patricinhaLeirao

codigo do trabalho

3 publicações neste tópico

ola bom dia, se alguem me poder ajudar....

o meu namorado trabalha a 9 anos numa empresa como canalizador, ontem a empresa mandou ele ir aos escritorios logo de manha porque ele esta de seguro de trabalho com uma destenção muscular que fez durante o trabalho a 1 mes e meio, quando ele la chegou foi despedido por justa causa, segundo a emprensa porque ele apresentou 2 justicações do medico falsas uma em junho e outra a diaa 14 de julho, ele dice a verdade pediu desculpa explicou que fez aquilo para nao descontarem o fim de semana, pois faltou a segunda feira e a empresa se ele nao apresenta-se justicação descontava a segunda mais o fim de semana, assim so descontaram o dia que faltou.

a minha duvida é, ele nao devia ter feito o que fez. errou.... mas a empresa sabe disso desde da data da ultima justificação ou seja em julho. pode despedilo agora ao fim deste tempo todo??

pode fazelo com base num processo desciplinar por esse motivo??

para alem disso ta agir muito mal o joao teve o acidente de trabalho a dia 10 de setembro, ate agora o seguro ainda nao pagou nem um sentimo e esta semana parou o tratamento de fisioterapia porque a empresa ainda nao aciunou a apolice do acidente, confrontada com esta informação a empresa respondeu que esta a questiunar o acidente de trabalho... mas so agora quase dois meses depois do acidente! sabendo que por esse motivo o trabalhador teve o tratamento interronpido...podem fazer isto??? por favor se alguem me poder ajudar agradeço muito

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Mesmo com justa causa tem que existir um processo disciplinar.

Caso não existe processo disciplinar deverá impugnar o despedimento em tribunal e a empresa acabará por ter que readmitir o trabalhador.

A empresa tem que comunicar o acidente ao seguro. O seguro depois é que fará as avaliações que entender.

O prazo para a prescrição das falhas disciplinares é de um ano, mas a entidade patronal ou superior hierárquico tem 60 dias para instaurar o processo disciplinar a contar do momento a partir do qual teve conhecimento da infracção.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Na minha opnião o melhor mesmo é procurar um advogado ou ir ao tibunal do trabalho para se informar de tudo direitinho porque a entidade patronal quer brincar e quer ganhar ganha porque tem os conhecimentos todos consegue dar a volta e nos não conhecemos toda a lei do trabalho.

Cumprimentos

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Para deixar um comentário é necessário estar registado

Criar uma conta

Registe uma conta nova na nossa comunidade. É fácil!


Registar uma conta nova

Entrar

Já está registado? Entre aqui.


Entrar agora