p-mendes

Roubado pelo próprio banco: o que fazer?

10 publicações neste tópico

Boas pessoal,

Tenho aqui um problema que me surgiu e penso que poderei contar com as vossas opiniões e ajuda.

Basicamente é o seguinte:

Tenho uma conta num banco em Aveuiro, e recentemente foram efectuados uns levantamentos da minha conta, através duma caderneta (copia ou outra forma ilegal) sem ser a minha caderneta. O banco informou a toda força que foi com a minha caderneta.

Tenho fortes suspeitas que foi alguém do banco, que utilizou 1 caderneta falsa/copia/2ª via em meu nome.

Apresentei queixa-crime na Policia,e aguardo pelo veredicto.

Como agir agora? Quem devo contactar para apresentar este caso? Quais os meus direitos e indemnizações a que tenho direito?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O levantamento foi efectuado no balcão presumo. Ninguém no banco pode autorizar levantamentos no balcão sem a identificação. A caderneta só por si não pode ser suficiente para efectuar um levantamento. Quem efectua o levantamento terá de se identificar e terá de ser uma pessoa autorizada a movimentar a conta. Nas caixas automáticas é necessário inserir um PIN mesmo com a caderneta.

Se alguém efectuou levantamentos por ti e o banco autorizou a culpa não é tua. Apresenta queixa nas autoridades e apresenta reclamação no Banco de Portugal. Facilmente se prova que não foste tu, os bancos possuem circuito interno de CCTV com gravação e tem de existir um documento assinado aquando do levantamento.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado pela resposta, Lvsitano

Outro facto que sabemos (informação dada pelo banco) é que os levantamentos foram efectuados na caixa multibanco do banco (e não no balcão), com uma outra caderneta (copia ou 2ª via, nao sei) e com pin activado por esse alguém.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Aí agora já não é responsabilidade do banco. É questão de apresentar queixa nas autoridades competentes, deve estar tudo gravado no sistema de vigilância do banco.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Certo. Mas suspeitamos q essa tal caderneta foi obtida por algum elemento do banco e utilizada por esse elemento ou alguém cúmplice.

Tudo isto teve origem interna do banco, tudo indica isso.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A investigação compete à Polícia Judiciária.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Certo. Mas suspeitamos q essa tal caderneta foi obtida por algum elemento do banco e utilizada por esse elemento ou alguém cúmplice.

Tudo isto teve origem interna do banco, tudo indica isso.

Se não é indiscrição, foi uma quantidade muito elevada? apenas numa operação ou em várias?

é que por ex, na CGD o máximo diário que consegues levar com caderneta são 600 €, tal como no Montepio, por ex...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

para ter havido nova caderneta com activação de PIN, terá de haver um documento assinado por ti a comprovar esse novo pedido.

Esse pedido terá uma data de quando foi feito e a tua assinatura, bem como a validação dos dados pela pessoa que o fez ao balcão.

Podes pedir ao banco para ver esse comprovativo e ver se realmente é a tua assinatura.

Quem sabe se também vendo a data em que isso foi feito possas lembrar-te se estiveste realmente na agência nesse dia.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tens mesmo a certeza que é um funcionario do banco? Não será uma pessoa que tenha utilizado a tua caderneta?

Pergunto isto porque, achava e continuo achar que somente é possivel ter uma caderneta em vigor, não podem estar em vigor 2 cadernetas. Depois o pin da caderneta, primeiro a cgd dá um pin para activação da caderneta e depois podes mudar o pin, ou seja, se porventura mudaste o pin da caderneta então como é que um funcionario (agência) da cgd pode ter acesso ao pin da caderneta. Acho muito estranho.

Com as imagens tiras logo a certeza a pessoa, mas por vezes a solução mais simples poderá ser a correcta. E por isso acho mais provavel alguém utilizar a tua propria caderneta do que criar uma 2.ª caderneta.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A quantia não foi nada do outro mundo, mas também não foi pouco. Mas posso dizer que é bem mais do que a média do salário nacional. Seja como for, foi o suficiente para levar a conta quase ao zero.

A minha caderneta não foi porque sempre esteve em minha posse, bem guardada em casa. Depois porque mais ninguém tem acesso, e além disso esses levantamentos não constam na caderneta, logo é óbvio que foi utilizada uma outra caderneta (q só o banco é que pode imitir).

Segundo dito pela gestora de clientes, pelos vistos é possível atribuírem cadernetas e respectivo pin sem haver documento assinado pelos clientes. Uma grande falha do banco!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead