bairro

Entrada em acção do FMI em portugal

15 publicações neste tópico

Bom dia,

Tenho uma dúvida.

Está quase dado como certo que vamos ter a entrada do FMI em Portugal, para controlar o défice em que estamos. A minha questão é será que nos vai acontecer como os outros países onde irá ser incrementado as taxas de juro para loucos 6% ...

É que o FMI tem fama de actuar sem piedade, e quem sofre é sempre quem tem menos dinheiro principalmente aqueles que tem pouca liquides.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Mesmo no ultimo relatório do FMI, aponta para que de todos os países que estão em apuros Portugal foi e é o que menos fez para melhorar...

Isso vê-se pelo facto da despesa publica estar a baixar em todos (Grécia, Irlanda, Espanha) e em Portugal estar a aumentar.

Portugal está a chegar ao limite de não conseguir empréstimos, dentro do normal, e estar a contratar empréstimos com taxas absurdas que depois vão ter graves consequências.

É aquela história de contratar um crédito para pagar outro, mas cada vez que pede um novo aumentam-lhe a taxa...ora isso algum dia vai dar buraco, pois tantas famílias/indivíduos caíram nesse erro e agora andam aos uis!

Quando o FMI vir que o governo não tem capacidade de gerir o país de maneira  honrar compromissos futuros, eles vão entrar por aí.

E a única coisa que interessa ao FMI é reaver o seu dinheiro custe o que custar.

As noticias diárias deste país também não ajudam...por isso é que coloquei esta duvida no fórum para saber se alguém mais partilha desta opinião.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Compreendo a tua preocupação e também partilho de parte. De facto não me parece que esteja a haver (desde há vários anos) o rigor necessário no controlo orçamental e continuamente gastar mais do que se recebe não será certamente o caminho.

Confesso que gostava de saber como podemos nós contribuir para a melhoria, para além de pagarmos [ainda] mais impostos e de tentarmos ser mais produtivos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Pois eu penso que o FMI não vai entrar em Portugal porque o Sócrates (de quem sou um grande admirador  ;D) acha desnecessário e não deixa. Mas posso estar enganado... o pm é que não.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O sr socrates podia ter sido um grande PM, podia ficar na História como um grande estadista mas para infortunio de todos nós Portugueses decidiu seguir o mesmo caminho dos seus antecessores Durão,Santana,Guterres, e quase todos os outros antes...

Que lideraram o país para este buraco em que estamos metidos.

O Sr. sócrates vai ficar na história como o melhor politico malabarista :'(

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O sr socrates podia ter sido um grande PM, podia ficar na História como um grande estadista mas para infortunio de todos nós Portugueses decidiu seguir o mesmo caminho dos seus antecessores Durão,Santana,Guterres, e quase todos os outros antes...

Que lideraram o país para este buraco em que estamos metidos.

O Sr. sócrates vai ficar na história como o melhor politico malabarista :'(

Só um "pequeno detalhe" relativamente aos outros três: o ingenheiro tinha a maioria que os citados nunca tiveram.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Portugal, hoje, 2010:

- 3 milhões de telemóveis vendidos no 1º semestre

- pacotes de férias para as Caraíbas esgotados no Verão

- hotéis sempre esgotados em épocas altas - principalmente com turistas nacionais

- restaurantes permanentemente cheios - "tem reserva" ? Ah...estamos cheios, só daqui a 2 horas...

- 2 milhões de portugueses que, diáriamente, "pendulam" casa-trabalho de automóvel - com os comboios, autocarros e outros transportes públicos a 50% e com os contribuintes a pagar as taxas de compensação

- pessoas com sacos de plástico cheios de moedas (trocos) na gaveta da secretária para ir "lá abaixo" meter umas moedas no parquímetro (eu conheço várias) porque "não estão para andar no mau cheiro do comboio da ponte..."

A culpa é do Cavaco ? do Sócrates ? do Santana Lopes ou do Salazar ? Ou talvez de El Rei D. Manuel...

pois...pois...digo eu.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Excelente Post ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Portugal, hoje, 2010:

- 3 milhões de telemóveis vendidos no 1º semestre

- pacotes de férias para as Caraíbas esgotados no Verão

- hotéis sempre esgotados em épocas altas - principalmente com turistas nacionais

- restaurantes permanentemente cheios - "tem reserva" ? Ah...estamos cheios, só daqui a 2 horas...

- 2 milhões de portugueses que, diáriamente, "pendulam" casa-trabalho de automóvel - com os comboios, autocarros e outros transportes públicos a 50% e com os contribuintes a pagar as taxas de compensação

- pessoas com sacos de plástico cheios de moedas (trocos) na gaveta da secretária para ir "lá abaixo" meter umas moedas no parquímetro (eu conheço várias) porque "não estão para andar no mau cheiro do comboio da ponte..."

A culpa é do Cavaco ? do Sócrates ? do Santana Lopes ou do Salazar ? Ou talvez de El Rei D. Manuel...

pois...pois...digo eu.

Também só lhe faltou acrescentar um "pequeno detalhe": as dívidas em que muitos estão enterrados. Mas que há coisas que não se compreendem, ah! isso há... :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

concordo: dívidas individuais (de pessoas e de famílias) e gerais (do Estado).

As 1ªs porque vivem permanentemente acima das suas possibilidades - endividando-se para tudo, desde férias a carros e a outros bens que não sejam exactamente de primeira necessidade. A sociedade de consumo, a publicidade desenfreada, as inúmeras "starletes" do nosso pobre "star system" que aparecem nas capas cor de rosa como exemplos de sucesso - fotos na praia com roupinha de griffe, grandes jipes com rodas que seriam incapazes de mudar se tivessem um furo, fotos a chegar das Maldivas ou das Seicheles com o namorado e malas Louis Vuitton e telemóvel última geração.... e depois milhões de cabecinhas ocas, macacos de imitação, que acham que se não aparentarem uma vida assim não são nada e que pedem empréstimos para ir "cruzeirar" no Verão! E depois, por outro lado, que se acham no direito absoluto de ter Aspirina comparticipada a 100% e de ter reformas de 1000 euros quando toda a vida descontaram sobre metade disso...quando descontaram, claro...

O 2º - o Estado - porque  cresceu desmesuradamente - excesso de câmaras, de juntas, de empresas municipais, de mordomias e de homens e mulheres dos diversos aparelhos - tudo a "mamar" na mesma teta (os nossos impostos) há demasiados anos, funcionários públicos com vencimentos acima da média nacional, pensões de aposentação com cálculos mais favoráveis que os dos restantes portugueses (seg. social) , sistemas de saúde (ADSE) com beneficios mais alargados que os dos restantes portugueses, etc., etc. , compras sumptuosas e desnecessárias (estádios de futebol, submarinos, etc) em detrimento de investimentos mais produtivos mas eventualmente menos apetecíveis para as 1ªs páginas.

Tudo isto associado à crise mundial que se instalou e à emergência para 1º plano das economias orientais e outras faz com que, agora, tudo grite e ninguém tenha razão. O remédio é apenas um: viver de acordo com as nossas possibilidades, seja individualmente seja colectivamente, e não vale a pena culpar este ou aquele porque a culpa é de todos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Também só lhe faltou acrescentar um "pequeno detalhe": as dívidas em que muitos estão enterrados. Mas que há coisas que não se compreendem, ah! isso há... :)

"Fogo de vista", é o que muitos têm e só vivem para isso!...

Felizmente que ainda há pessoas de bem!...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Está quase dado como certo que vamos ter a entrada do FMI em Portugal, para controlar o défice em que estamos.

Provavelmente alguém vai fazer uma viagem a Berlim no próximo fim de semana ...

Aqui fica a evolução dos yields da divida publica portuguesa a 10 anos:

10y_bonds_PT.png

Para comparação aqui fica o equivalente grego:

10y_bonds_GRC.png

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Pois eu penso que o FMI não vai entrar em Portugal porque o Sócrates (de quem sou um grande admirador  ;D) acha desnecessário e não deixa. Mas posso estar enganado... o pm é que não.

És Crente

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

És Crente

Efectivamente sou crente... no que à minha religião diz respeito.

(De certeza que percebeste o que eu quis dizer? :) Parece-me que não...)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead