Visitante guilherm

PENHORA pagar ou não pagar?

7 publicações neste tópico

PENHORA pagar ou não pagar?

Sou trabalhador por conta própria e tenho uma dívida à Segurança Social (SS) referente a estes 3 ùltimos anos. A partir de hoje, tenho 15 dias para rergularizar a situação.

Tenho 2 opções:

1ª Pagamento na totalidade.

Não tenho disponibilidade financeira para o fazer

2ª Pagamento a prestações

A lei permite-me faze-lo ate 60 meses.

Mas tenho que apresentar garantias (garantia bancaria, bem imóvel, isenção e outra).

Para as 2 primeiras não posso dar garantias pois não tenho património  (não possuo casa nem viatura).

Restam a isenção e outra

O que posso fazer para requerer a isenção?

No futuro, posso ser herdeiro eu e mais um familiar de um apartamento e uma loja, na eventualidade de não poder pagar a dívida a SS, arrisco-me a ser penhorada a parte correspondente da minha herança?

Tenho uma conta conjunta com mais duas pessoas, que poderá ser penhorada? em 1/3 ?

Quais são as consequências de não pagamento da dívida?

Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Desconheço as condições em que podes pedir a isenção da apresentação de uma garantia, informa-te quanto antes junto da SS para o caso de ser preciso acrescentar mais alguma coisa ao requerimento...

Quanto à herança, se já houver um acordo de pagamento em curso, e desde que seja cumprido, a SS não irá atrás de penhorar mais nada. Se deixares de cumprir, tentam identificar bens teus (casa, carro, salário, contas bancárias, reembolso do IRS, etc) e penhoram-to de forma a conseguir reaver o dinheiro de volta...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Mas que lata a desta gente,

explica lá como conseguiste arranjar uma dívida à segurança social e não arranjaste patrimonio?

Vens aqui pedir conselhos para não pagar os impostos que a lei te obriga, estas a querer te te ensinem a não nos pagares.

Se tens uma conta bancária, vai lá levanta o dinheiro que lá tens e vai entregar à segurança social e tem mais um pouco de vergonha na cara quando vieres dizer essas coisas.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

explica lá como conseguiste arranjar uma dívida à segurança social e não arranjaste patrimonio?

Não é difícil - basta ganhar pouco, o suficiente para viver, e não fazer os descontos. Há imensa gente nessa situação (se bem que a maioria faz os descontos, claro).

Vens aqui pedir conselhos para não pagar os impostos que a lei te obriga, estas a querer te te ensinem a não nos pagares.

Não percebeste a pergunta - ele quer pagar, só que em prestações. O que está em causa é a isenção da apresentação de uma garantia bancária, não do pagamento da dívida ;)

Se tens uma conta bancária, vai lá levanta o dinheiro que lá tens e vai entregar à segurança social e tem mais um pouco de vergonha na cara quando vieres dizer essas coisas.

Se ele tivesse dinheiro, conseguiria apresentar a garantia bancária, digo eu...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Se não ganha para viver (viver inclui pagar os impostos) mais vale procurar outro trabalho.

PENHORA pagar ou não pagar?

Restam a isenção e outra

A que outra é que ele se está a referir?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Se não ganha para viver (viver inclui pagar os impostos) mais vale procurar outro trabalho.

O que também não é fácil nos dias que correm... infelizmente :P

Ok, tens razão :) O título é bastante sugestivo... esfola lá o gajo!

Mas continuo a achar que, sem conheceres quaisquer detalhes do caso, entrar "a matar" dessa forma é bastante despropositado :(

A que outra é que ele se está a referir?

É assim que diz na lei, imagino eu. Pelo menos se a frase já vem do lado da SS, eles costumam limitar-se a citar a legislação...

Deve referir-se a outra garantia, que não a imóvel nem a bancária. Sei lá, provavelmente é para abrir caminho a outras soluções que o chefe de finanças esteja disposto a aceitar... não sendo possível prever todos os tipos de garantias que possam aparecer, porque não deixar uma "porta aberta"?

Acho que aqui o importante é facilitar a possibilidade de conseguir chegar a um acordo para o pagamento em prestações, se o beneficiário disso precisar - sempre é melhor que nem sequer pagar...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

lamento não ter sido muito claro,

obviamento que quero pagar a dívida à SS.

Mas receio pelo futuro e unicamente gostava de saber as consequencias da eventualidade de poder falhar as prestações. Só isto.

No impresso que tenho que preencher para fazer o pagamento, tenho que apresentar garantias (garantia bancaria, bem imóvel, isenção e outra), e gostava de saber o que era a outra.

se alguém poder ajudar agradeço

obrigada

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead