jorgef98

subscrever certificados do tesouro

19 publicações neste tópico

Boas.

Tenho visitado ocasionalmente este forum e com muita satisfação  :)

Como me agrada bastante e tenho encontrado opiniões e conselhos bem interessantes, que muito agradeço, resolvi tornar-me membro.

Utilizei alguma poupança para comprar algumas obrigações perpétuas do BES (+- 15% do meu patrimonio). Agora estou a pensar em subscrever certificados do tesouro (+- 25%).

A minha questão prende-se com a aquisição. Acham que o devo fazer através do banco (BEST) ou directamente no AforroNet?

Creio que a aquisição, guarda e venda gerará custos se for atraves do banco.

Alguém tem ideia dos contras ou dificuldades em fazer a compra directamente pelo AforroNet? É dificil fazê-la? ... e depois de os adquirir, que dificuldades é que poderei ter para os ter durante os 10 anos ?

Resumindo: Acham que vale a pena pagar as comissões e afins e subscrever através do banco ou não dá chatisse nenhuma adquiri-los e guarda-los eu proprio?

Muito obrigado pela vossa ajuda e (estamos na altura) Boas Festas! :D

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Já fiz subscrições via aforronet. Facil e pratico.

Fazes a subscrição das unidades de certificados do tesouro que pretendes no aforronet. Por exemplo queres subscrever 3000 €.

Então fazes uma subscrição de 3000 unidades.

Depois tens uma referencia para proceder ao pagamento com o multibanco (claro que também podes fazer o pagamento serviços via homebanking).

Uns dias depois recebes uma carta igcp a comprovar essa subscrição de CT.

O IGCP não cobra nada em despesas de manutenção. Quando vencem os juros, transfere para a tua conta bancaria. Se não desmobilizar antes dos 10 anos, no 10.º ano recebes uma transferencia na tua conta bancaria dos capital investido inicialmente + os respectivos juros.

Pessoalmente faria a subscrição através do IGCP ( não dá qualquer chatisse e é muito seguro). Não sabia que o BEST fazia subscrições dos Certificados Tesouro, mas se eles fazem então devem ganhar alguma comissão de operação pelo menos por parte do Estado. Os CTT fazem publicidade aos CT, logo para gastarem dinheiro em publicidade eles devem ganhar algum dinheiro de comissão por cada subscrição que fazem, se não é cobrada qualquer comissão ao cliente então tem de ser ao Estado. Por isso como portugueses nós devemos evitar despesas desnecessárias e por isso sugiro a subscrição via Aforronet (que deve ser a mais barata para o Estado). Não tenho a certeza sobre o que acabei de escrever neste paragrafo mas penso que não devo estar muito longe da verdade.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

:) davidmleal:

Muito obrigado pela resposta/ajuda e vou mesmo tratar de fazer a subscrição via AforroNet.

Abraço

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas jorgef98,

Outra solução é fazer pessoalmente nos Balcões dos CTT, nada mais simples,também é bom de longe a longe sair á rua!... Hi..Hi..;D

Boa sorte e bons investimentos,

valente 8)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas jorgef98,

Outra solução é fazer pessoalmente nos Balcões dos CTT, nada mais simples,também é bom de longe a longe sair á rua!... Hi..Hi..;D

Boa sorte e bons investimentos,

valente 8)

...e eles não cobram comisssões ??? ?

Obrigado pela sugestão  ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
...e eles não cobram comisssões ??? ?

Obrigado pela sugestão  ;)

Não, os CTT não cobram comissões.

Aliás, para quem não tem já uma conta aforro não dá para se inscrever no Aforro.net, pelo que os CTT são a principal opção.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

;D ;D ;D

Muito obrigado.

Vou aos CTT. Aproveito para esticar as pernas como já sugeriram  ;)

Abraço,

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não, os CTT não cobram comissões.

Aliás, para quem não tem já uma conta aforro não dá para se inscrever no Aforro.net, pelo que os CTT são a principal opção.

Fui hoje aos CTT e é tudo muito fácil. Precisas do BI, cartão de contribuinte, NIB e um cheque (ou dinheiro vivo!) e não há qualquer comissão. Demorei 15/20 minutos e até aproveitei para comparr um livro e postais de natal.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

8)

Limpinho. Já está. Também podia ter demorado 15/20 minutos não fora o facto de ser hora de almoço.. o que me estava a atender foi almoçar e tive que esperar + um bocado pelo que o substituiu... coisas do nosso Portugal  :'(

abraço,

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

as pessoas almoçam em todos os países do mundo (excepto naqueles onde se passa fome ) , não é só em Portugal.

eu já trabalhei algum tempo na Bélgica, no UK e na Holanda e lá as pessoas também almoçavam e, nessa hora, os serviços também ficavam desguarnecidos do nº habitual de pessoas, não é só em Portugal.

A única diferença que notei é que lá almoçam comida pré-cozinhada ou , na Holanda, sandes e leite, ao contrário de cá em que geralmente se come comida feita na hora.

De resto pareceu-me idêntico. Talvez demorem um pouco menos tempo.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Cá almoçam comida feita na hora. Chegam atrasados, tomam café às 10h30m... A capacidade média de trabalho dos portugueses não me parece muito elevada. É a minha opinião, sem querer ofender ninguém!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

as pessoas almoçam em todos os países do mundo (excepto naqueles onde se passa fome ) , não é só em Portugal.

eu já trabalhei algum tempo na Bélgica, no UK e na Holanda e lá as pessoas também almoçavam e, nessa hora, os serviços também ficavam desguarnecidos do nº habitual de pessoas, não é só em Portugal.

A única diferença que notei é que lá almoçam comida pré-cozinhada ou , na Holanda, sandes e leite, ao contrário de cá em que geralmente se come comida feita na hora.

De resto pareceu-me idêntico. Talvez demorem um pouco menos tempo.

Caríssimos,

Não entro nessa de dizer : só em Portugal!! Aliás até uma coisa que me irrita bastante, mas discutir se é legítimo o almoço em tempo N, se é preciso 10 minutos para tomar café ou fazer chichi .....quem demora mais, quem demora menos....é uma "palhaçada"! Encontraremos sempre em qualquer parte do mundo quem trabalhe bem, serviços que funcionam bem e mal !No caso concreto dos CTT têm  o hábito de deixar os guichets abertos quando não há lá ninguém. Bastaria desactivarem a maquineta dos ticket e saber-se-ia que aquele não era o momento ideal, ou então, colocar lá outra pessoa, mas com os cortes que houve, não acredito que seja possível.

Paz, pessoal. Temos cá BOM e MAU, como em todo o lado!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Fui hoje aos CTT e é tudo muito fácil. Precisas do BI, cartão de contribuinte, NIB e um cheque (ou dinheiro vivo!) e não há qualquer comissão. Demorei 15/20 minutos e até aproveitei para comparr um livro e postais de natal.

Cheque ou dinheiro vivo são as únicas hipóteses? (não tenho cheques :-\)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Cheque ou dinheiro vivo são as únicas hipóteses? (não tenho cheques :-\)

Sei de quem tenha feito por transferência bancária. Deram-lhe um NIB, ele foi ao MB fazer a transferência e voltou com o comprovativo.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sei de quem tenha feito por transferência bancária. Deram-lhe um NIB, ele foi ao MB fazer a transferência e voltou com o comprovativo.

Sim é verdade. Também me deram essa hipótese, que eu não quis, porque tinha que voltar lá para receber o comprovativo  da subscrição;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Estranho a mim disseram que somente se podia fazer a subscrição CT nos CTT através de numerario e cheques. E disseram que não podia ser via transferencia. Isto foi em Julho 2010.

Como não tinha cheques, teve ser em numerario. Agora que já tenho o AforroNET activo já só faço atraves homebanking. Ir proposito aos CTT nem pensar.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Estranho a mim disseram que somente se podia fazer a subscrição CT nos CTT através de numerario e cheques. E disseram que não podia ser via transferencia. Isto foi em Julho 2010.

Como não tinha cheques, teve ser em numerario. Agora que já tenho o AforroNET activo já só faço atraves homebanking. Ir proposito aos CTT nem pensar.

Pois, mas terei de ir inicialmente os CTT para criar conta no AforroNet ou para fazer a subscrição inicial ... não percebo pq não se pode fazer tudo online :(

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

já agora

eu já tenho certificados do tesouro, posso subscrever mais?

obrigado

oliveira

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O limite máximo é 1.000.000 Euros.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor