carlosedumsilva

Recibos Verdes

14 publicações neste tópico

Bom dia,

Tenho dúvidas do pagamento de impostos quando trabalho com os recibos verdes.

Se tiver um ordenado de 1000€ como funciona o pagamento de impostos. Deduzo directamente no ordenado? ou é apenas no final do ano?

Desde já agradeço o vosso tempo.

Carlos

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Carlos

Se houver lugar a impostos (Iva,Irs), os mesmos são cobrados aquando da emissão do recibo. Tudo depende do enquadramento fiscal. Já estás colectado? Se sim, em que regime?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado Girassol,

Eu ainda não estou colectado. É mais umas dúvidas que tenho. Onde posso encontrar inf. sobre tudo isso?

A empresa que contrata diz que paga o IVA, mas eu queria chegar à reunião com informação mais concreta.

Carlos

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Iva, só paga se atingir um volume de negócios superior a 10 000€ ano. A retenção na fonte (IRS) é feita pela empresa julgo que pode ser 10% ou 20%. O maior problema é a segurança social. Pode pedir a isenção da mesma por um periodo de 1 ano. Depois disso a menos que tenha outro emprego (com salário base superior ao salário mínimo nacional) terá que começar a pagar e as taxas não são baixas. O melhor será ligar para as finanças  707 206 707 para esclarecer todas as duvidas. E ligar para a segurança social tambem. Não sei o número :-\

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Carlos, de uma forma geral e sucinta, funciona assim:

Se o montante que prevês receber durante um ano não for superior a 10.000€, em termos de Iva ficarás no regime de isenção (artº53º do código do Iva). O mesmo se aplica quanto à retenção na fonte de Irs, funciona da mesma maneira. No entanto a dispensa de retenção é facultativa.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Actualmente o valor mínimo a pagar à segurança social, no regime alargado (também há o obrigatório, desconta-se menos, no entanto as regalias sociais são menores) é de 195.56€.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Supondo então que o teu ordenado base será de 1.000.00€ e considerando um ano civil completo:

Salério base 1.000,00

Iva 20%      +  200,00

Sub-total    1.200,00

Irs 20%        -200,00

Total líquido  1.000,00

e caso venhas a descontar para a segurança social, ficarás mensalmente com um valor líquido total de 804.44€.

Relembro que a recibos verdes, considerando um ano completo e o que é feito por norma, só irás receber 12 meses, enqunto que um trabalhador por conta d'outrem recebe 14 meses(subsídio de férias e Natal)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sem esquecer de que os 200€ do IVA que recebeu irá ter de entregar ao estado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sim, o Iva cobrado nunca é para nós. No entanto e no âmbito de despesas efectuadas relacionadas com a actividade, o Iva dessas despesas é sempre dedutível, logo o imposto a entregar ao estado será menor.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado amigos

eu vou à reuniãoe acho que depois vou voltar a carga com perguntas se vocês não importarem.

Um abraço

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Carlos

Boa sorte para a reunião.

Qualquer coisa, não hesites em perguntar.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não há muito mais para dizer, apenas que, nesta modalidade:

- o seguro de acidentes de trabalho (obrigatório) fica por sua conta;

- Não tem direito a subsídios de natal, férias, alimentação;

- Férias pp ditas ficam ao seu critério dependendo do volume do trabalho que tiver;

- Se não descontar pelo regime geral terá de, a partir do 13.º mês (não é preciso pedir, é automático) pagar contribuições para a segurança social da seguinte forma:

1,5 x SMN x 25,4% (regime obrigatório)

1,5 x SMN x 32% (regime alargado)

A diferença entre um e outro é que o "alargado" tem subsídio de doença. Ambos não dão direito a subsídio de desemprego;

- A base tributável em IRS é calculada através da aplicação do coeficiente 70%, com mínimo de 3.125€, ao total dos serviços prestados partindo do princípio de que a escolha pelo regime simplificado lhe será favorável.

E MAIS IMPORTANTE:

- Um trabalhador a recibos verdes é um profissional liberal ou empresário em nome individual INDEPENDENTE, ou seja, não tem horários, não tem hierarquias, utiliza os seus próprios instrumentos de trabalho e trabalha para quem quiser (não está vinculado a um só "empregador").

Algumas empresas "esquecem-se" disto...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

E MAIS IMPORTANTE:

- Um trabalhador a recibos verdes é um profissional liberal ou empresário em nome individual INDEPENDENTE, ou seja, não tem horários, não tem hierarquias, utiliza os seus próprios instrumentos de trabalho e trabalha para quem quiser (não está vinculado a um só "empregador").

Algumas empresas "esquecem-se" disto...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead