0liveira

Seguro de trabalho

10 publicações neste tópico

Boa tarde,

Vou começar a trabalhar em regime de recibos verde ( Part-time), no entando, a entidade para a qual vou trabalhar, informou-me que teria que realizar um seguro próprio, com responsabilidade social até 50 000€.

Falei com uma companhia de seguros, que me disse que é impossível realizar um seguro assim.

Alguém que me possa esclarecer ?

Cumprimentos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

eu acho que te enganaste no nome do seguro que pretendes fazer (ou enganaram-te, mesmo que involuntariamente).

o que tu pretendes, possivelmente, é um seguro de acidentes de trabalho - isso é que é normal ter, quem trabalha - que cubra acidentes durante a tua actividade profissional, e não um seguro de "responsabilidade social" (nem sei o que isso é, aplicado aos seguros, acho que não existe, responsabilidade social é outra coisa completamente diferente).

quanto muito poderiam solicitar-te também um seguro profissional contra danos provocados a outrem durante o exercício da tua actividade profissional - p.ex. , se fores médico terias um seguro contra danos provocados involuntariamente nos doentes: eu sou engenheiro e tenho um seguro destes - mas o meu é feito pela Ordem dos Engenheiros para todos os seus associados, está incluido no custo da nossa quota anual.

deixa-me só dizer-te que a empresa para quem trabalhas abusa de ti - na minha modesta opinião - pois normalmente os seguros são feitos pelas empresas e não pelos empregados - o meu filho mais novo iniciou a carreira a recibos verdes e a empresa para onde trabalhava colocou-o na lista de pessoas abrangidas pelo seu seguro sem qualquer custo para ele próprio.

qualquer dia pedem às pessoas que levem o papel higiénico de casa, é uma vergonha inadmissível -  pagam salários de miséria, pois é revoltante p.ex. a discussão actual sobre a miséria de aumento do salário minimo para 500 euros e ainda por cima querem que as pessoas façam seguros, etc. , é lamentável, mas enfim, sobre os seguros é o que te posso informar.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
deixa-me só dizer-te que a empresa para quem trabalhas abusa de ti - na minha modesta opinião - pois normalmente os seguros são feitos pelas empresas e não pelos empregados - o meu filho mais novo iniciou a carreira a recibos verdes e a empresa para onde trabalhava colocou-o na lista de pessoas abrangidas pelo seu seguro sem qualquer custo para ele próprio.

Normalmente o trabalhador independente é que é responsável por tudo o que é necessário para prestar o seu serviço (seguros incluídos). É por isso que é independente :)

Se há empresas que fornecem material, instalações ou condições a esses trabalhadores melhor para eles, mas não é legítimo chamar ao resto abuso, diria eu... :-\

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Muito obrigado Carlos2008, pelo tempo despendido a esclarecer-me.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Peço desculpa pelo meu grave lapso, mas não é responsabilidade social, mas sim responsabilidade civil.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom dia,

Efectivamente começa a ser normal a exigência de seguro de responsabilidade civil  ( principalmente em alguns ramos de actividade). No entanto a maior parte das companhias só realiza esse seguro desde que o seguro de Acidentes de Trabalho seja também subscrito.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

deixa-me só dizer-te que a empresa para quem trabalhas abusa de ti - na minha modesta opinião - pois normalmente os seguros são feitos pelas empresas e não pelos empregados - o meu filho mais novo iniciou a carreira a recibos verdes e a empresa para onde trabalhava colocou-o na lista de pessoas abrangidas pelo seu seguro sem qualquer custo para ele próprio.

Note que um Trabalhador Independente não é empregado de ninguém, e como tal é normal terem que ter os seguros e paga-los do próprio bolso.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

de acordo, eu sei isso perfeitamente,

no entanto o que se passa actualmente no nosso país é que muitas empresas admitem nomeadamente os jovens como independentes, a recibos verdes, apenas porque não os querem admitir a contrato - seja a termo certo ou sem termo - mas na realidade trata-se de trabalho dependente : cumprem horário, têm secretária, cadeira e computador da empresa, estão sujeitos à dependência directa de um chefe.

Trata-se apenas de uma "finta" ao que seria normal num país onde as leis do trabalho fossem mais flexíveis - quem paga a inflexibilidade da nossa lei dos despedimentos são os jovens, em geral e como sabemos, penando anos e anos como "independentes". O exemplo que dei, do meu filho, é verdadeiro - só que a empresa onde trabalhava assumiu todos os custos (seguros, segurança social) enquanto o manteve a recibos verdes, durante 1 ano.

Ou seja, e foi isso que eu quis dizer, de "independentes" só têm a designação pois em tudo o resto são dependentes - menos evidentemente na segurança da relação laboral e na exploração por parte da empresa destes custos os quais passa para os trabalhadores. 

Eu acho isso um abuso - provavelmente porque sou do tempo em que isso não existia - quando acabei o meu curso entrei para o meu 1º emprego, na altura, logo com um contrato sem termo, embora depois tenha saído ao fim de 3 anos por minha iniciativa, mas não havia esta exploração desenfreada dos trabalhadores jovens. Outros tempos, melhores que os actuais acho eu. Enfim, é a vida...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A questão é a seguinte: se o colaborador que foi admitido pela a empresa a recibo verde só presta serviço para esta empresa, então a obrigação de segurar é da empresa. No entanto os trabalhadores indepentes são obrigados por lei a terem seguro de Acidentes de Trabalho (AT). Por isso nestas situações o melhor é:

1- Se está a prestar serviço para uma só empresa através de recibo verde e esta lhe exigir seguro Acidentes Trabalho Trabalhador Independente (ATTI), então deve fazer ver a empresa que só presta serviço a esta, por isso a obrigação de segurar é da empresa. Se mesmo assim insistirem e para não perder a hipótese de emprego que lhe surgiu pode optar por efectuar o seguro ATTI, que até pode ser útil caso arranje outra empresa para prestar serviços.

2- Se prestar serviços a mais do que uma empresa ou entidade, então terá mesmo que efectuar seguro ATTI.

Não aconcelho é ficar sem seguro, pois para além de ser obrigatório (a sua ausência pode originar coimas muito pesadas) e essencial caso acontece alguma acidente de trabalho (incluindo os acidentes ocorridos no trajecto de e para o local de trabalho).

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Base legal para:

se o colaborador que foi admitido pela a empresa a recibo verde só presta serviço para esta empresa, então a obrigação de segurar é da empresa.
?
0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead