vpatricia

EURIBOR

8 publicações neste tópico

GOSTAVA DE SABER O QUE ME ACONSELHAM A ESCOLHER A TX.EURIBOR 3,6,12 MESES .

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

GOSTAVA DE SABER O QUE ME ACONSELHAM A ESCOLHER A TX.EURIBOR 3,6,12 MESES .

O mais sensato nesta altura é ires para a Euribor a 3 meses, eu tenho a 6 mas queria ver se conseguia reduzir para a de 3..

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Isso não é um bocado indiferente? se estivermos num cenário de subida quem tiver a euribor3m refixa mais depressa e apanha com a subida mais depressa; se estivermos num cenário de descida é o inverso. Se estivermos a falar de um credito a 30 anos, e admitindo que vão existir durante esse periodo tantos ciclos de subida das taxas como de descida não vejo como uma taxa pode ser, à partida, preferível à outra. Alguem pode por favor apresentar argumentos que suportem a escolha de um prazo em detrimento de outro? Obrigado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Pois, mas actualmente a euribor 6m está + alta cerca de 0,2% do que a euribor 3m...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Isso não é um bocado indiferente? se estivermos num cenário de subida quem tiver a euribor3m refixa mais depressa e apanha com a subida mais depressa; se estivermos num cenário de descida é o inverso. Se estivermos a falar de um credito a 30 anos, e admitindo que vão existir durante esse periodo tantos ciclos de subida das taxas como de descida não vejo como uma taxa pode ser, à partida, preferível à outra. Alguem pode por favor apresentar argumentos que suportem a escolha de um prazo em detrimento de outro? Obrigado.

Viva,

A minha opinião é que a Euribor a 3 meses acaba sempre por compensar. Mesmo numa situação de estabilidade da Euribor (tal como tem estado nos ultimos 2 ou 3 meses) a Euribor a 3 meses tem sempre tendencia a estar mais baixa, numa tendencia de subida como tem acontecido ultimamente a Euribor a 3 meses tem-se mantido mais baixa e em descida é preferivel a 3 meses uma vez que acompanhas essa descida de 3 em 3 meses e não só após 6 meses e entretanto andamos a pagar a taxa de à 6 meses atrás, isto em descida é de um gajo ficar doido. O que dizes é perfeitamente verdade se tivessemos variações bruscas da euribor em periodos de tempo muito curtos, coisa que não me parece que vá acontecer..

Faz-me mais confusão a ilusão da taxa de referencia do BCE ter alterado de 4% para 4,25% e não ter havido alteração notória na Euribor, só demonstra que a taxa de referencia não serve de muito, vale muito mais o que se diz (especulação) sobre a taxa do que a taxa em si. Isto sim, faz-me espécie.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Viva,

A minha opinião é que a Euribor a 3 meses acaba sempre por compensar. Mesmo numa situação de estabilidade da Euribor (tal como tem estado nos ultimos 2 ou 3 meses) a Euribor a 3 meses tem sempre tendencia a estar mais baixa, numa tendencia de subida como tem acontecido ultimamente a Euribor a 3 meses tem-se mantido mais baixa e em descida é preferivel a 3 meses uma vez que acompanhas essa descida de 3 em 3 meses e não só após 6 meses e entretanto andamos a pagar a taxa de à 6 meses atrás, isto em descida é de um gajo ficar doido. O que dizes é perfeitamente verdade se tivessemos variações bruscas da euribor em periodos de tempo muito curtos, coisa que não me parece que vá acontecer..

Faz-me mais confusão a ilusão da taxa de referencia do BCE ter alterado de 4% para 4,25% e não ter havido alteração notória na Euribor, só demonstra que a taxa de referencia não serve de muito, vale muito mais o que se diz (especulação) sobre a taxa do que a taxa em si. Isto sim, faz-me espécie.

Concordo contigo em relação á de 3M ser normalmente a que mais compensa embora há pessoas que preferem a de 6M por saberem que durante aqueles 6 meses a coisa ñ vai mexer ;) . Em relação á Euribor ñ ter alterado muito com o aumento da taxa de referencia do BCE isso devesse ao facto do mercado já ter absorvido essa mesma subida e neste nivel em que está a taxa é mais dificil prever o que vai acontecer.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Faz-me mais confusão a ilusão da taxa de referencia do BCE ter alterado de 4% para 4,25% e não ter havido alteração notória na Euribor, só demonstra que a taxa de referencia não serve de muito, vale muito mais o que se diz (especulação) sobre a taxa do que a taxa em si. Isto sim, faz-me espécie.

Isso porque o BCE praticamente anunciou esse aumento com um mês de antecedência. Se olhares para o histórico das taxas, vês que todas as taxas superiores a 1 mês já tinham reflectido essa subida, portanto não havia porque voltarem a subir 0,25% quando o BCE efectivamente fez a alteração da taxa de referência e dá sinais de que não lhe deve voltar a mexer tão cedo...

A taxa de referência é isso mesmo - uma referência. As Euribor com um prazo têm uma componente de especulação sobre quanto é que a taxa de referência poderá estar no fim desse prazo. Neste momento, com a crise do mercado de crédito, têm também vários outros factores a influenciá-las...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

GOSTAVA DE SABER O QUE ME ACONSELHAM A ESCOLHER A TX.EURIBOR 3,6,12 MESES .

Se esta questão for colocada a um bancário ele responderá imediatamente que a Euribor a 6 meses será mais aconselhável do que a de 3 ou 1 mês para quem procura maior estabilidade na gestão do seu orçamento. Se a questão for colocada a um economista, este dará a resposta mais usada pela sua classe: depende!

Economista

Atendendo que a Euribor é uma taxa com "uma componente de especulação", como referiu pauloaguia, é necessário contar com o  sentimento do mercado na hora de escolher por um empréstimo à habitação ligada a uma taxa de referência. Posto isto, percebe-se que, por exemplo, se as expectativas dos investidores forem para que a Euribor dentro de 6 meses seja mais baixa que a actual, hoje, a Euribor a 6 meses será inferior à de 3 meses. O mesmo acontece no caso inverso: se as expectativas dos investidores forem para que dentro de 6 meses a Euribor seja superior à de hoje, a Euribor a 6 meses será superior à de 3 meses.

Todavia, assumindo que um empréstimo à habitação é feito para um prazo médio de 30 anos, talvez a decisão do investidor por uma ou outra taxa não seja tão pertinente como a procura pelo "spread" mais baixo. Simplesmente porque durante 3 anos uma taxa pode ser superior à outra mas nos 3 anos seguintes acontece o inverso. No entanto, se o contrato pressupor a possibilidade de poder alterar a taxa de referência em prazos de 5 anos, ai sim talvez valha a pena puxar das estimativas dos mercados e no período certo optar pela taxa mais "económica".

;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead