Bunker

Depósito a prazo mais rentável.

37 publicações neste tópico

Boa Tarde.

Gostaria de saber se me podem auxiliar nestas questões de depositos a prazo, visto que é a primeira vez que o vou fazer.

Assim, vou enumerar as minhas duvidas:

1º - Quais os depósitos a prazo mais rentáveis actualmente? (Com 5 ou 10k€, com ou sem levantamento antecipado)

2º - O que quer dizer, ou como se calcula, qd nos dizem que no:

      1ºmês - 3%

      2ºmês - 4% e por aí fora...

3º - Em relação aos reforços? Como se processa esta questão?

4º - Faz alguma diferença uma pessoa estar empregada ou desempregada???

Desculpem a minha ignorância mas realmente é a primeira vez, que me dedico a esta temática e com tantas taxas de juros, com reforço sem reforço etc etc fico um pouco baralhado.

Se me conseguirem ajudar com um exemplo, executando algumas operações e cálculos era uma ENORME ajuda.

Abraço

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

1º - Quais os depósitos a prazo mais rentáveis actualmente? (Com 5 ou 10k€, com ou sem levantamento antecipado)

Podes dar uma olhadela neste comparador de depósitos a prazo para teres uma ideia das taxas pagas actualmente. Pode não estar correcto a 100% mas dá sempre para se ter uma ideia.

2º - O que quer dizer, ou como se calcula, qd nos dizem que no:

       1ºmês - 3%

       2ºmês - 4% e por aí fora...

Também escolheste um exemplo mais complicado para explicar, mas sem qualquer explicação tens a calculadora de juros. Pergunta caso ainda precises de alguma explicação. No teu caso terias de colocar 30 dias como prazo, a taxa de juro do respectivo mês e o montante (1000 por exemplo). Se fizeres isto para cada mês do depósito ficas a saber quanto recebes.

3º - Em relação aos reforços? Como se processa esta questão?

Um depósito tem sempre associada uma Ficha de Informação Normalizada (FIN) e é lá que encontras resposta a essas dúvidas. Por exemplo, vê este depósito da CGD, do lado direito da página tens a FIN, abre e lê como funciona o depósito. Este depósito não permite reforços, no entanto existem alguns que permitem. Novamente, caso tenhas dúvidas pergunta ;)

4º - Faz alguma diferença uma pessoa estar empregada ou desempregada???

Nenhuma.

Desculpem a minha ignorância mas realmente é a primeira vez, que me dedico a esta temática e com tantas taxas de juros, com reforço sem reforço etc etc fico um pouco baralhado.

Fazes bem em te informares!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Update obrigado pela resposta.

Então vou dar um exemplo:

Best DP_BLUE - 6 meses - 6,00% de 2.500$ a 50k

Se eu quiser aderir a um depósito a prazo destes com 10.000€, ganho 600€ ?

Isto é para novas contas, e se eu quiser fechar a conta no final dos 6 meses?

E em termos de deduções fiscais e impostos?

Obrigado pela ajuda

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não, a taxa indicada é anual (12 meses), pelo que 6 meses será 1/2 (€300); mas este valor é bruto, pelo que será necessário retirar ao rendimento 21,5%... poderá mais tarde englobar o imposto pago na sua declaração IRS, mas na esmagadora maioria dos casos não compensa...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
E em termos de deduções fiscais e impostos?

Na FIN do depósito encontras essa informação. Dos juros que ganhas são retirados automaticamente 21,5%, por isso não te tens de preocupar, fica tudo resolvido na altura.

Best DP_BLUE - 6 meses - 6,00% de 2.500$ a 50k

Se eu quiser aderir a um depósito a prazo destes com 10.000€, ganho 600€ ?

Ganhavas 235.5€ (utiliza a calculadora para confirmares os valores). Explicação rápida:

- 600€ são os juros brutos que ganhas se o depósito fosse de 1 ano (ainda falta tirar os tais 21,5%)

- 600€ - 21,5% = 471€ (seria o que na realidade ganhavas caso o depósito fosse de 1 ano)

- Como o depósito é de meio ano (metade do tempo), tens de dividir os 471€ por 2, logo tens 235,5€ ao final dos 6 meses na conta.

Isto é para novas contas, e se eu quiser fechar a conta no final dos 6 meses?

No Best, que eu tenha conhecimento julgo que não há qualquer problema desde que não peças outros produtos como cartões. Mas, e falando do Best, eles não cobram despesas de manutenção ou transferências.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Na FIN do depósito encontras essa informação. Dos juros que ganhas são retirados automaticamente 21,5%, por isso não te tens de preocupar, fica tudo resolvido na altura.

Ganhavas 235.5€ (utiliza a calculadora para confirmares os valores). Explicação rápida:

- 600€ são os juros brutos que ganhas se o depósito fosse de 1 ano (ainda falta tirar os tais 21,5%)

- 600€ - 21,5% = 471€ (seria o que na realidade ganhavas caso o depósito fosse de 1 ano)

- Como o depósito é de meio ano (metade do tempo), tens de dividir os 471€ por 2, logo tens 235,5€ ao final dos 6 meses na conta.

No Best, que eu tenha conhecimento julgo que não há qualquer problema desde que não peças outros produtos como cartões. Mas, e falando do Best, eles não cobram despesas de manutenção ou transferências.

Obrigado LM e Update. Percebi perfeitamente ambas as explicações.

E risco? Qual é o risco que corro? Imaginem que quero investir 20k e ao fim de 6meses nem 20k nem 10k nem juros nem nada?

Podem especular  ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

E risco? Qual é o risco que corro? Imaginem que quero investir 20k e ao fim de 6meses nem 20k nem 10k nem juros nem nada?

Tens algumas protecções. A primeira é dada pelo próprio banco que assegura o depósito. No caso de o banco não conseguir devolver, o Fundo de Garantia de Depósitos garante até 100.000€, pelo que os teus 20k estariam garantidos. O estado pode sempre entrar no capital do banco, reforçando-o desta forma.

Eu tento não pensar muito nisso, quero pensar que as instituições bancárias portuguesas conseguem dar a volta à crise, nem que seja com a ajuda do FMI, BCE e UE.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tens algumas protecções. A primeira é dada pelo próprio banco que assegura o depósito. No caso de o banco não conseguir devolver, o Fundo de Garantia de Depósitos garante até 100.000€, pelo que os teus 20k estariam garantidos. O estado pode sempre entrar no capital do banco, reforçando-o desta forma.

Eu tento não pensar muito nisso, quero pensar que as instituições bancárias portuguesas conseguem dar a volta à crise, nem que seja com a ajuda do FMI, BCE e UE.

E se o País falir? ;-)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

E se o País falir? ;-)

A Argentina viveu tempos complicados à uns anos atrás e julgo que ninguém ficou sem dinheiro. Foram impostas muitas limitações nas movimentações e levantamentos, mas o país continuou a andar para a frente. Na zona euro existem umas limitações que nos impedem de adoptar algumas medidas idênticas, mas talvez necessárias.

Não sou pessoa de lançar o pânico, acho apenas que devemos tomar algumas precauções.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Atenção, na Argentina todos ficaram com o mesmo valor nominal nas contas bancárias, no entanto as contas ficaram congeladas e a moeda deixou de ficar indexada ao dolar, ou seja, desvalorização brutal. É deste tipo de eventos que os aforradores cada vez têm mais receio quando se fala de uma eventual saida do euro que poderá ocorrer a seguir a uma bancarrota.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

alguem que tenha conta no banco best,com essa taxa promocional de 6%,que algum tempo atras era de 5%,ao fim de 6 meses conseguiu que tornassem a dar os 5% ou 6% de juros?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

alguem que tenha conta no banco best,com essa taxa promocional de 6%,que algum tempo atras era de 5%,ao fim de 6 meses conseguiu que tornassem a dar os 5% ou 6% de juros?

Não. Duvido que isso aconteça, pois trata-se de uma taxa promocional.

De qualquer forma, sou cliente Best e a taxa máxima que me ofereceram foi de 3,5%.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

3,5% é pouco para isso o santander paga 4% juros ao mes e com mobilidade do dinheiro,sem prejuizo dos juros recebidos,isso por 1 ano ao maximo de 31 mil euros,ao fim de 1 ano renovam apesar de oficialmente nao fazerem,tenho um amigo que ja tem esse tipo de deposito a caminho de 2 anos.

depois o big a 18 meses dá 5 ou 5,5%,logo 3,5% nao é competitivo.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

3,5% é pouco para isso o santander paga 4% juros ao mes e com mobilidade do dinheiro,sem prejuizo dos juros recebidos,isso por 1 ano ao maximo de 31 mil euros,ao fim de 1 ano renovam apesar de oficialmente nao fazerem,tenho um amigo que ja tem esse tipo de deposito a caminho de 2 anos.

depois o big a 18 meses dá 5 ou 5,5%,logo 3,5% nao é competitivo.

Então e 6 meses no Best e depois colocar no Santander ou Big? É que o Best tem um depósito que dá 4,375% a 3 ou 6 meses, tens é de colocar o dinheiro noutro banco durante um mês.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Isso de mudar dinheiro de banco se não se tiver lá conta compensa? Taxas manutenção, etc??

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Isso de mudar dinheiro de banco se não se tiver lá conta compensa? Taxas manutenção, etc??

Dependendo. Eu sou jovem e a mim compensa muito!

Quase nenhum banco tem despesas de manutenção com jovens.

Os bancos online (que eu saiba não têm quase comissão nenhuma de taxa de manutenção).

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Isso de mudar dinheiro de banco se não se tiver lá conta compensa? Taxas manutenção, etc??

É como o MiguLuso disse. O Best e o ActivoBank não cobram as coisas mais comuns (conta, transferências e cartão). Em relação ao Banco Big não sei bem, julgo que não existem despesas de manutenção de conta mas desconheço em relação as transferências e cartões.

Apenas estou a referir isto porque não perde nada em abrir conta num banco assim (desde que no seu banco continue isento de outros custos).

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Então e 6 meses no Best e depois colocar no Santander ou Big? É que o Best tem um depósito que dá 4,375% a 3 ou 6 meses, tens é de colocar o dinheiro noutro banco durante um mês.

ora bem,antes de mais eu acredito que se o cliente se mostrar inflexivel eles acabaram por dar mais 6 meses a campanha dos 6%,com a crise que existe duvido que recusem,2 ponto,tirar o dinheiro e voltar a por pra receber 4,375% pelas regras poderia fazer isso ok,mas ate que ponto o banco iria recusar dar me logo os 4,375%,pois eu diria olhe se nao me der os 4,375% o que farei é tirar o dinheiro durante 30 dias e voltar ao banco,algo que nao faria mt sentido,e com a crise acabariam,por abrir excepçao e pronto.

Pois sair por 1 mes,para mim nao faria qualquer sentido,a menos que fosse para um banco que nao cobre taxas de manutençao etc e paga se juros ao mes,digo taxas de manutençao pois ao final de 1 mes iria tirar o dinheiro do banco,e tar a abrir conta 1 mes e fechar e tornar a abrir de 6 em 6 meses nao faria sentido.

Se repararem o big tem um deposito a 18 meses que da 5,5% ou 5%,nao me recordo bem,um deposito normal,nada promocional,ou seja para receber menos iria para o big,eles para me terem como cliente teram que manter os 6% brutos,que na pratica sao 4,71%.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

ora bem,antes de mais eu acredito que se o cliente se mostrar inflexivel eles acabaram por dar mais 6 meses a campanha dos 6%,com a crise que existe duvido que recusem,2 ponto,tirar o dinheiro e voltar a por pra receber 4,375% pelas regras poderia fazer isso ok,mas ate que ponto o banco iria recusar dar me logo os 4,375%,pois eu diria olhe se nao me der os 4,375% o que farei é tirar o dinheiro durante 30 dias e voltar ao banco,algo que nao faria mt sentido,e com a crise acabariam,por abrir excepçao e pronto.

Pois sair por 1 mes,para mim nao faria qualquer sentido,a menos que fosse para um banco que nao cobre taxas de manutençao etc e paga se juros ao mes,digo taxas de manutençao pois ao final de 1 mes iria tirar o dinheiro do banco,e tar a abrir conta 1 mes e fechar e tornar a abrir de 6 em 6 meses nao faria sentido.

Se repararem o big tem um deposito a 18 meses que da 5,5% ou 5%,nao me recordo bem,um deposito normal,nada promocional,ou seja para receber menos iria para o big,eles para me terem como cliente teram que manter os 6% brutos,que na pratica sao 4,71%.

Posso-te dar o meu exemplo em como não prolongaram a taxa de 4,375% e acabei por tirar o dinheiro de lá por oferecerem apenas 3,5%. Eu acho que prolongar os 6% nesta altura é muito difícil, daqui a 1 ano talvez, depende da evolução das taxas até lá. Aliás, pegando num exemplo que vi num outro fórum, para uma quantia entre 100.000/200.000€ a taxa oferecida pelo Best foi de 5,25%. Portanto, renovarem qualquer coisa abaixo de 100.000€ com uma taxa de 6% não me parece possível neste momento. Se houver alguém aqui no fórum que conseguiu renovar a taxa de juro oferecida pelo Best, por favor avise :)

Mas não tens conta em mais de um banco? Não precisas de andar a abrir e fechar contas. Em último caso tens o ActivoBank em que não pagas nada por ter lá conta (manutenção, transferências e cartões). As taxas de juro são um pouco melhores.

É que o Best tem esse depósito dos 6%, mas tirando isso as taxas são mais baixas, principalmente para quem já lá tem o dinheiro, e por isso eu digo-te que não seria fácil neste momento renovarem a 6%. Mas a tua maneira de pensar está correcta, nesta altura vale sempre a pena tentar renegociar a taxa de juro, mas caso não a renovem devemos ter alternativas.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

sinceramente tenho visto aqui tópicos que no meu entender a filosofia que está adjacente no pensar do cliente é totalmente errada.

Eu tenho bem presente duas coisas na minha vida: Tempo é dinheiro e tudo na vida resulta das relações que criamos.

Quero dizer com isto que não acho sensato como já vi aqui pessoas andarem a abrir contas e fechar no final da aplicação para aplicarem 1000 ou 5000€ a prazo só porque o banco B deu mais 0,5% ou 1%.

Além de terem perdido tempo em busca desta taxa diferencial, quando abrem uma conta num banco, este tem expectativas em relação ao cliente e ficam com uma imagem negativa se ao fim de uns meses ou 1 ano fecharem a conta. Dão indicação que são do tipo de cliente burboleta que andam em busca de taxa e pretendem um banco apenas e só para esse efeito. Futuramente podem até pedir um crédito nesse banco e será mais difícil pois o perfil está no sistema informático.

Eu trabalho com o mesmo banco há 12 anos e posso garantir que poupanças, ppr, seguros, créditos estão quase todos lá e arranjo lá tudo porque é simples. Como criei uma relação de proximidade e credibilidade quando vejo taxas melhores na concorrência vou lá e negoceio com eles e quase sempre me sobem a taxa em pelo menos 1% ficando a taxa igual ou ligeiramente inferior às melhores taxas do mercado. Com isto não perco tempo, envio um email ao meu gestor de conta e ele trata de tudo, não ando a fechar e abrir contas e sempre que preciso do banco têm-me ajudado.

Isto para dizer que se a filosofia do Tuga fosse a de criar uma relação e apostar nisso para o presente e futuro, os bancos cobravam menores comissões e cediam crédito mais facilmente. Nos dias de hoje vê-se clientes a pedirem créditos no Banco A onde têm conta à ordem, mas têm o ordenado no Banco B, têm um fundo de investimento no banco C e se calhar ainda têm os seguros no banco D. Que credibilidade passa este cliente para o banco? Eu no caso de gestor do banco A não lhe pensava sequem em aprovar qualquer crédito.

Bancos como BES, Santander, BCP, BPI ou CGD têm tudo o que um cliente possa precisar desde que este corresponda como cliente e não ande a saltar de banco em banco.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sim, eu percebo a tua opinião. Andar a abri e fechar conta todos os anos não é aconselhável.

Mas nem toda a gente pensa da mesma maneira, e a diferença que para alguns é pouca, para outros é enorme. É que nem toda a gente tem um gestor à ordem, acesso a crédito habitação com um spread baixo, depósitos com boas taxas de juro, isenções na conta, etc. Comparar e ver onde se ganha mais e se gasta menos é o que todos deveriam fazer. A partir do momento em que encontrem esse banco, falem e negoceiem algumas condições porque é provável que aceitem.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

eu durante 4 anos não tive gestor de conta, boas taxas em depósitos...etc

Só para te dizer que a relação constroi-se e temos de dar algo ao banco para que ele mais tarde retribua.

Não tive gestor de conta, não tinha boas taxas como agora mas fiz na mesma depósitos, tinha conta ordenado, e fui alimentando e investindo numa relação de confiança e o problema na maior parte das pessoas é mesmo essa, querem receber algo do banco sem nada dar em troca.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Só para te dizer que a relação constroi-se e temos de dar algo ao banco para que ele mais tarde retribua.

Percebo o teu ponto de vista, mas pessoalmente vejo os bancos mais como prestadores de serviços, entre os quais escolho em função da competitividade das ofertas. Não tenho qualquer "amor à camisola" relativamente aos bancos que utilizo e continuarei a ser cliente (apenas) enquanto eles forem competitivos. Quando deixarem de o ser, tenho muito pena... bom na realidade nem tenho, porque acho que eles não têm pena nenhuma de nós :D

Será que devido a esta minha postura tenho perdido taxas mais interessantes por não ser um cliente "fiel"? Duvido. Na minha experiência, o grande factor para as taxas mais elevadas é um só: o €€€ que tens para aplicar. E de qualquer forma não estou interessado em obter a melhor taxa que o banco X (do qual sou cliente) me pode oferecer, mas sim a melhor taxa que qualquer banco a que eu possa aceder (e me inspire confiança) me possa oferecer.

Nota 1: Não tenho (nem prevejo vir a ter) qualquer crédito, o que me liberta bastante de qualquer vínculo mais restritivo. Utilizo os bancos meramente como veículos para poupança/investimento e gestão de despesas do dia a dia.

Nota 2: Não pretendo com isto servir de exemplo ou inspiração à forma de lidar com os bancos. Trata-se apenas de uma experiência pessoal, que ilustra um outro ponto de vista.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Pois eu tenho conta aberta em quase tudo o que é banco (Best, Big, Invest, Banif, Barclays, Santander, Bes e Deutsch Bank) e não pago quaisquer comissões de manutenção de conta DO. Nos primeiros 3, porque esses encargos nem sequer existem e nos outros porque tenho lá investimentos ou tenho apenas temporariamente a conta a zero.

Vou transferindo o dinheiro de uns para os outros à procura das melhores condições (taxas de DP, disponibilidade e custos de fundos de investimento, obrigações, acções ou outros tipos de investimento, etc), em função das circunstâncias do momento e só me tenho dado bem com isso.

Para mim, o melhor banco não existe.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Presidente da Junta, vou discordar de ti.

Sou uma pessoa como tu descreves. Quer dizer... Não ando é a abrir e a fechar contas porque tenho mais que fazer. Tenho um banco para a conta à ordem, tenho outro para o crédito habitação e tenho outro para investimentos. Mais: o meu cartão de crédito sem anuidade também não tem nada que ver com nenhum desses bancos.

Com a banca on-line não me dá trabalho nenhum gerir essas contas.

Porquê esta atitude?

Vejamos... qunado fui comprar casa, o Millennium BCP - onde tinha conta desde que nasci - sem promessas, talvez quem sabe conseguir-me-iam oferecer 1,5% de spread. A Caixa Galicia - que não me conhecia de lugar nenhum - deu-me 0,45%. Negociar foi impossível.

Abri conta no BiG porque as taxas de depósito a prazo eram muito mais vantajosas. Fui transferindo para lá dinheiro o que deve ter feito algum programa disparar um alerta para um funcionário do BCP. O funcionário telefona-me a pedir para que à próxima os contate que eles poderiam oferecer taxas mais atrativas.

2 ou 3 meses depois fiquei com 10 mil€ livres e dei-me ao trabalho de ir à agência que me telefonou para me cobrar da promessa de que me negociariam taxas. Na altura o BiG dava 4,5% e, na tabela, o Millennium dava 3,25%. Dizem-me que o Millennium BCP opera de uma forma muito diferente do BiG e que não era possível negociar com tão pouco dinheiro envolvido.

Já só lá tinha o ordenado domiciliado para não me serem cobradas despesas de manutenção e ficou óbvio que deixou de fazer sentido ser cliente do M-BCP.

Os bancos ficam com má-impressão minha? Bhah, má-impressão fiquei eu do M-BCP. Os bancos ficam com má-impressão minha é se eu falhar uma prestação do crédito habitação. Acredito em ti que os bancos traçam um perfil do cliente. Quis acreditar que antiguidade e domiciliação de ordenado me dariam a longo prazo alguma margem de manobra mas assim não aconteceu. Acredito que contigo e com outros tenha acontecido mas não é nada de garantido. Sempre que preciso algum produto ao menos tenho poder de escolha.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead