HARC

Prova de Condições de Recursos

11 publicações neste tópico

Já devem ter ouvido que a Segurança Social está a solicitar/obrigar a todos os beneficiários que beneficiam de apoios (Abono de Familia, Subsidio de Desemprego, RSI)... a declarar todos os valores patrimoniais...

Eu, até acho justo! Não digo para quem recebe abono de familia ou subsidios de desemprego, mas para aqueles que recebem Rendimentos Sociais de Inserção...

Agora, tenho duvidas como declarar... Eu, em 31 de Dezembro de 2009, até tinha algum dinheiro no banco, mas devia (devo!) muito mais ao banco em CH... _ Imaginem um saldo conta à ordem de 5.000€ e um capital em divida de 60.000€ em CH... Qual o valor a declarar à SS? 5.000€ ou -55.000€?

Outra situação, ainda relacionada com contas bancárias. A minha esposa é 2.titular das contas de cada um dos irmãos solteiros... nem ela sabe o dinheiro que eles lá têm... _ Qual o procedimento?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tenho ideia que interessam os 5.000€... mas é melhor confirmares com a SS.

Se as contas estão também em nome dela, à partida metade do dinheiro é dela penso eu... a menos que se consiga provar alguma coisa em contrário (de qualquer forma, ela pode movimentar a conta não pode? São recursos que tem à disposição dela)

Essa é mesmo melhor confirmar na SS... e se calhar perguntar ao banco também.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Já agora, qual é o subsídio que recebem para o qual têm de fazer prova? É que para vários (incluindo o subsídio de desemprego, não o subsídio social de desemprego) não é preciso fazer provas de rendimento.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Já agora, qual é o subsídio que recebem para o qual têm de fazer prova? É que para vários (incluindo o subsídio de desemprego, não o subsídio social de desemprego) não é preciso fazer provas de rendimento.

no meu caso, só recebo abono de familia (26,54€)...

Tenho ideia que interessam os 5.000€... mas é melhor confirmares com a SS.

Se as contas estão também em nome dela, à partida metade do dinheiro é dela penso eu... a menos que se consiga provar alguma coisa em contrário (de qualquer forma, ela pode movimentar a conta não pode? São recursos que tem à disposição dela)

Essa é mesmo melhor confirmar na SS... e se calhar perguntar ao banco também.

... pois tambem achei que o que lhes interessaria era o valor disponivel...

quanto ao facto de 2. titular... haverão muitas mais pessoas na nossa situação... e que só são 2. titulares para uma eventualidade...

mas, ok! acho que o que a SS realmente quer, é autorização para levantar o sigilo bancário! Por isso nem vou incomodar ninguem para saber um saldo de conta que não me diz respeito... se a SS quiser mesmo saber, que lá vá saber!!!!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

mas, ok! acho que o que a SS realmente quer, é autorização para levantar o sigilo bancário! Por isso nem vou incomodar ninguem para saber um saldo de conta que não me diz respeito... se a SS quiser mesmo saber, que lá vá saber!!!!

Se realmente for só a entrega da declaração do levantamento do sigilo bancário tudo bem.

Agora, para a declaração de recursos é preciso ter cuidado com os "esquecimentos" - falsas declarações dão direito a perder o direito aos benefícios durante uns tempos acho eu... Confirmar com os serviços não custa nada, é só mandar-lhes um mail ou telefonar...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Em relação à co-titularidade das contas, existe no site da segurança social a seguinte informação:

http://www2.seg-social.pt/preview_documentos.asp?r=29322&m=PDF

muito obrigado pelo seu contributo!

(axo que) posso ficar mais descansado!

Pelo que entendi, ser co-titular de uma conta não significa ser (co)proprietario desses valores... e se ainda por cima esse co-titular não fizer parte do agregado familiar, NÃO É MESMO NECESSÁRIO DECLARAR ESSES VALORES...

Neste sentido, mas agora não me dizendo respeito, não pude deixar de reparar num pormenor, que a ser mesmo assim, deixa um buraco enorme nesta lei;

_ Se alguém tiver muito dinheiro... por aí numa poupança... mas com um co-titular que não receba apoios sociais e que não seja do agregado familiar... Também não tem que declarar!?

Lei de m****!!!

Digam lá que não bastava eles terem solicitado os nossos NIB's ou autorização para levantar o sigilo bancário?

Estão a dar tanto trabalho... a obrigar as pessoas a divulgar a terceiros as suas "migalhas"... Sim, porque até eu já recebi pedidos de ajuda para preencher online essa prova! E, fiquei a saber o dinheirito que essas pessoas tinham!...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Neste sentido, mas agora não me dizendo respeito, não pude deixar de reparar num pormenor, que a ser mesmo assim, deixa um buraco enorme nesta lei;

_ Se alguém tiver muito dinheiro... por aí numa poupança... mas com um co-titular que não receba apoios sociais e que não seja do agregado familiar... Também não tem que declarar!?

Atenção que o que aquele parecer diz é que o titular pode ter que provar que aqueles rendimentos não lhe dizem respeito e que não movimenta a conta. Se a conta tem um co-titular que não receba apoios sociais mas depois quem lá meteu o dinheiro todo foste tu e és tu que movimentas regularmente a conta, caso a SS se lembre de verificar a tua situação descobre que prestaste falsas declarações...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Atenção que o que aquele parecer diz é que o titular pode ter que provar que aqueles rendimentos não lhe dizem respeito e que não movimenta a conta. Se a conta tem um co-titular que não receba apoios sociais mas depois quem lá meteu o dinheiro todo foste tu e és tu que movimentas regularmente a conta, caso a SS se lembre de verificar a tua situação descobre que prestaste falsas declarações...

Pois, também é assim que eu entendo. Se o titular da conta não conseguir provar que o dinheiro foi apenas ganho e depositado por ele, os titulares e co-titulares vão ter de justificar muito bem à SS a proveniência do dinheiro. Eu preferia perder o abono do que arriscar falsas declarações.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Pena eu não ter sabido disto a mais tempo.

Declarei dinheiro que era da minha mãe, que é viúva com a qual sou segundo titular da conta onde ela recebe a sua reforma da França, e que não é pouco.

Deve ser por isso que me cortaram o abono. Por causa de um dinheiro que não me pertence. E ela não faz parte do meu agregado familiar.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Esqueçam!!! NÃO HÁ COMO FUGIR!!!  >:(

A definição de rendimentos de um agregado familiar, definitivamente mudou para a SS...

Agora percebo o porquê de obrigarem a esta prova de condições de recursos...

Que passem a considerar também os subsidios/prestações sociais... até podia concordar... Mas, estão claramente a roubar-nos direitos!! Afinal, pensava que era para subsidios de doença, maternidade/paternidade... reforma... que tanto descontavamos!...

Subsidios? Esqueçam!! Agora são prestações/rendimentos! Agora, a SS passou a entidade patronal...

E, ainda que tenhas ordenados minimos ou "médios" (3 digitos) e que mesmo assim consigas (com muito sacrificio) juntar alguma poupança e até comprar (ex.) um terreno para construir casa... 5% desse sacrificio será considerado rendimentos pela SS...

Tudo isto a acrescer ao real rendimento de trabalho, e tendo só um filho, é suficiente para passar do 3º escalão para o 4º escalão do abono de familia... E, já era a miséria dos 26,54€ mensais...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead