nelit0

Recibos Verdes / Unipessoal

3 publicações neste tópico

Boas,

Precisava aqui duma ajuda mais tecnica.

Há uns anos tive uma unipessoal (venda de produtos de informatica). Entretanto mudei de ramo, fechei a empresa e trabalho já há 7 anos com recibos verdes / ENI.

Por imposição legal, para exercer a actividade actual, tenho de ser empresário em nome individual. Estou registado no RNPC como tal.

Com as constantes alterações legais, sobretudo fiscais, tenho andado a pensar se seria possivel manter o meu estatuto de ENI, mas poder abrir uma unipessoal e facturar por lá.

Pode parecer algo confuso, mas a ideia é fugir ao IRS como independente que é absurdo (43.5%) e fugir à SEG SOCIAL que é outro absurdo (29% de 70% dos rendimentos).

A ideia era passar a pagar 20% de sede de IRC (em vez dos 43.5%) e como socio remunerado com o salário minimo pagar o correspondente minimo para contribuições sociais.

Há forma de fazer isto?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Posso estar parcialmente baralhado (daí ter pedido ajuda) mas nao estarei totalmente......

Achei que a taxa de IRC era 20% nao sei porquê, é 25% de facto.

Sobre a segurança social lamento informar mas está errado. Esse é o valor pago até agora, pois o novo codigo contributivo entrou em vigor e passará a ser em breve um valor percentual sobre o valor facturado. Leia com atenção o codigo contributivo, pois em breve passará a ser acima de 29% sobre a facturação total, deduzindo 30% que é o valor considerado como "despesas" para o exercicio da respectiva actividade.

Sobre a tabela de IRS, aqui vai

Mas o que realmente queria saber (é logico que posso ter uma empresa e ser ENI ao mesmo tempo, isso eu sei), o que queria saber é se é possivel ser ENI e facturar como ENI de qualquer outra forma que nao seja recibos verdes ?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Estar no escalão dos 43,5% não é a mesma coisa que pagar 43,5% de IRS sobre os rendimentos. Mesmo sem contar com as deduções específicas e os descontos ou benefícios fiscais de que provavelmente se usufrui, o IRS é um imposto progressivo - só se paga 43,5% sobre o que passar acima dos 66.045€ - o resto é pago de acordo com as taxas dos respetivos escalões. Na maior parte dos casos, quem está nesse escalão paga 30 e tal % dos rendimentos em imposto.

Quanto à SS - se bem me lembro, o novo código contributivo previa um período transitório durante o qual não era possível saltar assim sem mais nem menos para os escalões muito altos. Não fui confirmar as contas, mas se estás no escalão dos 43,5% diria que ainda vai levar uns anos a pagares 29% de 70% dos rendimentos...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead