Visitante Joao Silva

Despedimento Empregada Doméstica

2 publicações neste tópico

Bom dia,

Tive uma empregada doméstica, que meteu baixa médica (licença de gravidez).

Tinha horário livre (tinha que fazer 3 horas diárias, a que horas lhe desse jeito).

Encontramos uma substituta.

Entretanto a nossa vida alterou-se e necessitavamos que cumprisse um determinado horário.

Ela recusa-se a fazer esse horário.

Temos de lhe pagar alguma indemnização?

Na nossa opinião ela é que de despidiu. Não quis trabalhar nas condições propostas pela entidade empregadora.

Pagamos todos os meses que trabalhou e tb fizemos todos os descontos á segurança social.

Agradeço a vossa opinião.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O trabalhador não é obrigado a aceitar qualquer alteração que a entidade empregadora queira. Por exemplo, se decidissem passar a obrigar a senhora a trabalhar a partir da meia noite, ela tem todo o direito de recusar por isso interferir na sua vida familiar ;)

O Código do Trabalho diz ainda explicitamente que não pode ser unilateralmente alterado o horário individualmente acordado. Ou seja, têm que chegar a acordo com ela sobre as alterações.

Mas também pode ser que haja razão para o vosso lado. Sugiro a leitura do Código do Trabalho (façam uma pesquisa por horário, por exemplo) e a consulta da Autoridade para as Condições de Trabalho para saberem qual a melhor forma de agir.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead