Visitante Teresa Neves

Fazer o quê com o dinheiro?

44 publicações neste tópico

Boa tarde

Ando com muitas dúvidas. Vou vender uma casa e vou obter algum dinheiro. Sou pessimista de natureza e no meu ver (que economicamente é de leiga) como Portugal não produz façam o que fizerem vêm aí tempos de muita tristeza, desemprego e fome. Então, o meu dilema é: meu companheiro adquiriu há 3 anos um apartamento (em nome dele) e eu com esse dinheiro abatia metade do empréstimo (e claro atraves de advogados que ainda não sei o processo metade da casa era minha e ele ficaria responsável pelo empréstimo) ou então colocaria num banco. Como estou certa que muitos ou todos irão à falência que me aconselham? E que tal colocar num outro pais em que a moeda não seja o euro? Cumprimentos

Teresa Neves

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde

Ando com muitas dúvidas. Vou vender uma casa e vou obter algum dinheiro. Sou pessimista de natureza e no meu ver (que economicamente é de leiga) como Portugal não produz façam o que fizerem vêm aí tempos de muita tristeza, desemprego e fome. Então, o meu dilema é: meu companheiro adquiriu há 3 anos um apartamento (em nome dele) e eu com esse dinheiro abatia metade do empréstimo (e claro atraves de advogados que ainda não sei o processo metade da casa era minha e ele ficaria responsável pelo empréstimo) ou então colocaria num banco. Como estou certa que muitos ou todos irão à falência que me aconselham? E que tal colocar num outro pais em que a moeda não seja o euro? Cumprimentos

Teresa Neves

Em relação a ir a falencia, desde que coloque um maximo de 100000 euros está abrangida pelo seguro.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde

Ando com muitas dúvidas. Vou vender uma casa e vou obter algum dinheiro. Sou pessimista de natureza e no meu ver (que economicamente é de leiga) como Portugal não produz façam o que fizerem vêm aí tempos de muita tristeza, desemprego e fome. Então, o meu dilema é: meu companheiro adquiriu há 3 anos um apartamento (em nome dele) e eu com esse dinheiro abatia metade do empréstimo (e claro atraves de advogados que ainda não sei o processo metade da casa era minha e ele ficaria responsável pelo empréstimo) ou então colocaria num banco. Como estou certa que muitos ou todos irão à falência que me aconselham? E que tal colocar num outro pais em que a moeda não seja o euro? Cumprimentos

Teresa Neves

;D ;D

Que tantas certezas

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sr. Oliveira, certezas não tenho mas há uma grande probabilidade de vir a acontecer. Depois falamos... ::) Espero que não aconteça mas, se não reparou eu escrevi que sou pessimista de natureza. Cumprimentos

Teresa

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Um conselho: sê simples.

Penso que o factor que será mais importante para decidires onde deves colocar o dinheiro é o teu relacionamento e não a falência dos bancos e a falta de produção.

Aquele esquema que falaste em pagar metade da casa do meu companheiro, vai-te criar um vinculo com ele e um dia, se a relação acabar, vais ter uma situação a resolver: a partilha da casa.

Penso que deves avaliar a tua relação e em função disso decidir. Se vires que tens uma relação estável podes optar pela tua ideia de partilhar a casa. Se não, podes sempre investir o dinheiro.

Se fosse eu na tua situação, optava por comprar uma casa para mim, eu "sustentava" a minha casa e a minha companheira a casa dela. Se a relação corresse bem e durasse óptimo éramos felizes e aproveitávamos muito  ;D Se a relação não corresse bem, cada um seguia a sua vida, não havia vínculos para resolver, logo menos dores de cabeça... Além disso, a compra de uma casa para ti podia ser vista como uma forma de investimento.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

se tens tanto receio relativamente ao teu dinheiro, aos euros, a Portugal e aos bancos portugueses não convertas o teu património em euros, mantém-o num activo imobilizado (o teu apartamento) e se agora não necessitas dele para viver rentabiliza-o no mercado de aluguer: assim tens o rendimento, mantens o activo que, em principio, não sofre a erosão do dinheiro, e estás a salvo de falências de bancos, do Estado e do euro ! 

acho que este é o melhor conselho que te posso dar. Mas.....

se, mesmo assim, achares que tudo vai falir e que o teu activo pode desaparecer - terramoto, incêndio, derrocada, etc - pois na verdade pelas tuas palavras eu não te achei pessimista, achei-te "funerária" o que ainda é pior.. , nesse caso vende tudo rapidamente e foge daqui e vai para o Novo Mundo - Austrália, América, Canadá, Nova Zelândia (esta é talvez a melhor opção, fica nos antípodas, mais longe é impossível) e começa uma vida nova, radiosa e luminosa - longe do euro, dos bancos portugueses, do Cavaco, do Sócrates, de Portugal em geral, do Trichet e da Merkel: esta seria uma solução radical mas para o teu grau de pessimismo parece-me a melhor solução, para grandes males grandes remédios, não fiques cá a aguardar a derrocada final, foge rapariga !

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom, tive que me rir com o último comentário. Sou mesmo uma funerária e as ideias que apresentou como ir para outro país trabalhar já me passou pela cabeça :) Aos restantes comentários já tive minha casa arrendada e foi um pesadelo (aliás há um tópico sobre isto onde escrevi). Cumprimentos

Teresa

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ando com muitas dúvidas. Vou vender uma casa e vou obter algum dinheiro.

....

Mas já vendeu a casa?

Vai uma grande distância entre a decisão de a vender e a obtenção do produto de venda, atendendo ao tal mercado de que tanto desconfia!...

se tens tanto receio relativamente ao teu dinheiro, aos euros, a Portugal e aos bancos portugueses não convertas o teu património em euros, mantém-o num activo imobilizado (o teu apartamento) e se agora não necessitas dele para viver rentabiliza-o no mercado de aluguer: assim tens o rendimento, mantens o activo que, em principio, não sofre a erosão do dinheiro, e estás a salvo de falências de bancos, do Estado e do euro ! 

....

se, mesmo assim, achares que tudo vai falir e que o teu activo pode desaparecer - terramoto, incêndio, derrocada, etc - pois na verdade pelas tuas palavras eu não te achei pessimista, achei-te "funerária" o que ainda é pior.. , nesse caso vende tudo rapidamente e foge daqui e vai para o Novo Mundo - Austrália, América, Canadá, Nova Zelândia (esta é talvez a melhor opção, fica nos antípodas, mais longe é impossível) e começa uma vida nova, radiosa e luminosa - longe do euro, dos bancos portugueses, do Cavaco, do Sócrates, de Portugal em geral, do Trichet e da Merkel: esta seria uma solução radical mas para o teu grau de pessimismo parece-me a melhor solução, para grandes males grandes remédios, não fiques cá a aguardar a derrocada final, foge rapariga !

:D  :D  :D

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá

Os "medos" da Teresa também eu os tenho e penso que muitos de nós!

Também já pensei em colocar algum do meu capital num Banco Espanhol sólido tipo Santander pois resido perto da fronteira.

Assim agradecia toda a informação que me possam dar sobre a viabilidade de abrir uma conta a prazo em Espanha. Quais os procedimentos e documentos necessários e já agora em que banco colocar o capital.

Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá

Os "medos" da Teresa também eu os tenho e penso que muitos de nós!

Também já pensei em colocar algum do meu capital num Banco Espanhol sólido tipo Santander pois resido perto da fronteira.

Assim agradecia toda a informação que me possam dar sobre a viabilidade de abrir uma conta a prazo em Espanha. Quais os procedimentos e documentos necessários e já agora em que banco colocar o capital.

Obrigado

O risco sistémico da banca espanhola é superior ao da banca portuguesa. Se considera elevado os riscos de uns também deve considerar os dos outros. No entanto, o Santander de facto é muito grande para ir ao charco e é um banco bem gerido.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu não tenho medo de este ou aquele banco falir, tenho é medo da falencia de Portugal...pois aí é que nenhum fundo nos vale.

???

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não sejam tão pessimistas, não vai acontecer nada a Portugal sem ser a crise que já estamos a passar, eventualmente vamos passar um 2011 e 2012 complicados mas a tendência será de recuperarmos bem, a UE é demasiado forte para entrar em colapso e o euro é uma das moedas mais fortes do mundo, sejamos realistas, isto está muito sensionalismo à volta desta situação. Se o FMI vier a Portugal isso sim será optimo, significa que os nossos "gestores" não sabem gerir o país, o que é exactamente o que se pasa, se não fossem eles não estavamos nesta situação. Sendo assim com o FMI talvez a forma de gestão altere e aparecem pessoas com capacidade de nos levar a bom porto.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

migmac

é a 1ª vez que ouço alguém dizer que era óptimo vir aí o FMI por significar que os nossos governantes não sabem gerir o país.

Achas isso óptimo ?  Achas que esse atestado de incompetência era óptimo ?

E também acho que tu não percebes nada do que se está a passar: na realidade uma parte do que se passa será culpa nossa ( e não só dos nossos governantes, informa-te sobre a parte da dívida portuguesa que é de particulares e não do Estado... olha lá, quantas vezes trocaste de telemóvel nos últimos anos...? ), mas outra parte, talvez a maior, é culpa de um sistema financeiro internacional que entrou numa derrapagem de ganância descontrolada devido a muitos factores - entre os quais alguns que os nossos governantes não controlam como a derrocada do sub-prime nos EUA. 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

migmac

é a 1ª vez que ouço alguém dizer que era óptimo vir aí o FMI por significar que os nossos governantes não sabem gerir o país.

Achas isso óptimo ?  Achas que esse atestado de incompetência era óptimo ?

E também acho que tu não percebes nada do que se está a passar: na realidade uma parte do que se passa será culpa nossa ( e não só dos nossos governantes, informa-te sobre a parte da dívida portuguesa que é de particulares e não do Estado... olha lá, quantas vezes trocaste de telemóvel nos últimos anos...? ), mas outra parte, talvez a maior, é culpa de um sistema financeiro internacional que entrou numa derrapagem de ganância descontrolada devido a muitos factores - entre os quais alguns que os nossos governantes não controlam como a derrocada do sub-prime nos EUA. 

Eu tal como o outro user acho bom vir ca o FMI.

E outra coisa, o que tem a ver o trocar de telemovel com a divida? Eu posso trocar de telemovel se tiver dinheiro e me apetecer. Já se for de carro isso e outra coisa....

E achas bem que todos os dias os mais ricos estejam sempre a roubar os mais pobres????

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Em relação a ir a falencia, desde que coloque um maximo de 100000 euros está abrangida pelo seguro.

Chamemos as coisas pelos nomes.

Não é seguro. É Fundo de Garantia de Depósito.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Chamemos as coisas pelos nomes.

Não é seguro. É Fundo de Garantia de Depósito.

Exactamente, a senhora do Bcp é que me falou em seguro e isso ficou-me na cabeça.

Mas ja agora: Esse fundo é mesmo seguro, isto é, se acontecer alguma coisa aos bancos posso reaver o meu dinheiro?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Chamemos as coisas pelos nomes.

Não é seguro. É Fundo de Garantia de Depósito.

E os 100000 euros vigoram só até ao fim de 2011, informem-se para não se sentirem enganados.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

migmac

é a 1ª vez que ouço alguém dizer que era óptimo vir aí o FMI por significar que os nossos governantes não sabem gerir o país.

Achas isso óptimo ?  Achas que esse atestado de incompetência era óptimo ?

E também acho que tu não percebes nada do que se está a passar: na realidade uma parte do que se passa será culpa nossa ( e não só dos nossos governantes, informa-te sobre a parte da dívida portuguesa que é de particulares e não do Estado... olha lá, quantas vezes trocaste de telemóvel nos últimos anos...? ), mas outra parte, talvez a maior, é culpa de um sistema financeiro internacional que entrou numa derrapagem de ganância descontrolada devido a muitos factores - entre os quais alguns que os nossos governantes não controlam como a derrocada do sub-prime nos EUA. 

Não vou comentar muito visto este não ser o tópico correcto para esta discussão, não concordo com os teus comentários, a entrada do FMI é mau, mas pior é continuarmos como estamos. Por outro lado é pena que ainda se consiga convencer que o povito é que tem culpa da situação porque compra telémoveis todos os anos. Muito resumidamente o problema está na despesa pública (máquina gigante do estado que não funciona) e que não está a ser correctamente gerida, os desperdícios dariam para comprar milhares de telemóveis diariamente

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa noite

Gostei de ler todos os comentários excepto quando parte para a agressividade. Acho este blog excelente e aprendo muito. O facto de eu ser pessimista: sei que cada um tem sua opinião, a qual respeito mas, neste caso, acho que estou a ser realista. Bom, espero que estejamos todos cá para posteriormente debatermos o caso e bem :) Portugal está enterrado e um país que tem pouca agricultura e pouca industria não pode nunca combater uma divida externa . Ou muitos dos senhores se voltam para agricultura (e não para receber subsidios para jipes mas, sim para produzir) ou vamos estar mesmo "tramados". A minha opinião é de leiga e vale o que vale. Em relação à vivenda ainda não a vendi mas, estou certa que em menos de seis meses vou vende-la. Vou aplicar o dinheiro na compra de metade deste apartamento e o restante será para dividir em três outras moedas. Se não o vender fico na mesma como estou. Obrigada pelas respostas e Deus queira que eu seja uma "funerária".

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ou muitos dos senhores se voltam para agricultura (e não para receber subsidios para jipes mas, sim para produzir) ou vamos estar mesmo "tramados". A minha opinião é de leiga e vale o que vale.

A tua opinião está correcta... Tendo esse dinheiro em cash porque não pensas em investir num projecto agrícola?

Plantação de morangos em hidropônia parece que tem uma rentabilidade jeitosa, estou a começar a ler sobre o assunto.

Em vez de investires em 3 moedas e em produtos financeiros, apostas na produção nacional  :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa noite

Minha familia tem duas herdades no Alentejo e estou-me a implementar como jovem agricultora. Infelizmente, sou muito conhecida em Portugal e no estrangeiro a nível avicola mas, como acontece com muito licenciados bom trabalhadores, ninguém me dá uma oportunidade em Portugal (tenho o maior site de avicultura português e propostas para o estrangeiro). No entanto, acho que neste momento Portugal precisa de gente a produzir e vou tentar até porque, ir para o estrangeiro com uma bebé pequena para mim, neste momento, é impensável. É no ramo da olivicultura. Cumprimentos

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tive a fazer uma leitura do teu site e pareceu-me muito interessante. Parabéns pelo site e votos de sucesso no investimento agrícola! :)

Só uma duvida: queres desenvolver um projecto na área da olivicultura ou é a tua família tem um projecto de olivicultura?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sou eu mesmo que estou a desenvolver a actividade junto com meu pai (sou sócia gerente da empresa). Neste momento, foi aceite o projecto de investimento e vou receber um montante considerável. Já encomendei um tractor :)  Tenho orgulho em dizer que também já tirei a licença de tractores e o curso de Aplicação de Produtos Fitofarmaceuticos. No futuro (muito longinquo) gostaria de ter lagar e exportar o azeite. Felizmente, já conheço muitos jovens a seguir a actividade agro-pecuária com sucesso e é disso que nós precisamos. Vou ler acerca dos morangos :) Cumprimentos

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tens toda a razão em ter orgulho, eu também teria se estivesse no teu lugar... Vais ter o teu lagar!  ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Minha familia tem duas herdades no Alentejo e estou-me a implementar como jovem agricultora. Infelizmente, sou muito conhecida em Portugal e no estrangeiro a nível avicola ... (tenho o maior site de avicultura português e propostas para o estrangeiro).

No entanto, acho que neste momento Portugal precisa de gente a produzir e vou tentar até porque, ir para o estrangeiro com uma bebé pequena para mim, neste momento, é impensável. É no ramo da olivicultura. Cumprimentos

Este tópico deve interessar a titulo de curiosidade: http://www.pedropais.com/forum/index.php/topic,1926.0.html

Portugal deveria virar-se para si (para o seu interior, para a sua riqueza natural) e não para o que lhe dizem lá de fora (apoios para não produzir). Em vez de estar tudo concentrado no meio citadino, dever-se-ia fomentar a vida no interior desenvolvendo novamente a agricultura e a indústria tal como havia umas décadas atrás em que todos se ajudavam uns aos outros (se calhar é uma utopia, mas a situação tal como está não é a melhor)!...

Espero que consiga. Siga os seus sonhos e "lute" por eles!...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead