100do

PPR - ajudem-me a decidir

16 publicações neste tópico

Uma vez mais recorro ao fórum para pedir uma opinião.

Em 2007, fui na conversa de um gestor de conta e abri um PPR (que afinal não é bem um ppr...).

Confiei no tipo e enganou-me bem enganado. O mal está feito, agora há que o resolver da melhor forma.

O "ppr" era um produto com entregas mensais mínimas de 25€ e aparentemente tinha uma boa rentabilidade. Não percebi na altura mas parece que não tem capital garantido.

Até agora tenho feito as tais entregas mensais e paguei até agora 1150€.

O actual gestor disse-me que podia cancelar as entregas e assim fiz.

Agora falta decidir o que fazer ao dinheiro que lá meti.

Não tenho lá 1150, mas sim 1100€ (rica rentabilidade que a coisa deu :()

Declarei no irs, mas não faço ideia de quanto isso me rendeu (foram 12 entregas anuais x 25€).

No banco não me sabem dizer em quanto serei penalizado se o levantar, nem quanto irei reaver.

Acham que devo levantar e correr o risco de:

- levantar ainda menos de 1100€, sem saber quanto;

- ter que pagar irs (nem sei como isso se processa)

o que acham?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Qual é nome do produto?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Isto pode ser apenas um tiro no escuro, mas será que esse produto dá hipótese de ser transferido para outra instituição. Como disse que parece que não é bem um PPR, tenho algumas dúvidas, mas caso seja possível pode ser um boa alternativa se encontrar um PPR jeitoso de capital garantido.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

engraçado, ha pouco escrevi e pedi ajuda sobre uma situaçao identica. O que fiz foi cancelar o debito directo de 25e e deixei la o dinheiro por nao saber qto iria perder. Assim e q felizmente nao preciso dele esta la a render,ou nao,seja la o que for. No meu caso vou esperar pelo plano anual de 2011 p tomar uma decisao pk tb n vejo no mercado nada q me pareça bom ou q reuna concenço em ser um bom produto

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Em 2007, fui na conversa de um gestor de conta e abri um PPR (que afinal não é bem um ppr...).

Confiei no tipo e enganou-me bem enganado. O mal está feito, agora há que o resolver da melhor forma.

O "ppr" era um produto com entregas mensais mínimas de 25€ e aparentemente tinha uma boa rentabilidade. Não percebi na altura mas parece que não tem capital garantido.

Até agora tenho feito as tais entregas mensais e paguei até agora 1150€.

O actual gestor disse-me que podia cancelar as entregas e assim fiz.

Agora falta decidir o que fazer ao dinheiro que lá meti.

Não tenho lá 1150, mas sim 1100€ (rica rentabilidade que a coisa deu :()

Declarei no irs, mas não faço ideia de quanto isso me rendeu (foram 12 entregas anuais x 25€).

No banco não me sabem dizer em quanto serei penalizado se o levantar, nem quanto irei reaver.

Creio que seria um pouco mais fácil de opinar se dissesse o nome do produto em causa!...

O gestor de 2007 enganou-o e este de agora disse-lhe que podia cancelar mas não sabe se é penalizado no IRS e quanto?

Era de capital garantido ou envolvia algum risco? Qual a "taxa" minima garantida?

Aguarde por mais algumas respostas antes de decidir pela manutenção na mesma entidade, eventualmente noutro produto mais seguro, ou pela transferência para outra entidade bancária!...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu sou contra PPRs.

Se houver disciplina , não são precisos PPRs

Speedbird

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Noticia do Jornal de Negocios 24/10/11

A proposta de Orçamento do Estado (OE) para 2012 trouxe mexidas na fiscalidade dos produtos de poupança. Uma das novidades é o agravamento das penalizações para quem resgata um Plano Poupança Reforma ou um Certificado de Reforma fora das condições previstas. Se acha que vai precisar de desmobilizar esta poupança, mais vale fazê-lo este ano.

http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=514151

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Estou numa situação semelhante tenho um PPR  BPI Reforma Investimento, onde estou a perder 14 euros do investimento inicial. será que vale a pena continuar a neste tipo de ppr?poderei mudar para outro no mesmo banco sem perder regalias em irs?

obrigado ;D

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Para quem gosta de PPRs, recomendo o Eurovida PPR Valor Seguro 2016 2ª Série.

Principais características:

• Capital Garantido;

• Prazo: 5 anos (podendo arbitrar no vencimento);

• Taxa juro garantida para o prazo definido;

• Remuneração:

Taxa juro garantida

Bruta: 5,19%

Líquida de todas as comissões:

• 3,88% (para novas entregas)

• 4,09% (para transferências)

Acrescento que:

• A média dos PPR do mercado estão com rentabilidades de 2% ao ano; e

• Não há comissões de subscrição para as transferências.

Dos vários PPRs que temos neste momento é sem dúvida dos melhores! se precisarem de ajuda é só dizer! ;-)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Mas isso é mesmo um PPR ou é um seguro de capitalização unit-linked?

Para ter um prazo definido de 5 anos (até 2016) parece-me mais o segundo.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

PPR

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tem comissão de gestão?

Fazendo um PPR por 5 anos, para um subscritor com menos de 55 anos, não se poderá utilizar o benefício fiscal, certo? Fica "reduzido" a um produto equivalente a um depósito a prazo de 5 anos, com capitalização de juros e uma taxa liberatória de 17,2% devido ao prazo?

O que garante o capital? A entidade emitente (compromisso de honra)? Ou existe algum fundo de garantia?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Fazendo um PPR por 5 anos, para um subscritor com menos de 55 anos, não se poderá utilizar o benefício fiscal, certo? Fica "reduzido" a um produto equivalente a um depósito a prazo de 5 anos, com capitalização de juros e uma taxa liberatória de 17,2% devido ao prazo?

Errado. E salvo erro um contribuinte mais novo até pode deduzir mais no IRS...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

[quote author=pauloaguia link=topic=5438.msg41546#msg41546 Errado. E salvo erro um contribuinte mais novo até pode deduzir mais no IRS...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead