efifafefe

Direitos do inquilino em caso de assalto aos arrumos

4 publicações neste tópico

Tenho um apartamento arrendado, com lugar de arrumos na garagem comum a mts moradores.

No passado dia 15Ag. os meus arrumos foram assaltados: estroncamento da porta à patada e roubaram um bicicleta, tendo ficado então a porta estragada (e outra bicicleta lá dentro, com os restantes bens...). No dia 25Ag., depois de tentar saber junto do condomínio quem deveria arranjar a porta, e depois de um funcionário do ex-proprietário do apartamento me ter dito "o seguro não cobra nada disso, você é que tem de pagar o conserto da porta" , eu achei que não devia ser assim... mandei carta ao senhorio a informar que a porta dos arrumos estava estragada (recepção da carta a 26Ag. - correio registado, aviso recepção).

No dia 27Ag., e depois de até colocar um alarme no interior, os arrumos são novamente assaltados... levaram a outra bicicleta... A 30Ag. é enviada nova carta ao senhorio.

Entretanto, quem me disse que eu é que tinha de pagar o conserto da porta, disse depois que afinal o senhorio tinha dado indicação para arranjar a porta e que a podiam arranjar, para eu dar a chave... bla bla... mas o facto é que o senhorio nada me comunicou! Cheguei a enviar fax e tudo e, até hoje, nada...

A questão é: não será ele o responsável pelo facto de a porta estar estragada, expondo os meus bens ao furto? Do segundo assalto - deverá ser responsabilizado pela perda da 2ª bicicleta? E nem diz nada, não responde às cartas nem fax... (trata-se de uma empresa, PAFYFUNDO - do grupo BANIF, mas tem de ter alguém a tratar das coisas!).

Indicaram-me este site... Se me poderem ajudar, com artigos/lei sobre o assunto...

Cumps, obrigada.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom, é certo que o senhorio é responsável por reparar a porta, tal como é responsável por reparar as canalizações se houver uma fuga de água. Por vezes isso pode ser um processo demorado, mas tratando-se de uma empresa que actua na área é quase certo que a arranjarão.

Contudo, responsabilizá-los pelo 2º assalto (por inacção) já me parece mais rebuscado e algo bem mais complicado de levar à justiça.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Se ele só foi avisado no dia 26, tentar responsabilizá-lo por um assalto logo no dia seguinte parece-me demais... se tu levaste 10 dias para avisar o senhorio, não é justo que ele tivesse que reagir de imediato, não achas?

Agora é como o Pedro diz - não há dúvida que a responsabilidade do conserto da porta é do senhorio.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sim,.. é verdade que da primeira vez foi demorado o envio da carta, pois estivemos a falar com o condomínio e a oura senhora, responsável pelo 1º contrato de arrendamento, a qual quase nos insultou! "Não é nada responsabilidade do senhorio ... não há seguros para isso ... "

Quê, temos "burro" escrito na testa? Somos uns coitadinhos inocentes que não sabemos nada disto por isso pode dizer o que quiser? E demoramos a escrever a carta em si... foi a 1ª vez, tinhamos de ponderar as palavras, escrever com algum formalismo e tal... Mas é um facto - demorei a enviar.

Entretanto, a porta está arranjada! Foi ontem, mas, inteligentes e fantásticos, na 4ªf pediram-nos as chaves, na 5ªf de manhã fomos para o carro e a porta estava aberta, sem fechadura! Quer dizer, deixaram o trabalho por fazer, ainda ficou pior pq ficou aberta e não dizem nada!! Não avisam! Estou que nem posso.......

Bem, obrigada pelas respostas!

Cumps.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead