Visitante ricsantos

Pagar segurança social duas vezes??

10 publicações neste tópico

Boa tarde.

Antes de colocar a minha questão, quero agradecer este fórum magnífico porque me tem esclarecido muitas dúvidas.

Trabalho por conta de outrem onde faço todos os descontos.

Como o ordenado é pouco, pretendo um extra e comprar/vender pulseiras ou outro tipo de artigos através de um site próprio ou um site de leilões.

A minha dúvida é como fazer tudo legal?

Abro actividade pelo site das finanças, como posso saber o CAE (acho que se chama assim) que devo escolher?

Fico isenta da segurança social? Em caso afirmativo, tenho de informar a SS de alguma coisa?

As vendas que pretendo fazer online não são nada relacionadas com a minha área de trabalho e também não devem ter muita muita saída. Estava a contar lucrar 100-200 euros por mês neste extra que já seria uma grande ajuda.

Agradeço as vossas respostas.

Muito obrigado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Abro actividade pelo site das finanças, como posso saber o CAE (acho que se chama assim) que devo escolher?

Fico isenta da segurança social? Em caso afirmativo, tenho de informar a SS de alguma coisa?

As vendas que pretendo fazer online não são nada relacionadas com a minha área de trabalho e também não devem ter muita muita saída. Estava a contar lucrar 100-200 euros por mês neste extra que já seria uma grande ajuda.

Agradeço as vossas respostas.

Muito obrigado.

Respondendo a parte da sua pergunta,se abrir actividade nas finanças e por conseguinte passar recibos verdes,tem de pedir uma declaração à sua entidade patronal em que esta atesta se já faz os descontos para a Segurança Social. Assim sendo fica isenta de mais pagamentos em relação à actividade a que se propõe. Deverá de se deslocar à S.S e talvez preencher alguma papelada que juntará a essa declaração. Pelo menos foi assim que eu fiz.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

De há uns anos para cá, não é preciso papelada - se os descontos por conta de outrem já são feitos à SS, o reconhecimento da isenção (por já estar a descontar pela atividade por conta de outrem) é, supostamente, automático.

Mesmo assim, convém ir ao site da SS um ou dois meses depois, para confirmar que está tudo em ordem ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Vá lá....já não é preciso papelada....mas confirmar convém sempre,não vá o diabo "torcê-las" ;D

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Respondendo á pergunta: depende. O codigo contributivo, em vigor desde Janeiro deste ano, diz-nos que, se pela actividade independente que terá, auferir mais que 80% do seu rendimento total do ano, então, ainda que desconte como trabalhador dependente, terá que descontar também como independente.

Lamento discordar mas esse limite dos 80% aplica-se às entidades contratantes, não aos trabalhadores independentes.

Para os trabalhadores independentes os requisitos para isenção são:

Artigo 157.º

Isenção da obrigação de contribuir

1 - Os trabalhadores independentes estão isentos da obrigação de contribuir:

a) Quando acumulem actividade independente com actividade profissional por conta de outrem, desde que se verifiquem cumulativamente as seguintes condições:

i) O exercício da actividade independente e a outra actividade sejam prestadas a empresas distintas e que não tenham entre si uma relação de domínio ou de grupo;

ii) O exercício de actividade por conta de outrem determine o enquadramento obrigatório noutro regime de protecção social que cubra a totalidade das eventualidades abrangidas pelo regime dos trabalhadores independentes;

iii) O valor da remuneração anual considerada para o outro regime de protecção social seja igual ou superior a 12 vezes o valor do IAS.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O que indica, está desactualizado segundo o actual codigo contributivo.

Não, não está. É a legislação em vigor, noção que é reforçada por este guia da S.S. ( http://www2.seg-social.pt/preview_documentos.asp?r=31599&m=PDF ) , que está nesta página dedicada ao novo código contributivo ( http://www2.seg-social.pt/left.asp?03.19 )

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom, quando alguém não quer reconhecer que está enganado não há de facto muito a dizer. Já apresentei todas as informações relevantes e, por acaso, até já li os materiais de formação da OTOC sobre o novo código contributivo. Daqui para a frente cada um pense o que quiser...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde!

Trabalho para a empresa A e para a empresa B que me fazem os respectivos descontos para a segurança social...para além deste trabalho passo recibos verdes a empresa A, terei que fazer descontos como trabalhador independente??

Obrigado

JP

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado pelas respostas.

Então vou fazer isso que dizem, abro actividade online e passados 2 meses vejo pela ss online se aparece lá a isenção, correcto?

Já agora, eu não passo recibo verde ou pelo menos não sei se tenho  ???

Eu faço uma venda no site de leilões e declaro essa venda, depois no final do ano somo tudo e faço os descontos.

Posso é arranjar um livro de facturas e enviar a factura ao cliente que me comprar algo ou mandar por email em pdf.

Posso fazer assim, certo?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A resposta do Pedro Pais está 100% correcta.

Cumprimentos

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead