papidan13

Dúvidas mais malias e ANEXO G

6 publicações neste tópico

Boa tarde,

Tenho uma dúvida relativa a IRS que passo a expor:

- Em 2004 comprei em co-propriedade (50/50) uma casa por 210 mil euros pois vivia em união de facto

- Em 2010 surgiu a separação e passei a minha parte para a minha ex-companheira recebendo o valor de 11 mil euros como mais valia. Existia uma divida de 135 mil euros ao banco que ela integralmente assumiu.

- Tive despesas com essa transacção e o restante valor foi investido numa nova casa

– Tenho mais valias a declarar?

Será pedir muito indicarem quais os campos a preencher no anexo G do Modelo 3! :)

Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Deixa lá ver se percebi:

* Pagaste 105.000€ por meia casa em 2004

* Em 2010 recebeste 11.000€ pela venda da mesma, mais os 67.500€ de amortização da parte do crédito que estava em teu nome (já não está em teu nome, certo?).

Não recebeste mais nada? Se foi só isto não tiveste mais-valias, acho eu, só prejuízo. (e a tua ex ganhou uma dívida bastante significativa, bem se diz que raramente alguém sai a ganhar numa separação...)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A história é um pouco comprida. Quando adquirimos a casa por 210 mil foi com o lucro obtido da venda de uma casa que era pertença dela, cerca de 60 mil euros. Portanto, na separação, de imediato se descontou esse valor.

Recebi unicamente os 11 mil, o resto fui à conservatória assinar os papéis para passar tudo para nome dela e até aí paguei despesas.

É verdade que ela assumiu a divida ao banco, cerca de 135 mil euros, mas também ficou com um bem cuja avaliação ronda os 250 mil euros numa futura venda.

Obrigado pela ajuda,

miguel dantas

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A história é um pouco comprida. Quando adquirimos a casa por 210 mil foi com o lucro obtido da venda de uma casa que era pertença dela, cerca de 60 mil euros. Portanto, na separação, de imediato se descontou esse valor.

Recebi unicamente os 11 mil, o resto fui à conservatória assinar os papéis para passar tudo para nome dela e até aí paguei despesas.

A menos que no empréstimo tivesses uma "percentagem" maior do que a dela, o facto dela ter entrado com 60.000€ não interessa ao fisco porque não tendes isso registado em lado nenhum. Aliás, a casa foi registada em 50/50, ou seja, supostamente entraste tu com tanto dinheiro como ela.

Na escritura em que lhe vendes a tua metade, é dito qual foi o valor da venda? São apenas e só os 11.000€?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não interessou ao fisco mas interessou para partilhas! São as incongruências das leis neste país de faz de conta!

Não foi dito qual o valor, o acordo foi unicamente de transacção da dívida ao Banco para que ela ficasse com a casa. O empréstimo era de 150 mil, faltavam pagar 135 mil. Ao que juntou acertos de recheio da casa e perfez os 11 mil. Resumindo, da transacção supostamente recebi 11 mil, menos as despesas.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado pela atenção e desed já peço desculpa de alguma palavra mais "azeda" mas ainda me custa a digerir toda esta situação.

Obrigado por tudo,

MD

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor