StoneColdDeath

Crédito Habitação e Divórcio - Como renunciar do imóvel?

6 publicações neste tópico

Olá,

Estou, neste momento, prestes a formalizar o meu pedido de divórcio. A minha "esposa", ao não ter cumprido os deveres conjugais de respeito e fidelidade, destruiu o casamento. Por esse motivo, e para não ouvir mais as mentiras impossíveis com que ela, mesmo perante provas irrefutáveis, insultava a minha inteligência, as quais me irritavam ao ponto de eu perder a compostura, decidi sair de casa (recentemente adquirida). Pretendo agora renunciar à minha parte do imóvel e, tanto por impossibilidades financeiras como por não constituir a "parte culpada", desobrigar-me do pagamento das prestações mensais. Não quero ficar a pagar-lhe a vida que anda a fazer nem usufruir de uma casa que só me traz más recordações. Os pais dela (fiadores), mesmo perante as evidências, ainda me acusam de ter virado as costas, pretendendo que eu tenho de continuar a cumprir as minhas obrigações fiscais. Não fui eu quem andou a trocar mensagens sentimentais com certas pessoas ou que, depois de duas semanas de separação, já combinou encontros com elas e a tratá-las por "amor" e "querido". Preciso urgentemente de me libertar de tudo quanto sofri e de obrigações que ela não merece que eu, depois de tudo, cumpra. Por favor, ajudem-me.

Cordialmente,

Stone

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Infelizmente para ti pode não ser assim tão simples. A verdade é que o compromisso que assumiste perante a compra da casa nada tem a ver com o facto de estarem ou não casados (prova disso é a quantidade de casais de namorados que compram casa em conjunto sem sequer pensarem em vir a casar um dia).

Agora, no âmbito do processo de divórcio, parece-me lícito que ela fique com essas responsabilidades todas, já que pelos vistos será ela a ficar com a casa (provavelmente comprando a tua parte ou assim; ou se não o conseguir pondo vocês a casa à venda).

Já agora, para referência, outros tópicos sobre processo de divórcio e CH:

http://www.pedropais.com/forum/index.php/topic,3426.0.html

http://www.pedropais.com/forum/index.php/topic,2646.0.html

http://www.pedropais.com/forum/index.php?topic=1013.15

http://www.pedropais.com/forum/index.php?topic=805.0

http://www.pedropais.com/forum/index.php/topic,3490.0.html

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Estou, neste momento, prestes a formalizar o meu pedido de divórcio.

... decidi sair de casa (recentemente adquirida). Pretendo agora renunciar à minha parte do imóvel e, tanto por impossibilidades financeiras como por não constituir a "parte culpada", desobrigar-me do pagamento das prestações mensais. Não quero ficar a pagar-lhe a vida que anda a fazer nem usufruir de uma casa que só me traz más recordações. Os pais dela (fiadores), mesmo perante as evidências, ainda me acusam de ter virado as costas, pretendendo que eu tenho de continuar a cumprir as minhas obrigações fiscais...

Preciso urgentemente de me libertar de tudo quanto sofri e de obrigações que ela não merece que eu, depois de tudo, cumpra.

Enquanto não há "separação" real, tem de continuar a cumprir com a sua parte relativamente à casa e, até, mesmo depois da separação!...

Aquilo que deve fazer agora, é contratar um advogado, por forma a tratar do processo de divórcio (no caso de querer mesmo avançar...). O mais provável é que a outra parte fique com a sua, e na impossibilidade material de o fazer terão de colocar o imóvel à venda. Assim que o venderem, distribuiram o capital pelas duas partes de acordo com o que ficar estipulado no Tribunal (pode dar-se o caso de uma das partes ter contribuido mais, logo terá direito a mais e vice-versa).

Portanto, se de facto a decisão está tomada deve contratar um advogado e seguir o processo normal!...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Já agora ..

Sendo os pais dela os fiadores , não pode o Stone deixar de pagar e desta forma "forçá-la" a pagar ou aos pais dela? Não é para isso que servem os fiadores?

Já agora: Não volte atrás . A onça nunca perde as pintas.

Speedbird

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Sendo os pais dela os fiadores , não pode o Stone deixar de pagar e desta forma "forçá-la" a pagar ou aos pais dela? Não é para isso que servem os fiadores?

E os fiadores também podem invocar o benefício da excussão e mandar penhorar o carro ou o salário dele... Os fiadores servem como garantia de pagamento - só têm de pagar se o devedor o não puder fazer. Enquanto puder, o fiador só tem que explicar ao credor onde pode ir buscar o dinheiro...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa noite,

Muito obrigado a todos pelas indicações que me têm dado. Infelizmente, o meu contributo monetário para o casal surgia não sob a forma de ordenado fixo, mas de extras, visto que dou aulas como trabalhador independente e, como tal, vou recebendo às pinguinhas e sempre com atrasos consideráveis. Dessa forma, caso me queiram forçar a cumprir com a minha parte, poderei certamente recusar-me a tal, uma vez que as minhas finanças, em termos de altos e baixos, conseguem ser piores do que o PSI 20. Como disse, não tenho a mínima disposição para andar a pagar a vida a quem tanto me agrediu psicologicamente, dando o golpe de misericórdia com um rol de mentiras que vieram revelar coisas ainda mais graves. Uma vez mais, muito obrigado pela vossa atenção.

Cumprimentos,

Stone

P.S. - Desculpem o erro no título do tópico. Onde se lê "renunciar do imóvel", leia-se "renunciar ao imóvel". O cansaço não perdoa...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor