kafu

Resgate PPR

15 publicações neste tópico

Bom Dia,

Em primeiro lugar gostaria de dar os parabens a este Forum, porque sem dúvida é dos foruns que frequento o que mais se aprende, e tambem com montes de ideias e soluções bastante úteis.

A minha questão neste momento é a seguinte, à mais ou menos 1 ano e meio fui "obrigado" a subscrever um PPR para que os meus amigos do banco baixassem o spread em alguns pontos. Neste momento e visto que ainda sou bastante novo (32 anos) não me parece uma boa opção ter um PPR, com tantas opções bem mais vantajosas e com muito maior disponibilidade. Uma vez que sempre esteve no meu horizonte fazer o resgate antes do tempo previsto, nunca utilizei o PPR como beneficio fiscal no IRS. Poderei então resgatar o PPR sem custos?

Obrigado desde já

Kafu

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

eu penso que sim já que nao o utilizaste como beneficio fiscal. Quanto ao seres muito novo já n concordo porque penso que devemos "também" ser nós a tratar da nossa reforma.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu percebo o que dizes, só que o dinheiro nos dias que correm é escasso, e todo o que vier é de ganho. Quando tiver a vida mais estável, espero que não dure muitos anos, ai sim posso pensar seriamente a começar a fazer umas poupanças.

Obrigado

Kafu

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Estou mais ou menos na mesma situação e também já pensei fazer o resgate total.

o meu caso pago 25€/mês mas, neste momento, o saldo que lá tenho é inferior ao valor que já paguei. Um resgate implica, obviamente, perder dinheiro. No meu caso o PPR tem também um seguro, mas nem conheço bem as condições. Por isso só me resta continuar a pagar 25€/mês. Aos 65 anos pode não ser grande coisa mas o que pago também não é muito.

Por isso a minha opinião é, deixa estar.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A minha questão neste momento é a seguinte, à mais ou menos 1 ano e meio fui "obrigado" a subscrever um PPR para que os meus amigos do banco baixassem o spread em alguns pontos.

Em primeiro lugar, se isso realmente aconteceu a primeira coisa que deves fazer é apresentar uma queixa no Banco de Portugal porque, por lei, o "cross-seling" (subscrever produtos para baixar o "spread") é proibido. O que te aconteceu a ti foi o que sucedeu com milhares de portugueses que, em tempos, foram persuadidos a comprar acções do BCP para terem um "spread" mais baixo no Millennium bcp. Resultado: o BCP está a ser impugnado por tal situação.

Se deves ou não resgatar o PPR, a minha resposta é a seguinte: depende. Se o PPR que tens se enquadram na categoria D (mais de 35% do portefólio está investido em acções), como o SGF Património Acções ou o BPI Reforma Acções, e tendo em conta a tua idade (32 anos), não me parece que seja uma má opção. Caso contrário o melhor será procurares outras opções, tanto mais que não tiveste qualquer benefício fiscal no passado por esse investimento. A solução, por derá, por exemplo, passar pela subscrição de um fundo de acções global ou europeu, seguida de uma disciplina mensal de reforço de 25, 50 ou até 100 euros, dependente da tua poupança mensal.

;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado Alcagoitas!!!!

O PPR que tenho é BPI Reforma Investimento, e por acaso não sei qual a percentagem que aplicam em acções (talvez me possas ajudar).

O que é certo é que neste momento tenho menos em carteira do que investi!!!! Belos negócios!!

Cumprimentos

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não sei se foi a mesma situação, mas eu abri o PPR para manter o Spread zero no primeiro ano, e não para o baixar.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Em primeiro lugar, se isso realmente aconteceu a primeira coisa que deves fazer é apresentar uma queixa no Banco de Portugal porque, por lei, o "cross-seling" (subscrever produtos para baixar o "spread") é proibido.

Saiu um decreto-lei há dias a dizer justamente isso (DL 171/2008) , mas só entra em vigor dia 25. Quer dizer que antes disso já era proibido e este Decreto-Lei só veio esclarecer?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Que eu tenha conhecimento sim. É ilegal os bancos recorrerem ao "cross-seling" de produtos tendo como justificação a redução do "spread" ou qualquer outro "bónus". Porém, o que acontece, é esta questão ser escamoteada como aconteceu com as pessoas que recorreram ao BCP para fazerem um CH e sairam de lá com meia dúzia de acções, quando nem sequer sabiam o que eram acções!

Mas a verdade é que os bancos continuam a fazê-lo refugiando-se em spreads baixos apenas quando os clientes subcrevem cartoes de credito,debito, CPH, PPR, domiciliação do ordenado, débitos directos, subscrição de fundos de investimento, etc...

É mais uma ilegalidade financeira da nossa tão adorada banca nacional a juntar-se aos arredondamentos dos empréstimos e a tantas outras cobranças pouco ou nada transparente!

Obrigado Alcagoitas!!!!

O PPR que tenho é BPI Reforma Investimento, e por acaso não sei qual a percentagem que aplicam em acções (talvez me possas ajudar).

O que é certo é que neste momento tenho menos em carteira do que investi!!!! Belos negócios!!

Cumprimentos

Quanto ao teu PPR, diria que era boa ideia pedires a transferência para o Reforma Acções. Por serem geridos pela mesma gestora não tens que pagar qualquer comissão. Mas não te iludas: continuará a haver anos mais positivos que outros, porém, no longo prazo, acredito que será uma boa aposta.

;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Uma vez que sempre esteve no meu horizonte fazer o resgate antes do tempo previsto, nunca utilizei o PPR como beneficio fiscal no IRS. Poderei então resgatar o PPR sem custos?

Quanto ao teu PPR, diria que era boa ideia pedires a transferência para o Reforma Acções. Por serem geridos pela mesma gestora não tens que pagar qualquer comissão. Mas não te iludas: continuará a haver anos mais positivos que outros, porém, no longo prazo, acredito que será uma boa aposta.

Seja como for, um dos principais atractivos do PPR e que contribuem para aumentar a sua rentabilidade são os benefícios fiscais (sem isso o produtos torna-se desinteressante - a rentabilidade é "comida" pelas comissões que estes produtos costumam ter). Se decidires mantê-lo, sugiro que passes a tirar partido dos benefícios fiscais ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Se resolver manter o PPR, poderei no próximo ano declarar as poupanças do PPR relativas a 2007, que não declarei?

Obrigado

Cumprimentos

Artur Nunes

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não sei se poderá resgatar o PPR sem custos, mesmo que não tenha usado esse ppr em benefícios fiscais. Os ppr's gozam também de benefícios em IRS, enquanto um depósito a prazo tem retenção na fonte de 20%, os ppr apenas tem de 8%, ou seja sobre os juros apenas incide 80% de taxa de retenção na fonte.

Neste sentido, penso que não poderá levantar o ppr sem penalizações...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não sei se poderá resgatar o PPR sem custos, mesmo que não tenha usado esse ppr em benefícios fiscais. Os ppr's gozam também de benefícios em IRS, enquanto um depósito a prazo tem retenção na fonte de 20%, os ppr apenas tem de 8%, ou seja sobre os juros apenas incide 80% de taxa de retenção na fonte.

Neste sentido, penso que não poderá levantar o ppr sem penalizações...

Atenção que esses 8% só se aplicam se o dinheiro estiver investido mais do que um certo número de anos. E não é exclusivo dos PPRs, qualquer aplicação em que só se veja o retorno ao fim de mais de 5 anos tem IRS à taxa de 16% e a partir de 8 anos à taxa de 8%

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Nem todos os produtos usufruem da redução da tributação quando aplicados à mais de 5 anos. É o caso dos fundos de investimento, das acções (que ao fim de 12 meses não sofrem qq tributação). Essa "benesse" é dada a apenas alguns produtos como são os PPR, seguros de capitalização, produtos estruturados.

kafu: o PPR BPI Reforma investimento está inserido na Categoria C, podendo investir entre 15% e 35% em acções (consulta a ficha de rendibilidades da APFIPP para confirmares). Quanto às declarações para fins de IRS dos reforços feitos ao longo do ano na constituição do PPR, só poderão ser declarados anualmente. Isto é: para o IRS de 2008 só entram para fins de benefício fiscal os reforços feitos em 2007. Para o IRS de 2009, apenas contam as transacções realizadas em 2008. Significa que os movimentos feitos em 2007, que tu não declaraste e não tiveste qq benefício fiscal, no caso de resgatares esse montante, o processo será igual ao de um fundo de investimento: o ganho/perda é feito pela simples diferença entre a unidade de participação do PPR na hora da venda pelo valor da UP no momento da compra. Isto se não houver lugar ao comissionamento de resgate, que, no caso dos PPR do BPI, acho que apenas ocorre se o tempo entre a compra e a venda ocorrerem num período inferior a 180 dias (confere no prospecto do PPR).

;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

boa noite 

fui  levado a fazer um ppr .por 8 anos .diziam-me que era a melhor  rentabilidade  na altura

que  nunca era  penalizado.blabla

agora  quero resgatar ,o banco  diz-me que tenho que pagar 17% mais um por cento

apesar  de  nunca ter tido  beneficios  fiscais .a deco  diz que eu  so tenho que pagar ao banco um por cento o resto entra  no meu irs,entretanto  o banco  fez uma conta  causionada ,com o  mesmo  ppr .ker  dizer eu estou a  caussionar o meu  proprio dinheiro

nao  sei  como  fui nessa  jogada .e agora nao sei  como  sair  dela

se  me  poderem  esclarecer  agradecia

obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead