taniav

Trabalhar no estrangeiro!

7 publicações neste tópico

Boa tarde..

Entao é o seguinte, o meu marido trabalha desde janeiro 2011 para uma empresa americana como segurança num navio. Ou seja ele trabalha no estrangeiro, mas tem residencia em portugal... O ordenado dele é limpo, sem descontos, e é transferido todos os meses para a nossa conta!

Como funciona em termos de irs? Ele pode fazer os descontos cá na mesma? Não sei o fazer nesta situação e estou com algum receio. Ele diz que a maior parte dos colegas têm contas off-shore.

Alguem aqui com algum conhecimento nesta área que me possa ajudar.

Obrigada.3

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A sua questão é escassa em informação.

Ter residência em Portugal como?

Residência fiscal?

Residência habitual?

Desconta para a segurança social? Onde? como?

Que tipo de contrato tem?

Existe alguma convenção entre Portugal e o país da bandeira?

Entrega a declaração de IRS conjuntamente consigo?

Deve verificar o que é mais vantajoso para ambos.

Muito provavelmente os amigos do seu marido têm razão.

Mais lhe vale abrir uma conta "por lá" e deixar-se de complicações.

A Srª entregará a sua declaração como separada de facto.

Apesar disso informe-se nas finanças sabendo de antemão que o que aí pretendem é o pagamento de impostos (mais favorável ao estado)  e não o que lhe será mais favorável a si mesmo dentro da legalidade. 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá bom dia.

Eu tenho exactamente a mesma dúvida :s

Tenho residencia em Portugal mas recebo noutro país (neste caso a Irlanda). O meu salário é depositado numa conta la e na folha vêm uns descontos que eles efectuam.

Comprei casa cá e na altura pediram-me no banco o IRS, como nunca tinha feito descontos cá, trouxe as papeladas de lá e a verdade é que consegui o credito. Mas agora não sei muito bem se tenho de fazer alguns descontos cá ou não.

Peço desculpa pela ignorância, mas não sei bem a quem me dirigir e os meus horários de trabalho também não me permitem ir às finanças. Logo que acabei a faculdade fui para fora e sinceramente não consigo perceber muito bem como funcionam os descontos >:(

Se alguém me puder tirar as dúvidas agradeço imenso.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Peço desculpa pela ignorância, mas não sei bem a quem me dirigir e os meus horários de trabalho também não me permitem ir às finanças.

Pelos vistos os teus horários de trabalho permitem-te o acesso à net. Porque não usar essa forma de contacto para lhes colocar a questão? ;)

http://info.portaldasfinancas.gov.pt/pt/apoio_contribuinte/guia_fiscal

http://info.portaldasfinancas.gov.pt/pt/apoio_contribuinte/duvidas_sugestoes/

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

boa tarde,

o meu marido trabalha no estrangeiro, mas o patrao tem escritorio em portugal, ultimamente, n faz descontos para o irs so para a segurança social, pagam um imposto no pais onde estao a trabalhar.

ao pagar esse imposto, deve fazer irs no pais onde trabalha? e em portugal? 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O meu marido está a trabalhar no estrangeiro desde 2012, tendo-se registado como residente em Espanha e atualizando essa informação junto das Finanças em Portugal. Nessa altura passei a descontar mensalmente no meu ordenado IRS de casada unico titular mas ao apresentar o IRS no final do ano fui surpreendida com um montante bastante razoavel para pagar pois de acordo com informação das Finanças e não existindo a opção "casado unico titular" na apresentação anual e não sendo intenção indicar os valores auferidos pelo meu marido no IRS uma vez que todos os descontos são feitos por ele em Espanha, a declaração foi apresentada como separada.

Uma vez que prefiro de longe pagar mais (já que tem que ser) mensalmente e não ser surpreendida no final do ano, como devo proceder?

Muito obrigada pela ajuda que possam dar pois não é fácil obter respostas fidedignas...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O meu marido está a trabalhar no estrangeiro desde 2012, tendo-se registado como residente em Espanha e atualizando essa informação junto das Finanças em Portugal. Nessa altura passei a descontar mensalmente no meu ordenado IRS de casada unico titular mas ao apresentar o IRS no final do ano fui surpreendida com um montante bastante razoavel para pagar pois de acordo com informação das Finanças e não existindo a opção "casado unico titular" na apresentação anual e não sendo intenção indicar os valores auferidos pelo meu marido no IRS uma vez que todos os descontos são feitos por ele em Espanha, a declaração foi apresentada como separada.

Uma vez que prefiro de longe pagar mais (já que tem que ser) mensalmente e não ser surpreendida no final do ano, como devo proceder?

Muito obrigada pela ajuda que possam dar pois não é fácil obter respostas fidedignas...

Pede lá no trabalho para te passarem a fazer a retenção na fonte pela tabela de casada dois titulares.
0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead