almerindo54

heranças de partilhas

8 publicações neste tópico

boa  tarde

tenho um problema com uma hrança que neste momento está assim

meu pai morreu há 28 anos

tenho um irmão ,que apesar de manter contato telefonico com ele,vive em frança e não quer saber e não vem a portugal há 26 anos

minha mãe é viva tem 85 anos e queria entregar a parte dela

somos 4 irmãos, e 3 estamos de acordo

e a  nossa mãe também

neste caso  o que se pode fazer dado que o valor da herança não  é elevado

se me puderem informar para eu tentar arranjar uma solução para este problema

agradeço

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ele que passe uma procuração em nome de um dos irmãos para esse efeito (que a envie por correio) e vocês tratam disso por ele...

Se realmente ele não quer saber da herança para nada, também pode desistir dela. Mas julgo que neste caso têm de meter os eventuais filhos ao barulho pois estes podem querer exercer o direito de representação...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

obrigada pela resposta

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

mas esse meu irmão não manda procuração nem desiste das partilhas é apenas uma maneira de prejudicar estar contra sem  razão nenhuma

  eu pensava que se podia fazer  ou que haveria uma maneira de fazer sem ir para tribunal

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

se a tua mãe estiver no pleno uso das suas capacidades mentais ela é a Cabeça de Casal e pode obrigá-lo a fazer o que ela pretende pois ela é a responsável pelo património e pela gestão da herança.

se ela fala com ele e ele não se dispõe a colaborar a bem nesse caso terá que ir a mal: conviria, numa 1ª abordagem, efectuar um contacto através de advogado.

se mesmo assim ele não concordar então terão que ir para a via judicial, pois pelo que dizes das duas uma: ou ele não está de acordo com as partilhas antes da morte da mãe (pode ser uma posição de defesa da mãe, uma posição de principio...) ou ele é do contra por ser do contra (é muito estranho que não venha a Portugal há 26 anos, é muito pouco usual...) e nesse caso o Tribunal pode obrigar às partilhas já que todos os outros estão de acordo. 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

agradeço a sua explicação .È muito clara e objetiva

E pelo que tenho pesquisado eas informações que tenho conseguido  só através de tribunal e com advogado claro

a minha mãe está de posse das suas faculdades mentais

Mas esse meu irmão não quer fazer a bem só por birra

Mas se  herança tivesse valores maiores talvez ele estivesse interessado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá almerindo54!

Sou jornalista da SIC, do programa Boa Tarde.

Será que pode enviar-me o seu contacto telefónico (p/ boatarde8@sic.pt) para falarmos sobre a questão da herança?

Cumprimentos

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

boa  tarde

tenho um problema com uma hrança que neste momento está assim

meu pai morreu há 28 anos

tenho um irmão ,que apesar de manter contato telefonico com ele,vive em frança e não quer saber e não vem a portugal há 26 anos

minha mãe é viva tem 85 anos e queria entregar a parte dela

somos 4 irmãos, e 3 estamos de acordo

e a  nossa mãe também

neste caso  o que se pode fazer dado que o valor da herança não  é elevado

se me puderem informar para eu tentar arranjar uma solução para este problema

agradeço

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor