rod7

Poupança criativa

41 publicações neste tópico

Bom dia a todos, venho por este meio expor uma estratégia que costumo usar, tendo em conta muitos dos sábios conselhos aqui descritos. Não me querendo alongar muito, vou tentar expor o meu método.

Em primeiro lugar é necessário adquirir um mealheiro (bem eu uso um antigo frasco de café que resulta perfeitamente!!).

Em segundo lugar, usa-se o principio de não efectuar compras por impulso.

Agora a descrição do método, este método de poupança tem o principal objectivo de suprir a necessidade inicial (isto para não entrar em forretices,heheheh).

Vamos supor que necessito de comprar uma TV, a primeira abordagem leva-me a um preço de 1000€. Aqui temos o nosso valor de referência, agora começa a fase da reflexão, como por exemplo ver as especificações técnicas e verificar se necessito mesmo de todas as ligações que ela proporciona. Vamos imaginar que não, e que o modelo inferior é exactamente igual, sendo que apenas não tem umas funcionalidades que nunca irei usar!! e custa 950€. Não satisfeitos com a nossa pesquisa, vamos consultar os comparadores de preços na internet, tipo kuntokusta, etc. e verificamos que existe uma loja perto de nós onde a mesma TV custa 900€.

Por termos ponderado a compra, e feito a mesma de modo mais consciente poupamos 100€, e mais importante de tudo, conseguimos suprir a necessidade inicial. Os 100€ de diferença devem ser postos no mealheiro. Isto é, todo o diferencial que conseguimos obter deve ir para o mealheiro.

Lanço o desafio a todos vós que o façam durante uma semana, ou um mês e verão que é impressionante o dinheiro que fica no mealheiro.

O que descrevi para a TV, tem imensas aplicações no dia-a-dia, como por exemplo há um jornal que custa 1€ que tem uma notícia que me interessa (a minha necessidade neste caso é a notícia), vou à página da internet do jornal, se a notícia estiver lá supri a minha necessidade e consequentemente o mealheiro ganhou mais 1€.

Geralmente vou de comboio para o emprego, e verifiquei que por vezes bebia um café quando chegava à estação, não porque tinha necessidade do mesmo, mas para fazer tempo para apanhar o comboio, neste caso a necessidade era ocupar o tempo até o comboio chegar, solução passei a andar com um livro de sudoku na mala, que me ocupa bastante tempo, e já aconteceu ter perdido o comboio por estar distraido a jogar e ter de esperar por outro!!!!! A necessidade foi suprida e deixei de gastar 0,55€ por dia, sendo 0,55*5=2.75€ por semana que vão para o mealheiro.

Este metódo pareceu-me divertido, pois não corremos o risco de nos tornarmos forretas!! Pois tem por base suprir a necessidade, se por vezes não conseguirmos suprir a ncessidade, não é nenhuma derrota, pois só o facto de tentarmos arranjar alternativas é uma vitória, pois dantes nem pensavamos em alternativas.

Só mais uma coisa, pois isto já está a ficar longo, com os € acumulados, costumo colocar numa conta de poupança com objectivos de curto/médio prazo, o que dá muito jeito, pois de qualquer forma era dinheiro que eu ia perder se não reflectisse nos meus actos!!

Digo que com este método, numa semana normal (isto é, sem comprar televisões, heheheh) costumo colocar no mealheiro em média 13€, impressionante.

O desafio fica lançado, e penso que seria interessante que comparassemos os resultados obtidos.

Sem outro assunto,

ROD7

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

De facto cada um tem as suas "manias", pelo que eu também vou contar a minha:

tenho um mealheiro parecido ao do Rod7 e todos os dias lá ponho 1 moeda seja de que valor fôr (geralmente de € 0,50 ou € 1,00, mas podem ser de outros valores, claro); é incrível o dinheiro que se junta...... ;D

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sem dúvida, muito boa ideia. E se o mealheiro for acumulando muito dinheiro, convém meter a render.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Geralmente esse dinheiro serve para comprar algo que eu queira muito mas que não seja essencial; digamos que é uma espécie de "prémio", como por ex., uma mala, um perfume, uns sapatos giríssimos (as mulheres são terríveis..... ;D ;D), mas também já não seria a primeira vez que esse dinheiro servia para resolver alguma despesa não programada.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

esta idea é mais uma boa idea tais como outras que tenho lido neste forum, temos de aproveitar um pouco de cada maneira de como poupar e juntar uns euros.

Grão a grão junta a galinha o papinho.

Obrigado rod7 por partilhares esta tua estratégia de poupar. ::)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Geralmente esse dinheiro serve para comprar algo que eu queira muito mas que não seja essencial; digamos que é uma espécie de "prémio", como por ex., uma mala, um perfume, uns sapatos giríssimos (as mulheres são terríveis..... ;D ;D), mas também já não seria a primeira vez que esse dinheiro servia para resolver alguma despesa não programada.

No caso dos mais forretas, esse dinheiro reverta para a poupança  :D :D

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

No caso dos mais forretas, esse dinheiro reverta para a poupança  :D :D

Claro que isso já fica ao critério de cada um; a ideia é poupar; se eu não colocar estas moeditas de lado todos os meses custa-me muito mais dispender o dinheiro para comprar um perfume, por exemplo.... ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Um tipo de poupança diferente que faço é o abono dos meus dois filhos, que recebo junto com o meu ordenado, que sai no mesmo dia para uma conta que cada um tem em seu nome.

A ideia é que no futuro o utilizem na sua formação escolar (universidade).

Assim nessa data não me irá custar tanto investir na formação deles.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

ROD7, excelentes dicas. A poupança é [cada vez mais] o ponto de suporte de qualquer orçamento familiar. Todas as formas de incentivo à mesma são extremamente bem recebidas.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu juntamente com os meus pais faço o truque da garrafa de plástico cheia de moedas. Todos os dias punhamos lá 1e cada um e no final do ano dava para eles tirarem umas férias.

Outra forma de poupares é ficares um "viciado virtual" em qualquer coisa como cafés, tabaco etc. Todos os dias separas o dinheiro de 1 maço, 2/3 cafés e por aí fora.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Já tive um mealheiro com o meu marido, o porquinho.

Ao fim de alguns meses íamos de férias com $ amealhado.

Depois descobri que, à medida que retiamos $ para colocar no porquinho, fazíamos mais levantamentos no multibanco. Concluíndo, estávamos a juntar de um lado e a retirar do outro... :-\

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Aqui no escritório fazemos o seguinte:

No fim de cada mês, quando recebemos o salário, pomos 5€ numa caixa tipo mealheiro. Assim, quando chega a data de aniversário, com o dinheiro amealhado compra-se uma prenda do nosso agrado (perfume, conjunto de lingerie, etc, enfim, é o que dá ser mulher ;D) e, na altura do Natal, fazemos também um jantar. Por vezes o dinheiro não é suficiente para o jantar, mas já é alguma coisa.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sempre que preciso de algo, só me meto a comprar se tiver dinheiro para isso, na totalidade ou em parte.

A técnica que eu uso é a seguinte:

Guardo o dinheiro destinado a essa compra, aproveito o chamado crédito a prestações sem juros. A única despesa que acresce ao valor da compra é o valor do imposto de selo do contrato +/-5€.

Sei que, se num determinado mês não puder pagar essa prestação, tenho sempre aquele dinheiro de parte.

Assim, por norma, chego ao fim do contrato, com o bem e com o dinheiro que tinha destinado a essa compra.

Penso que é uma boa forma de poupar.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu tbm n compro nada a prestações nem que para isso tenha de ficar sem dinheiro. Acho que era uma maneira das famílias não "se enterrarem" em despesas mensais, apenas comprando aqueles pequenos luxos como as tvs, aparelhagens e etc de uma vez só, incluindo os automóveis. Mas aí já não é uma maneira criativa de poupar dinheiro.

Uma maneira criativa é mesmo essa das moedinhas na garrafa ou no porquinho. O chamado, em bom e belo português  "Migalheiro".

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Quantas e quantas vezes não fomos todos atacados por um ou mais impulsos consumistas que nós fazem chegar ao final do mês no vermelho ou quase lá...

Poupança criativa é :

- no dia a dia sair de casa apenas com 5 euros no bolso,

o essencial para o almoço sim porque pequeno almoço deve ser em casa mesmo um bolo e cafe não é pequeno almoço nem para o menino jesus

- deixar cartões (multibanco inclusive) em casa.

Não havendo dinheiro na carteira tb não se gasta e controla-se assim o impulso consumista! rsrsrrs

Mas se quizer tb pode sair de casa sem dinheiro ou então os 5 euros para uma eventualidade já não e mau.

O almoço sempre pode levar de casa se tiver condições no trabalho para efectuar a refeição e ai ainda poupar o dinheiro do restaurante.

Quando tiver mesmo de ir as compras (supermercado) leve apenas o dinheiro necessario para o basico ( aquilo que realmente precisa) e mais uma vez deixe cartões em casa ou melhor cartões só mesmo os que possibilitam descontos imediatos nas compras ( minipreço, modelo, continente)

Nem imaginam o que conseguem poupar no final do mes só com estas pequenas medidas.

Pensem que menos é mais.... menos lixo nas nossas casas é mais qualidade de vida e mais dinheiro nas nossas carteiras...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Visto que começo a ter de controlar os meus gastos, as medidas que eu "adoptei" foi um budget de 10eur diários (que me servem para peq. almoço, almoço e passagem pelo supermercado para comprar pão). Quando chego a casa e sobrou dinheiro (sobra sempre, nem que sejam 50c), vai tudo para dentro de um mealheiro. E só saio de casa com 10eur no dia seguinte.

Vou experimentar trazer uma merenda para o trabalho para comer de manhã e a meio da tarde que provavelmente vai envolver o pão que comprei no supermercado no dia anterior. Assim, talvez consiga meter no mealheiro 2 ou 3 euros por dia. :)

Os próximos passos passam por arranjar um mealheiro que seja "sustentável" (porque arranjei um que é preciso "inutilizar" quando for para abrir).

P.S. - Isto não é bem verdade... tenho sempre 20eur na carteira dos documentos para qualquer eventualidade (ter de apanhar um taxi ou afins) mas esses 20eur não costumam ser tocados. E também ando com o MB, claro. Mas eu sou paranóico.

Julgo que o importante mesmo é pensar bem antes de gastar e "stick to the plan!".

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

se tomares o pequeno almoço em casa tb consegues juntar ainda mais, com a vantagem de não estares a comer "porcarias" nos cafes.

eu tomo o pequeno almoço em casa e levo sempre um snack (fruta e iogurtes para comer ao lanche) o almoço é que esta mais dificil de corrigir.... a preguiça de acordar mais cedo de manha para fazer um almoço minimamente decente é mais forte ( tou a tentar  mudar).

se não fosse tão preguiçosa para levantar demanha era mais uns aereos que ficavam no bolso.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

o almoço é que esta mais dificil de corrigir.... a preguiça de acordar mais cedo de manha para fazer um almoço minimamente decente é mais forte ( tou a tentar  mudar).

Se quiseres mesmo fazer isso, é uma questão de resolveres o problema durante o jantar da véspera e não esperar pela manhã. Ou fazes comida a mais ao jantar para levar no(s) dia(s) seguinte(s) ou então aproveitas o facto de estar a cozinhar e juntas mais uma panela...

Dá menos confusão com a loiça também ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

ó "mim" isso é um bocado puxadote. 10€ por dia sao 180 aéreos ao final do mes, tirando os 50 cents dá para aí 170€. Isso já é muita fruta, podes tentar gastar metade disso

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

10€ por dia sao 180 aéreos ao final do mes, tirando os 50 cents dá para aí 170€.

Quais são os meses com 18 dias? ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

epa tendes razão, estava distraído :P

Dá para aí 210€

(meses com 18 dias deviam existir, só trabalhariamos 2ª 3ª 5ª 6ª)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Quando trabalho das 17h00 em diante o jantar por norma é feito no local de trabalho por alguém que saiba. Incluo-me nesse grupo  ;D. Os restantes lavam a louça e arrumam a cozinha.

Quando trabalho das 09h00 em diante é que não tenho hipotese de fugir aos condimentos "manhosos" das diárias.

O pequeno-almoço é sempre em casa, pelo qual gasto cerca de € 0,70 diários: Leite, fruta, pão/cereais e queijo/margarina/fiambre. Bem menos que se o tomasse no café/confeitaria e muito melhor.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

(meses com 18 dias deviam existir, só trabalhariamos 2ª 3ª 5ª 6ª)

;D ;D ;D

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

;D ;D ;D

Já me contentava com meses de 22 dias.  ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead