pa... vocês são maus.... a pensar assim mais vale o rapaz nem casar.... pois pode divorciar-se logo no regresso da Lua de mel... Pois se calhar até vai ao Brasil e vem de lá com a ideia que está mal servido em casa.... falo por mim....lolololol. Mas não, não me divorciei.... Abraço e ajudem o rapaz nas questões dele....

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Já lá vai o tempo em que os casamentos eram para a vida toda, e abria-se conta-conjunta e as coisas corriam sempre bem, especialmente para o homem que era o que usava calças em casa. Hoje em dia as coisas já não são bem assim, por mais que se goste de alguém, é complicado confiar-se o nosso dinheiro. Elas hoje em dia querem mandar em tudo, começa a confusão, acaba-se o casamento e depois é que são elas...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Falando mais a sério e respondendo á pergunta do user ( se calhar nao sou o mais indicado mas cá vai ).

Se pretendes uma conta a 2, para ir depositando e fazer um pé de meia, existem vários bancos mas tens de ver quais te isentam comissoes e a partir de que valor.

A caixa geral de depositos, basta teres uma poupança de 4000 euros ( algo perto deste valor ) e nao tens comissoes. os juros é que são um pouco para o baixo

O bcp, tens isenção se tiveres o ordenado la a cair caso contrario sao 75000 euros ( ultima vez qeu vi ) para isentar.

O big, nao tens comissao e tem boas taxas de remoneração , no entanto nao é um banco onde faças a vida do quotidiano. É um banco que é para depositar e gerir (aka nao gastar ).

Por isso a meu ver, depende do que queiras fazer da conta. É algo a criar e nao gastar gerando juros?  é algo que é para despesas dos 2 em relação á casa? Como queres

estruturar o capital a 2?  ( uma conta poupança + uma conta conjunta para os 2  , ou uma conta poupança conjunta + 1 conta para cada um + 1 conta conjunta? )

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tens o BPI. Se for conta ordenado não pagas comissões nem cartões de débito/crédito. E se o teu património for igual ou superior a 3.000€ estás também automaticamente isento.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu não quero ser arauto da desgraça e muito menos desmancha prazeres, mas como diz o ditado: meias só nos pés.

Se no fim de casamento as partilhas já dão chatices, se o teu namoro acaba (espero que isso não aconteça) podes vir a ter aí um belo berbicacho para resolver, com a partilha do dinheiro da conta conjunta.

Por isso, o que te aconselho vivamente é que cada um de vós abra uma conta poupança individualmente.

E eu não quero ser arauto do óbvio, mas a minha dúvida prende-se com questões de finanças e não do relacionamento em si, se estás mais à vontade para dar esse tipo de ajuda há concerteza outros forúns onde possas brilhar :) Eu podia ter omitido a minha razão para querer aderir a um produto financeiro ou dizer apenas que pretendia um produto que pudesse ser partilhado que não mudaria em nada o tipo de resposta que procuro.

Por isso a meu ver, depende do que queiras fazer da conta. É algo a criar e nao gastar gerando juros?  é algo que é para despesas dos 2 em relação á casa? Como queres

estruturar o capital a 2?  ( uma conta poupança + uma conta conjunta para os 2  , ou uma conta poupança conjunta + 1 conta para cada um + 1 conta conjunta? )

O dinheiro não será para ser gasto num prazo de pelo menos 4 anos (a não ser que surja uma situação de emergência, daí ser uma mais valia a hipótese de mobilização), o objectivo é mesmo juntar poupanças e fazê-las render o mais possível, contando com um capital inicial na casa dos 800€, um reforço de 2500€ para ser feito para fins de 2012 e reforços constantes (à partida mensalmente) entre os 50 e os 150€.

Cumprimentos,

Diogo

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O dinheiro não será para ser gasto num prazo de pelo menos 4 anos (a não ser que surja uma situação de emergência, daí ser uma mais valia a hipótese de mobilização), o objectivo é mesmo juntar poupanças e fazê-las render o mais possível, contando com um capital inicial na casa dos 800€, um reforço de 2500€ para ser feito para fins de 2012 e reforços constantes (à partida mensalmente) entre os 50 e os 150€.

Cumprimentos,

Diogo

Portanto é apenas uma conta poupança? não é preciso nenhum cartão de débito para mover a conta?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Se queres começar com esse montante corres o risco de juros do dep. prazo serem diluidos praticamente em comissões de manutenção da conta.

Por exemplo, um deposito a prazo a 365 dias com uma taxa 4% para um montante 800 euros, que daria 25.47 em juros liquidos. Em alguns bancos as comissões seriam superiores ao juros.

Sugestão :

Se pretendes abrir uma conta bancaria, mesmo assim, então sugiro 3 alternativas :

- ActivoBank

- Banco Best

- Bigonline

Os dois primeiros não pagas comissões de transferencia.

Agora estuda os 3 bancos, e vê aquele que faz mais sentido para ti.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Se queres começar com esse montante corres o risco de juros do dep. prazo serem diluidos praticamente em comissões de manutenção da conta.

Por exemplo, um deposito a prazo a 365 dias com uma taxa 4% para um montante 800 euros, que daria 25.47 em juros liquidos. Em alguns bancos as comissões seriam superiores ao juros.

Sugestão :

Se pretendes abrir uma conta bancaria, mesmo assim, então sugiro 3 alternativas :

- ActivoBank

- Banco Best

- Bigonline

Os dois primeiros não pagas comissões de transferencia.

Agora estuda os 3 bancos, e vê aquele que faz mais sentido para ti.

Desculpa lá, so vou completar :)

Estes 3 bancos são bancos online, não têm balcões fisicos (se não viveres em Leiria, Lisboa, Porto ou Algarve), caso tenhas algum problema terás de falar por mail, chat ou telefone.

Podes é depositar dinheiro nos balcões e caixas automáticas do Millennium BCP (para o activobank) ou do BES (para o BEST).

Cumps

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Portanto é apenas uma conta poupança? não é preciso nenhum cartão de débito para mover a conta?

Exacto, não vai ser preciso nenhum cartão, pretendo apenas maneira de, em caso de emergência, poder mobilizar o dinheiro a qualquer momento.

Se uma conta poupança for realmente a melhor opção, a minha dúvida é: que conta e em que banco (a minha conta à ordem está na CGD).

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A Poupança Objectivo do ActivoBank7 permite reforços e dá uma TANB de 4% entre 90 e 1800 dias. Penso que a par da Money Box do banco Invest seja a melhor opção.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O MoneyBox está fora de questão se não tiver 5000€ para abrir e activar uma conta no Invest.

Além disso o Invest tem poucos balcões, tal como o PrivatBank que falei, pelo que só serão convenientes morando em Lisboa ou Porto.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Quanto ao Invest não sei, mas no caso do Privat basta ir lá uma vez abrir a conta (e outra fechar  :) ). Tenho conta desde 2008 e ainda não precisei de lá voltar, faço tudo via internet e (ocasionalmente) telefone.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Pois, claro, por telefone também dá  ;). O Invest é a mesma coisa. Por exemplo, para comprar obrigações, até me recomendaram fazer por telefone que conseguia melhores condições. Para DPs faz-se tudo bem pela Net.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead