Ariana

Créditos pessoais

30 publicações neste tópico

Boas. Parabens pelo vosso fórum! Aprende-se mesmo muito! Será que me podiam dar uma ajudinha?

Onde contratar um crédito pessoal de 5500,00 a 5 anos pelas melhores condições? A oferta é taaaanta!!! (e eu sou tãaaaao leiga... :-\) Alguém tem propostas?...

Obrigada, :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Nada como fazer uma maratona junto dos bancos. Tiras uma tarde e vais bater porta-a-porta a solicitar simulações para o credito que tu desejas. Provavelmente a melhor solução que venhas a encontrar será a do banco onde tens crédito à habitação ou aquele onde recebes o vencimento. Porém, a melhor sugestão que te posso dar é corres atrás da melhor proposta. E a melhor proposta não é aquela que seja mais fácil obteres o crédito mas antes a mais barato (leia-se TAEG mais baixa). Por isso, quase diria-te para esqueceres todos os credifins, crediboms, capital mais e por ai fora. Concentra-te nos bancos tradicionais.

Mais uma coisa, muitos bancos têm diversificado a sua oferta de crédito pessoal: automóvel, informatica, escola, etc, traduzindo-se em TAEG mais baixas que as de um crédito pessoal comum. Por isso, se o fim para que queres dar ao crédito pessoal se enquadrar numa das ofertas estandarisadas dos bancos melhor. Caso contrário, não deverás encontrar créditos pessoais com TAEG inferiores a 17%. Mas como te digo, nada como fazer um périplo pelas instituições financeiras!

;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigada, alcagoitas!

Por acaso o meu 1º impulso foi mesmo ver esses todos que não aconselhas... ::) Mas realmente, faz sentido o que dizes. Eu tenho conta no Santander Totta, onde domicilio o ordenado, mas tambem tenho conta no Big (já aberta depois de ter conhecido o vosso blog ;)) por causa da superconta, também já pedi o cartão visa universo do BPI (mas ainda não chegou...), e tenho o crédito habitação com a UCI, que não faz créditos pessoais... Algum destes é melhor que os outros?...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

As condições do crédito pessoal dependem muito da relação que tiveres com o banco e das possíveis garantias que possas oferecer. Em princípio o banco com quem trabalhas deverá poder oferecer-te melhores condições, excepto se eles já tiverem algumas razões de queixa  :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O banco BIG actualmente ainda não faz créditos pessoais.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Uma boa taxa para crédito pessoal é 6,5% mas até 10% não é nada de absurdo, dependendo se és cliente ou não cliente.

Credibons e afins são mesmo de descartar.

Na minha terra para negócios desse tipo feito com financeiras é costume utilizar-se a seguinte expressão "mais vale ir à corte e mata-los todos" que sendo rude não deixa de fazer sentido.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

melhor solução ainda e se achas que podes esperar para ter o que pretendes com o credito pessoal é esperares 1 ano até conseguires ter o suficiente para adquirir o que pretendes. Pode não ser uma solução rapida mas fica sem duvida bem mais barata e podes até conseguir um bom desconto pronto pagamento.

Tudo depende da urgência que tenhas.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

melhor solução ainda e se achas que podes esperar para ter o que pretendes com o credito pessoal é esperares 1 ano até conseguires ter o suficiente para adquirir o que pretendes.

eu não queria adquirir nada... :-[ eu queria era fazer como o alcagoitas aconselhou no tópico "gestão do cartão de crédito"... Contratar um crédito pessoal pelo valor de 6x as despesas mensais, para poder acabar de vez com a divida do meu cartão de crédito, que já vai em 1250,00, e tou a ver não consigo acabar com ela... :'(

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

eu não queria adquirir nada... :-[ eu queria era fazer como o alcagoitas aconselhou no tópico "gestão do cartão de crédito"... Contratar um crédito pessoal pelo valor de 6x as despesas mensais, para poder acabar de vez com a divida do meu cartão de crédito, que já vai em 1250,00, e tou a ver não consigo acabar com ela... :'(

Atenção que é preciso muito cuidado quando se começa a pedir empréstimos para pagar outros empréstimos. Para além de se ter o cuidado de confirmar que a nova taxa é realmente mais baixa que a do primeiro, há ainda todos os encargos inerentes à contratação de um novo empréstimo que fazem subir a factura - tipicamente acabas por pedir mais emprestado do que aquilo que já deves em primeiro lugar. Tens que fazer muito bem essas contas todas antes de avançar por essa via.

Para além disso, se já tens problemas de crédito vai ser muito difícil conseguir negociar uma taxa atractiva que faça com que valha a pena mudar - já tens "cadastro" e os bancos ficam mais reticentes e a segurança deles é cobrar taxas mais altas. Mas se até agora pagaste tudo a tempo e horas, então pode ser que ainda vás a tempo... realmente as taxas de um crédito pessoal costumam ser um pouco melhores que as do cartão de crédito. Tens é que fazer bem essas contas todas...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ariana,

O que o Paulo diz tem todo o fundamento.

Se tiveres interesse podias explicar aqui um pouco melhor quais são as tuas despesas, quanto estás a poupar por mês, etc... Pode ser que dessa forma consigamos dar-te um apoio mais direccionado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

quanto estou a poupar por mês ??? neste momento nada, se não contar com a renda que hei-de ganhar da casa que arrendei e que servirá para cobrir as despesas dela e o restante para por na superconta do big.

quanto são as minhas despesas por mês? Isso já é mais fácil de dizer... (embora não seja bonito de ver :-\)

casa nova: 405,00+212,00 multifunções

quotas casa nova: 12,50

luz: 29,00

água: 12,00

gás: 10,00

seguros vida e multiriscos para 2 casas: 53,00

portátil: 49,00

quotas casa velha: 10,00

gasolina: 80,00

cartão crédito: 29,00 no mínimo

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bem nas despesas de agua luz e gas sempre podes analisar ate que ponto consegues reduzir a tua factura adoptando novos habitos e adquirindo por exemplo redutores de caudal para diminuir o fluxo de agua; adoptar lampadas economizadoras, desligar as luzes quando não se esta no local, não deixar aparelhos em stand by, tomar duches rapidos.

Quanto aos seguros sempre podes tentar informar-te em diferentes companhias se podes fazer um só seguro que abranja as duas casas ( pode ser que reduza o valor do seguro) ou então procurar outras companhias que te façam preços mais em conta.

Para a prestação da casa (casas) sempre podes pedir uma simulação de transferencia de credito para ver se consegues uma prestação mais reduzida, ou tentar renegociar o spread. O não é sempre garantido por isso não custa tentar.

O portatil estas a pagar a prestações com ou sem juros? se for com tenta liquidar o mais rapidamente possivel essa divida e sempre são mais 49 que tens no final do mês.

Cartão credito .... simplesmente cancela-o ( evitas a tentação de usar e já não tens que pagar a anuidade).

E claro não falaste nas demais despesas mas é fundamental anotares todas as despesas que fazes mesmo as mais insignificantes para teres uma ideia exacta de para onde vai o teu dinheiro e depois e tentar cortar onde achas que podes e deves cortar.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bem nas despesas de agua luz e gas sempre podes analisar ate que ponto consegues reduzir a tua factura adoptando novos habitos

Já mudei para contador bi-horário, já tenho lâmpadas economizadoras, já tenho programadores em tudo o que é máquinas, já pus até garrafas de água nos autoclismos, só me faltam os redutores de caudal...

Quanto aos seguros sempre podes tentar informar-te em diferentes companhias se podes fazer um só seguro que abranja as duas casas ( pode ser que reduza o valor do seguro) ou então procurar outras companhias que te façam preços mais em conta.

os seguros tiveram de ser realizados junto da UCI, para poder ter spread mais baixo, se os mudar agravam-me o spread... >:(

Para a prestação da casa (casas) sempre podes pedir uma simulação de transferencia de credito para ver se consegues uma prestação mais reduzida, ou tentar renegociar o spread. O não é sempre garantido por isso não custa tentar.

Bem... acabei de contratar o crédito no dia 26 de Agosto... isso não era um pouco "impraticável"???

O portatil estas a pagar a prestações com ou sem juros?

Cartão credito .... simplesmente cancela-o ( evitas a tentação de usar e já não tens que pagar a anuidade).

o portátil é sem juros, e o cartão não é 29,00 de anuidade... é 29,00 de prestação mínima para pagar 1250,00 :o

Outras despesas... o café bebo em casa, o carro tá pago, cabeleireiro não vou, roupas e calçado já não compro há 1 ano pelo menos, comer fora... sim... ás vezes, tipo 2 a 3x por mês, uma média de 10,00 por x. E há o aluguer de filmes, que tb faço umas 4x por mês(1 por semana...) e que me fica a 2,85 de cada vez...  :(Fora isso, só mesmo as compras para a casa... mas já me disseram para não passar fome... ;D

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ariana, não tens um familiar ou amigo que te empreste 1000€ por 1 mês ou 2? Eu costumo ter quando preciso e quando posso também empresto.

Parece-me que o teu problema é o cartão de crédito. Os juros costumam ser altos e quanto menos pagas por mês, mais juros pagas. Eu nunca uso um cartão de crédito para esse efeito, mas o mal está feito.

No meu entender a melhor forma de resolver a situação é encontrar a melhor forma de pagar a despesa do cartão de uma só vez.

Para a próxima escolhe uma modalidade de pagamento a 100% e não deixes acumular a divida  ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

bem... coloca então os redutores de caudal rsrsr.

Quanto ao agravarem-te o spread se mudares o seguros penso que não o podem fazer pois o spread vem estipulado no contrato e a menos que esteja lá essa clausula de penalização caso canceles os seguros então não o podem fazer de maneira nenhuma.

Se o emprestimo é recente bem então resta esperar pelo menos 1 aninho até coloca-los na parede.... mas tb penso que não haja nenhum prazo estipulado para isso alegas que não estas satisfeita com o credito e que queres mudar... é do interesse deles não perder o emprestimo.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

bem... coloca então os redutores de caudal rsrsr.

Quanto ao agravarem-te o spread se mudares o seguros penso que não o podem fazer pois o spread vem estipulado no contrato e a menos que esteja lá essa clausula de penalização caso canceles os seguros então não o podem fazer de maneira nenhuma.

Se o emprestimo é recente bem então resta esperar pelo menos 1 aninho até coloca-los na parede.... mas tb penso que não haja nenhum prazo estipulado para isso alegas que não estas satisfeita com o credito e que queres mudar... é do interesse deles não perder o emprestimo.

Lê a escritura mas normalmente vem a clausula de penalização do seguros embora isso vá passar a ser ilegal e como renegociar os creditos vai passar ser gratis depois podes o fazer mas de qualquer forma esses seguros estão altos posso te fazer uma simulação mas ao que me parece estão bastante altos. O pessoal muitas vezes vai na cantiga de fazer o seguro no banco pq baixa o spread mas se fizer contas muitas vezes fazer fora mesmo com o spread mais alto compensa.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas. Mais uma x têm toda a razão!

Fui ler com atenção os contratos do meu crédito habitação e de facto não há menção a nenhum tipo de penalização por ter os seguros noutra instituição!

Ora isso significa que à 1ª oportunidade vou fazer na AXA, onde já tinha feito uma simulação e era mais em conta ;D

Obrigada pelas dicas!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas. Mais uma x têm toda a razão!

Fui ler com atenção os contratos do meu crédito habitação e de facto não há menção a nenhum tipo de penalização por ter os seguros noutra instituição!

Ora isso significa que à 1ª oportunidade vou fazer na AXA, onde já tinha feito uma simulação e era mais em conta ;D

Apenas uma nota que já li por aqui, não me lembro onde: quando os seguros estão noutra instituição, o banco "esquece-se" de ir comunicando as alterações do valor em dívida. Como um dos factores que influencia o prémio do seguro é o valor em dívida, não te esqueças de perguntar ao banco como funciona e/ou à seguradora o que deves fazer caso isso aconteça (não é que isso vá acontecer... mas não faz mal estares prevenida)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não faças só numa seguradora, atenção ás coberturas. Se quiseres posso tever fazer uma simulação da companhia com quem trabalho sem qualquer compromisso e assim já te orientas.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Posso sempre lembrar que pago € 17,68 mensais, para um capital em divida de € 77,500.

Idades 32 e 28 e isto para invalidez total e permanente.

A companhia é a Vitória Seguros, através de um mediador.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Afinal, o meu multiriscos vai ficar tal como está... Fui ver à Deco, e a Génesis é considerada uma escolha acertada(?!). Portanto, pelo menos esse vai ficar assim até ver...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Posso sempre lembrar que pago € 17,68 mensais, para um capital em divida de € 77,500.

Idades 32 e 28 e isto para invalidez total e permanente.

A companhia é a Vitória Seguros, através de um mediador.

Estás com um bom prémio sem duvida!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tenho uma questão para pôr relativa à TAEG ou melhor, à sua forma de cálculo.

Estive a ver os exemplos constantes da legislação (D/L 359/91, de 21/09), mas como percebo pouco de matemática fiquei na mesma.

A pergunta em concreto é esta:

Contraí um crédito ao consumo de 11.073,31 € a pagar em 72 meses sendo cada prestação de 245,68 €

Como cálculo a TAEG deste empréstimo?

Se alguém me puder explicar fico grato pela resposta.

Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

motard2000,

Tens de saber como é que essa prestação se divide em termos de pagamento do capital em dívida e pagamento do juro. A TAEG é o preço anual que tu pagas ao banco pelo empréstimo do capital, que eles te deram. De qualquer forma, para além desse preço, tens de devolver também o capital que eles te emprestaram. O que tu queres saber é qual é o preço global do empréstimo, portanto tens de saber qual é a parcela relativa a juros que pagas todos os meses. Além disso, tens de saber se essa parcela é sempre constante ou não, porque se não for não podes pegar numa prestação apenas e calcular a taxa de juro que te cobram pela totalidade do empréstimo.

Eu nunca pedi um empréstimo, mas deves ter ficado com uma cópia do contrato e lá há-de aparecer com certeza a TAEG do empréstimo não?

Mas acho que também se pode pensar assim:

Capital a devolver ao banco: 245,68€ x 72 = 17.688,96€  (é preciso que a prestação seja sempre constante)

Diferença para o empréstimo: 17.688,96€ - 11.073,31€ = 6.615,65€ -> É o montante que tens de entregar ao banco além da devolução do capital emprestado (portanto, juros).

Juros anuais: 6.615,65€ / 6 anos = 1.102,61€

Taxa anual global = 1.102,61€ / 11.073,31€ = 9,957%

Acho que não me enganei em lado nenhum...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Nico, não é assim tão simples.

Em primeiro lugar, no cálculo da TAEG entram TODAS as despesas com o crédito. Tudo o que seja comissões ou outros custos contraídos por causa do empréstimo (seguros, por exemplo) têm que ser tidos em conta e somados aos tais 17688,96€ finais.

Depois, não podes simplesmente dividir o juro por 6, porque os juros vão variando ao longo da vida do empréstimo porque o capital em dívida vai variando. Para teres uma ideia podes confirmar com o mapa de prestações do blog.

A fórmula para calcular a taxa de juro, a partir do capital em dívida, capital a pagar e número de prestações é bastante complexa. Antigamente fazia-se por métodos iterativos (tentativas). Hoje em dia com os computadores chega-se lá mas não encontrei nenhuma fórmula simples, acessível ao comum dos mortais.

Com os dados do motard calculei a TANB (por tentativas) e cheguei aos 17% (em vez dos 9,957% - vês a diferença?). A TAEG será sempre igual ou maior a este valor. Igual no caso de não haver outros custos para além dos juros; maior caso contrário.

Uma forma de obteres a TAEG é calculares o tal custo total no fim do empréstimo (prestações * 72 + outros custos) e a diferença para o empréstimo como o Nico fez. Depois usas o mapa de juros do blog (http://www.pedropais.com/wp-content/uploads/2007/04/mapa-de-juros.xls) e colocas o capital inicialmente em dívida e as prestações em falta. Depois vais jogando com o valor da taxa até que o "total de juros a pagar" te dê a tal diferença para o empréstimo...

Já agora, 17% é uma TANB um bocado alta, mesmo para crédito pessoal. Num banco arranjavas melhor, penso eu...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead