pauloaguia

Podem-se passar Recibos Verdes à empresa para a qual já se trabalha?

5 publicações neste tópico

Viva,

Perguntaram-me hoje no emprego se podia fazer um biscate para uma aplicação interna. Caso fosse coisa para demorar muito tempo se saberia de algum free-lancer que a pudesse fazer.

Ora eu realmente não tenho tempo para gastar neste tipo de coisas sem atrasar os projectos que tenho em curso (até porque estas coisas depois acabam sempre por ser mais complicadas do que pareciam à primeira vista). Mas sabendo que não é uma coisa urgente sinto-me perfeitamente capaz de a fazer "fora de horas" e estava a pensar propor isso mesmo - eu seria o tal freelancer e tratava de fazer essa aplicação em casa, fora do horário normal de expediente (afinal eu continuo a ter actividade aberta justamente para este tipo de coisas)

Ainda não decidi se vou fazer essa proposta ou não, mas entretanto ficou-me uma dúvida: pode-se passar recibos verdes à mesma entidade para quem se trabalha por conta de outrem?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu há uns 4 anos tive uma situação parecida e passei, segundo a contabilista da empresa não havia problema nenhum. Mas não sei se há algum lei em relação a isso, a estipular valores ou coisas assim.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Paulo, podes sem dúvida passar recibos verdes à entidade empregadora. Como é para a mesma entidade que te emprega, não ficas isento de S.S. (dependendo dos valores em questão).

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Como é para a mesma entidade que te emprega, não ficas isento de S.S. (dependendo dos valores em questão).

Tens a certeza? Nem no site da Segurança Social nem na legislação lá referida encontrei qualquer referência a uma cláusula desse género... :-\

Penso que isso é uma novidade do novo código contributivo, mas esse ainda não está em vigor

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Paulo, compreendo a tua questão e de facto também não encontro nada (excepto no novo código contributivo, ainda não em vigor).

Contudo, parece-me difícil que não seja da forma que referi, caso contrário estaria uma porta aberta para que as empresas pagassem muito menos S.S., uma vez que lhes bastaria pagar a segurança social no recibo normal pelo mínimo e o restante pagavam pelo recibo verde (estando a empresa e o trabalhador isentos de contribuições).

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead