CFinanceiro

Bancos com melhores preços no CH vão aumentar spreads no inicio do ano!!!

51 publicações neste tópico

Mas não digam nada a ninguém ;-)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

:o

mas para novos contratos, só, espero....???

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
mas para novos contratos, só, espero....???

Obviamente... nos contratos antigos só podem mexer no spread com o acordo do cliente ou caso o contrato já o preveja...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

:o

mas para novos contratos, só, espero....???

Atenção ao tempo limite para escriturar!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Já agora qual é tempo limite?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Depende de banco para banco, mas convém saber isso para depois não ter supresas!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

ora bem, antes que se instale o pânico,  por favor ajudem-me a perceber:

Eu tenho crédito aprovado, e saiu hoje mesmo a avaliação. O banco (caixa galícia) ligou-me a informar do relatório de avaliação e por questões de isenção de IMI (além da confusão habitual de dezembro) marcamos a escritura para dia 04/01.

acham que tenho que me preocupar?  :-[

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

segunda feira vao dar a resposta relativamente à aprovação ou nao do credito habitação...portanto ate ao final do ano vao dar a simulação que terá que ser respeitada quando escriturar a casa em 2011, certo?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Normalmente nas cartas de aprovação vem o spread com que o banco se compromete e um prazo durante o qual aquela proposta é válida. Desde que a escritura seja feita dentro desse prazo não têm nada com que se preocupar.

O que o CFinanceiro provavelmente queria era alertar as pessoas que andam a tratar de arranjar um crédito habitação para tentarem ter o processo todo definido antes do fim do ano... não era para lançar o pânico, suponho ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

:)

eu sei. eu é que "panico" facilmente :D

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Normalmente nas cartas de aprovação vem o spread com que o banco se compromete e um prazo durante o qual aquela proposta é válida. Desde que a escritura seja feita dentro desse prazo não têm nada com que se preocupar.

O que o CFinanceiro provavelmente queria era alertar as pessoas que andam a tratar de arranjar um crédito habitação para tentarem ter o processo todo definido antes do fim do ano... não era para lançar o pânico, suponho ;)

Isso mesmo ;-)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

:)

eu sei. eu é que "panico" facilmente :D

Não panique que não vale a pena ;-)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obviamente... nos contratos antigos só podem mexer no spread com o acordo do cliente ou caso o contrato já o preveja...

O que é uma grande injustiça!...  :-X

Ou ainda, quando o cliente deixa de cumprir com o estipulado no contrato. Se, por exemplo, contratou o seguro de vida para reduzir o spread e a meio muda de companhia de seguro porque lhe fazem mais barato, arrisca-se seriamente a ver o seu spread agravado (entre 0,3 e 1 virgula muitos, depende de banco para banco. Pelo menos até as condições voltarem à situação anterior, isto é, de cumprimento integral do contrato)!...  ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde

Voi aqui expor a situação do meu crédito habitação para que se possível  obter a vossa opinião.

Depois de consultar o meu banco e outros bancos avancei para um pedido de aprovação de crédito habitação no BBVA.

O Crédito foi aprovado, foi-me dito no dia 3 do corrente mês (Dezembro) que o crédito foi aprovado com todas as condições acordadas. Essas condições incluem um spred de 0.4% porque estou apenas a pedir financiamento de cerca de 40% do valor do imóvel, o restante será pago com capital meu. Claro que para esse spred teria que ter seguros o banco, o meu ordenado e da minha esposa lá domiciliados, cartão de débito e crédito e ainda um ppr de 25 euros por mês. Para obter este spred aceitei as condições, embora os seguros sejam caros compensava e muito. TAER de cerca de 2.7%, muito bom comparado com os outros bancos.

Avançamos para avaliação e o imóvel foi avaliado em 130000 mil euros, acima dos 125000 que eu disse ao banco que seria o valor.

Até aqui tudo bem até que sexta-feira passada me telefonam do banco a dizer que teria que escriturar até ao fim do ano porque senão a partir de 2 de Janeiro as condições iriam alterar-se o spred subiria para 0.75.

Fui ao banco falar sobre isto e questionar como era possível um crédito aprovado no inicio deste mês não me garantir as condições pelo menos até Janeiro pois é-me impossível escriturar já pois o construtor ainda espera pelas licenças de habitabilidade. Pedi ainda as cartas de aprovação do crédito e disseram que não mas poderiam dar mas que o crédito estava garantido e aprovado mas que o spred de 0.4 só era válido até ao fim do ano e que para 2011 o spred seria de 0.75. Argumentei se as condições aprovadas não teriam que ser válidas por 60 dias ao que me responderam que no caso deles só era válido por 30 dias.

Como não disponho de nenhum documento que comprove a situação pois recusam-se a dar-me as cartas de aprovação sei que não posso fazer muito. Acabei por dizer ao banco para então guardar o crédito para eles pois prefiro pagar 1.2 de spred noutro banco em que possa confiar na palavra das pessoas e em que não esteja sujeito a que se lembrem de aumentar o spred para o dobro na véspera das escrituras…

O queria saber é se o banco pode agir assim não me dando nenhum comprovativo da aprovação do crédito e pressionando-me para escriturar e se esta situação justificará uma exposição ao banco de Portugal.

Quanto ao crédito o BBVA está fora de questão pois não trabalho com pessoas desonestas que na minha opinião estão a pressionar-me desta forma simplesmente para atingirem objectivos até ao final do ano.

Obrigado e desculpem a extensão do texto.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

P.S. Esquecime de dizer que desde o inicio do processo informei o banco que as escrituras só poderiam ser feitas em finais de janeiro.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Creio que o CFinanceiro trabalha com esse banco (BBVA) e pode opinar sobre a situação.

Pelo que conta, parece-me que o procedimento deles não é o mais correcto. Mas como o titulo do tópico diz, as condições vão mudar a partir de Janeiro, dai que já só lhe reste 30 dias. Se lá tivesse ido em Setembro ou Outubro, teria os tais 60 dias!...

Portanto, em Janeiro aumenta tudo. Desde os bens essenciais aos transportes passando pela banca. Chegou-se à uniformização das subidas generalizadas!...

Não havendo provas materiais pouco pode fazer, a não ser deixar o seu descontentamento no livro de reclamações. Se possível com datas e nomes dos intervenientes. Pode ser que lhe abram uma excepção!...

Procure efectuar simulações noutras entidades bancárias!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

De facto este banco está com alguns procedimentos pouco "honestos", embora esta questão dos 30 dias por muito que não se concorde, eles avisam, pelo menos nos emails que me enviam com as aprovações dos créditos, o departamento de risco deixa isso claro. Mas estão a pressionar os clientes com subidas de spreads em contratos já aprovados >:(

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

De facto é pouco honesto mas legalmente nada a fazer... O mais errado é que nunca me avisaram que só teria 30 dias de duração da proposta e eu sempre disse que só poderia escriturar no final de janeiro de 2011. Resta-me fazer crédito noutro banco. Provavelmente no Barclays. Gostei do atendimento e o spread de 1.2 que eles me propuseram em relação ao de 0.75 do BBVA não implica grandes custos adicionais num empréstimo pequeno como o meu pois os seguros do Barclays custam menos de metade do que os do BBVA pelo que a TAER não é assim  tão diferente. Por outro lado o Barclays oferece 2 anos de taxa fixa a 2.25 o que me livra de suspresas com a subida de euribor no inicio do crédito...

Obrigado pelas respostas... Acho que já sei o que fazer.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Atenção aos seguros do Barclays que tem cobertura diferente e em grande parte dos casos só pagam 50% do crédito no caso do seguro ser activado.

Qual é o valor que está a pedir?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Estou a pedir 55 000 na compra de um imóvel avaliado pelo BBVA em 130 000. Não sabia dessa questão dos seguros, tenho que me informar.

Tinha óptimas condições no BBVA, crédito aprovado e avaliação feita. Contudo fiquei chateado com a falta de honestidade e vou fazer noutro banco embora tenha que pagar a avaliação ao BBVA.

Estou inclinado para o Barclays neste momento. Contudo numa pesquisa na internet á pouco encontrei referências a que o Deutsche Bank faz spred minimo de 0.45%. Será que ainda está a fazer esses valores? Com que condiçoes? Ltv não é problema pois tenho de pouco mais de 40%. Se alguém conhecer o Deutsch bank agradecia que me informem pois o simulador não está a funcionar online. Vou ter que ainda ir esta semana ao banco para decidir entre este e o barclays.

Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

No DBK bem negociado só com os seguros como produtos "obrigatórios" poderá chegar aos 1,2%. Em que zona do país é o imóvel? No DBK isso é relevante para a tabela de spreads!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O imóvel é em viseu, cidade mesmo e não arredores.

Sem produtos esse spred é bom. Se eu associar domiciliação de 2 ordenados, cartão de débito e crédito, etc não será possivel baixar? O spread minimo de o.45% será só publicidade enganosa ou com LTV baixo e produtos associados será possivel?

Muito obrigado pela ajuda, isto está dificil pois já tinha tudo tratado com o BBVA e agora voltei á estaca zero....

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A publicidade não é enganosa, eu trabalho bastante com eles ;)

O problema está na avaliação do imóvel, ou seja funciona por escalões de valores de avaliação e por zonas do país.

Os produtos que poderem fazer baixar o spread são o seguro de protecção ao crédito ou então investimento!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Então terei pouca possibilidade de baixar o spread dos 1.2 porque o meu negócio não é de valores para isso. O crédito é só de 55 000 e a avaliação de 130 000. Investimentos também não vai ser possivel porque o meu capital vai para a compra do imóvel... resta-me o seguro de protecção ao crédito. Vou passar pela agência, também não perco nada..

Obrigado pela ajuda, já não vou ás escuras

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sendo em Viseu o spread vai abaixo dos 1,20%! Qual é o seu rendimento liquido mensal? Deixe me antes dar uma palavrinha com o balcão que trabalho mais para ver o que se pode fazer abaixo da tabela.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead